Avaliamos os fornecedores com base em testes e pesquisas rigorosos, mas também levamos em consideração seu feedback e nosso programa de afiliados com os fornecedores. Alguns fornecedores são de propriedade da nossa matriz.
Saiba mais
O vpnMentor foi criado em 2014 como um site independente que avalia serviços de VPN e cobre histórias relacionadas à privacidade. Hoje, nossa equipe de centenas de pesquisadores, redatores e editores de cibersegurança continua ajudando os leitores a lutar por sua liberdade online em parceria com a Kape Technologies PLC, que também é proprietária dos seguintes produtos: ExpressVPN, CyberGhost e Private Internet Access, os quais podem ser classificados e avaliados ​​neste site. As avaliações publicadas no vpnMentor são consideradas precisas na data de cada artigo e escritas de acordo com nossos rígidos padrões de avaliação que priorizam a análise independente, profissional e honesta do avaliador, levando em consideração as capacidades técnicas e qualidades do produto juntamente com seu valor comercial aos usuários. As classificações e avaliações que publicamos também podem levar em consideração a propriedade comum mencionada acima e as comissões de afiliados que ganhamos por compras efetuadas através de links em nosso site. Não avaliamos todos os provedores de VPN, e acreditamos que as informações sejam precisas na data de cada artigo.
Divulgação de publicidade

O vpnMentor foi criado em 2014 como um site independente que avalia serviços de VPN e cobre histórias relacionadas à privacidade. Hoje, nossa equipe de centenas de pesquisadores, redatores e editores de cibersegurança continua ajudando os leitores a lutar por sua liberdade online em parceria com a Kape Technologies PLC, que também é proprietária dos seguintes produtos: ExpressVPN, CyberGhost e Private Internet Access, os quais podem ser classificados e avaliados ​​neste site. As avaliações publicadas no vpnMentor são consideradas precisas na data de cada artigo e escritas de acordo com nossos rígidos padrões de avaliação que priorizam a análise independente, profissional e honesta do avaliador, levando em consideração as capacidades técnicas e qualidades do produto juntamente com seu valor comercial aos usuários. As classificações e avaliações que publicamos também podem levar em consideração a propriedade comum mencionada acima e as comissões de afiliados que ganhamos por compras efetuadas através de links em nosso site. Não avaliamos todos os provedores de VPN, e acreditamos que as informações sejam precisas na data de cada artigo.

Como esconder IP em 2024: 9 métodos, 7 são gratuitos

Adriano Silva Atualizado em 02/02/2024 Informações verificadas por Christine Johansen Editor sênior

Há muitas formas de ocultar seu endereço IP, mas nem todas são seguras ou eficazes. Algumas colocam sua privacidade e segurança em um risco maior, enquanto outras podem reduzir consideravelmente suas velocidades. Para facilitar sua vida, testei vários métodos para mascarar IP e encontrei cinco que funcionam de modo confiável. A chave é encontrar um método que funcione melhor para sua situação.

Entre os cinco métodos, o mais fácil e seguro é usar uma VPN. Trata-se de um app simples que oculta seu endereço IP com um clique. Além disso, ele criptografa sua conexão e não reduz significativamente suas velocidades, assim como fazem alguns dos outros métodos.

O ExpressVPN é minha principal escolha para esconder IP. Ele fornece uma variedade de IPs provenientes de 105 países e pode até mesmo disfarçar o fato de que você está usando uma VPN. Ele ainda vem com uma garantia de reembolso de 30 dias, portanto você pode esconder IP com o ExpressVPN sem riscos. Se não ficar satisfeito, você pode obter o reembolso integral.

Esconder IP com o ExpressVPN >>

Guia rápido: como mascarar IP com uma VPN em três passos simples

  1. Escolha seu método para alterar o IP. Recomendo o método da VPN porque ele é o mais simples e permite escolher entre milhares de IPs para ocultar o seu próprio. Minha principal escolha é o ExpressVPN.
  2. Configure e inicialize o software. Ou, caso não esteja usando um software para alterar seu IP, basta se conectar ao novo hotspot Wi-Fi.
  3. Navegue na web com um novo IP. Quando sua conexão for estabelecida, você poderá navegar na web com outro endereço IP, o que significa que seu próprio IP foi efetivamente ocultado.

O que é endereço IP e por que devo ocultá-lo?

Um endereço IP (Protocolo de Internet) é uma sequência única de números e casas decimais que identificam seu dispositivo quando você se conecta à internet. Ele é atribuído a você pelo seu provedor de internet e serve como sua identidade online, relevando informações sobre sua localização e hábitos de navegação. Aqui estão alguns dos principais benefícios de ocultar seu endereço IP:

  • Evita a vigilância governamental. Em países da Aliança 5/9/14 Olhos, os provedores de internet são obrigados a rastrear e armazenar dados de todos os usuários por até dois anos. Ao ocultar seu IP, você torna mais difícil para seu provedor monitorar seu uso da internet. Isso não lhe dá carta branca para realizar atividades ilegais; em vez disso, oferece uma camada de privacidade para usuários legítimos que querem evitar vigilâncias desnecessárias. A propósito, é essencial que você conheça as regras do seu país natal ou de qualquer país onde possa estar viajando, para que não viole nenhuma lei acidentalmente.
  • Privacidade. Seu provedor de internet, motores de busca e sites podem usar as informações associadas ao seu endereço IP para registrar sua visita e rastrear seu comportamento online, contribuindo para criar um perfil que podem vender a terceiros. Esses dados costumam ser usados para publicidade direcionada, o que pode ser invasivo e incômodo. Em vez de deixar uma pegada digital em cada site acessado, você se torna anônimo.
  • Protege contra cibercriminosos. Cibercriminosos e hackers podem usar seu endereço IP como meio para lançar ataques direcionados. Isso pode variar desde invadir suas contas até a realização de ataques de negação de serviço distribuída (DDoS), caso eles o considerem um alvo valioso. Quando você oculta seu IP, reduz significativamente esses riscos.

5 melhores maneiras de mascarar IP em 2024

1. Use uma VPN: o método mais simples e seguro de ocultar seu IP

Screenshot of the ExpressVPN app connected to a UK server, showing how it has hidden a real IP addressUma VPN pode alterar sua localização e permitir que você compre passagens aéreas e reservas de hotéis mais baratas, bem como acesse conteúdo restrito
Prós: oculta seu IP e atividades de navegação em todos os apps em vários dispositivos; recursos robustos de segurança e privacidade; permite contornar firewalls resistentes; permite baixar e enviar torrents com segurança e privacidade; possibilita escolher entre milhares de endereços IP; acesso a suporte 24/7
Contras: boas VPNs custam caro e podem reduzir um pouco suas velocidades

Uma VPN é uma forma popular e simples de esconder IP. Trata-se de um app que criptografa seu tráfego de internet e o redireciona por meio de um servidor privado. O endereço IP do servidor VPN é usado no lugar do seu IP até que você se desconecte.

Como os servidores VPN costumam estar espalhados ao redor do mundo, você pode escolher um endereço IP proveniente de vários países diferentes ou até mesmo um IP diferente a partir do mesmo país. Portanto, você pode acessar serviços de streaming e apps, sites e jogos que podem estar bloqueados pelo firewall da universidade ou biblioteca ou que não sejam seguros de acessar a partir de uma rede Wi-Fi pública. Além disso, alguns jogos podem não estar disponíveis em todas as regiões. Elas também dificultam para associar suas atividades online a você, como baixar e enviar torrents.

Outro benefício de uma VPN é que ela criptografa sua conexão para tornar suas atividades online seguras. Basicamente, ela adiciona um nível de privacidade a tudo o que você faz online. Uma boa VPN faz isso através de alguns recursos diferentes. Primeiramente, protegendo você contra vazamentos de DNS, IPv4/6 e WebRTC para que seu endereço IP sempre permaneça oculto. Outro recurso útil é um kill switch, que interrompe sua conexão à internet se a conexão VPN cair, para que seu IP real não seja revelado.

No entanto, nem todas as VPNs são confiáveis, por isso é importante escolher uma que seja. Por exemplo, ela deve seguir uma política antilogs (no-logs policy) comprovada. Embora seu IP permaneça oculto durante o uso de um serviço de VPN, o provedor de VPN ainda poderá visualizá-lo. Uma política antilogs significa que seu IP (ou qualquer informação identificável) nunca seja armazenado pela VPN — portanto, ele não pode ser compartilhado.

A maioria das VPNs é baseada em assinatura, ou seja, você faz um pagamento mensal ou anual para usá-las. O valor por mês costuma ser muito acessível. As VPNs também costumam vir com uma garantia de reembolso, o que permite usá-las gratuitamente por tempo limitado. Dessa forma, você pode pedir o reembolso integral (normalmente em até 30 dias após a compra) se não ficar satisfeito.

Como mascarar IP com uma VPN em três passos simples

  1. Baixe uma VPN. Minha opção favorita é o ExpressVPN, pois você pode escolher IPs em 3.000 países para efetivamente ocultar o seu próprio. Ele ainda vem com uma garantia de reembolso de 30 dias.
  2. Escolha um servidor. Eles estão organizados por localização.
  3. Conecte-se ao servidor. Geralmente, apenas clicar na localização de servidor automaticamente conectará você ao seu novo IP, portanto basta um clique.

2. Conecte-se a um servidor proxy: intuitivo, mas não muito seguro

Screenshot of the hideme website where you can download a free private proxyOs servidores proxy podem causar a impressão de que você está em uma localização diferente, mas carecem de recursos de segurança
Prós: em grande parte gratuitos, fáceis de usar e capazes de ocultar seu endereço IP de maneira eficaz
Contras: carece de recursos de segurança e privacidade; servidores superlotados que podem apresentar baixas velocidades; somente oculta seu IP no seu navegador

Da mesma forma que uma VPN, SSL, SSH ou SOCKS, os servidores proxy ocultam seu endereço IP ao agir como intermediário entre seu dispositivo e os sites que você acessa. Portanto, quando você acessa um site, este visualiza o endereço IP do seu servidor proxy, em vez do seu próprio. Um bom serviço de proxy permite escolher entre várias localizações de servidores, e eles costumam ser populares porque geralmente são gratuitos. Outro tipo de proxy é um codificador de IP, o qual fornece um IP diferente a cada nova conexão.

Porém, o ponto negativo do servidor proxy é sua falta de recursos de segurança e privacidade. Como eles não criptografam sua conexão e não protegem o tráfego de DNS, terceiros indesejados ainda podem ver suas atividades online e coletar dados sobre você. Eles também são mais suscetíveis a ataques man-in-the-middle porque carecem da autenticação que as VPNs oferecem.

Também obtive baixas velocidades ao usar o proxy do hide.me, pois o servidor provavelmente estava superlotado. Isso é muito comum entre os serviços gratuitos, pois eles não dispõem de fundos suficientes para oferecer redes globais. E, como são específicos a um único aplicativo, eles somente ocultarão seu IP no navegador — diferentemente de uma VPN (que o oculta em todos os apps).

Como mascarar IP com um proxy em três passos simples

  1. Escolha um servidor proxy. Recomendo o hide.me.
  2. Acesse o site do seu servidor proxy. Em seguida, digite no formulário de entrada do servidor proxy o URL do site que deseja acessar, escolha uma localização (se disponível) e pressione "Enter” para carregar a página.
  3. Aproveite seu novo endereço IP. Você acessará o site na mesma janela do navegador, porém fazendo uso do IP do servidor proxy.

3. Use o navegador Tor: múltiplas camadas de criptografia, mas velocidades muito lentas

Screenshot of Tor connected to the onion networkVocê pode usar o Tor para acessar páginas web comuns e também a dark web oculta
Prós: alto nível de criptografia e privacidade; grátis para usar
Contras: velocidades muito lentas; não é capaz de contornar bloqueios geográficos; criptografa apenas o tráfego do navegador; indisponível para iOS; associado a atividades criminosas; banido em alguns países 

O navegador Tor (The Onion Router) transmite seu tráfego de internet através de uma rede administrada por voluntários. Ele criptografa seu tráfego redirecionando-o por meio de vários servidores denominados "nós”, os quais adicionam camadas extras de criptografia. Essas camadas são similares a uma cebola, daí o nome em inglês. Os sites somente conseguem ver o IP do último servidor que você usou, portanto seu endereço IP permanece oculto.

Embora o navegador Tor seja gratuito, uma grande desvantagem é que as camadas de criptografia reduzem significativamente sua velocidade. Levei pouco mais de 10 segundos para carregar uma página básica, enquanto atividades como streaming e downloads se tornaram um desafio.

Outro problema é sua ligação com atividades criminosas, visto que ele é o principal portal de acesso à dark web. Além disso, seu provedor de internet pode detectar o uso do Tor, embora não consiga monitorar sua navegação.

Porém, isso pode ser uma desvantagem: mesmo que sua navegação seja totalmente lícita, seu provedor e as agências governamentais poderão suspeitar que você está envolvido com atividades ilegais. Portanto, para usar o Tor com segurança, recomenda-se utilizar uma VPN mesmo assim para ocultar o fato de que você está utilizando o navegador.

Como esconder IP com o Tor em três passos simples

  1. Baixe o navegador Tor. Acesse o site do Tor e baixe o arquivo de instalação para seu dispositivo.
  2. Instale o navegador Tor. Clique no arquivo baixado e siga as instruções de instalação.
  3. Navegue em segurança com um novo IP. Abra o navegador Tor e use-o como seu navegador comum, sabendo que seu endereço IP real está oculto.

4. Crie um hotspot no seu smartphone: uma solução prontamente disponível, mas que pode custar caro

Prós: fácil de configurar; boa opção para uso temporário
Contras: não contorna bloqueios geográficos; não altera sua localização virtual; não oferece recursos de privacidade ou segurança; utiliza dados que podem custar dinheiro

Caso seu IP real esteja comprometido, ou se você não quiser usá-lo temporariamente, usar um hotspot no seu smartphone requer uma configuração simples e pode funcionar bem. Precisei apenas acessar as configurações do meu celular para habilitar meu hotspot e então conectar meu notebook a ele, o que levou pouco mais de um minuto.

Embora este método altere seu endereço IP, há três desvantagens. Primeiro, sua operadora móvel pode ver todas as suas atividades online, portanto não há privacidade. Segundo, sua localização online não será alterada. E, por último, ele pode consumir rapidamente seus dados móveis e se tornar caro. Uma maneira de acompanhar seu consumo de dados é através de um cartão SIM pré-pago.

Como mascarar IP com um hotspot móvel em três passos simples

  1. Habilite seu hotspot pessoal. Acesse as configurações do seu celular, desative seu Wi-Fi e habilite seu hotspot pessoal.
  2. Conecte seu dispositivo. Localize o hotspot no seu dispositivo principal e conecte-se a ele.
  3. Aproveite seu novo endereço IP. Use os dados do seu smartphone para navegar na internet com o IP atribuído pela sua operadora móvel.

5. Use Wi-Fi público: principalmente gratuito para usar, mas deixa sua conexão vulnerável

Prós: fácil de configurar; bom para uso temporário
Contras: não altera sua localização virtual; não inclui recursos de privacidade ou segurança; usa dados que podem custar caro

Alterar sua rede Wi-Fi pode ocultar seu endereço IP real, mesmo que você mude para uma rede pública. Se você não consegue acessar um site ou serviço, mas tem acesso a Wi-Fi público, esta opção pode ser uma alternativa de curto prazo.

Porém, ela não é a opção mais segura, pois as redes Wi-Fi públicas são alvos fáceis para hackers. Como essas redes carecem de criptografia e autenticação, cibercriminosos podem usá-las para facilmente obter dados confidenciais como senhas e informações de cartões de crédito. Entre seus outros problemas estão inclusos baixas velocidades devido a superlotação, além do bloqueio de mídias específicas como vídeos.

Melhores VPNs para esconder IP a partir de qualquer lugar em 2024

1. ExpressVPN: ofuscação automática permite contornar firewalls robustos e alterar sua localização

Melhor recurso Seguro de usar em qualquer lugar, até mesmo em países com forte censura na internet
Rede de servidores 3.000 servidores em 105 países, incluindo Brasil e Portugal
Velocidades Extremamente rápido
Pode acessar Netflix, Disney+, Amazon Prime Video, BBC iPlayer, Hulu, SkyTV, (HBO) Max, DAZN, Peacock TV, ESPN, Globoplay e mais
Apps em português Sim
Suporte em português
  • Base de conhecimento
  • Chat ao vivo

O ExpressVPN não apenas oculta seu IP, como pode ocultar seu uso da VPN. A inspeção profunda de pacotes (DPI) é uma forma moderna de bloqueio capaz de identificar metadados de VPN. Escolar, escritórios, redes públicas e até mesmo países como a China usam DPI. Quando o ExpressVPN o detecta, codifica seus dados adicionalmente para evitar a detecção.

Servidores RAM apagam automaticamente todos os dados do usuário a cada reinicialização. Além disso, a proteção contra vazamentos garante que seu IP real não seja exposto. Testei cinco servidores nos EUA e quatro no Reino Unido, e não houve vazamentos de IP, DNS ou WebRTC, portanto meu endereço IP real sempre permaneceu oculto. Além disso, o kill switch mantém você seguro até mesmo quando a conexão VPN cai.

Screenshot of the ExpressVPN app connected to a server in New York over a leak test revealing no leaksUma única conta do ExpressVPN permite ocultar seu IP em até oito dispositivos

O ExpressVPN também oferece velocidades realmente incríveis. Geralmente uma VPN reduz um pouco sua velocidade de internet de base devido à criptografia (10 a 20% é considerado normal), e você enfrentará reduções maiores quanto mais distante estiver o servidor. Não obtive quedas de velocidade superiores a 9% enquanto usava os servidores do ExpressVPN nos EUA ou até mesmo naqueles a mais de 8.000 km de distância da minha localização real.

Seu serviço não é o mais barato, mas você pode economizar bastante com um plano de longo prazo. E o melhor de tudo é que é possível testá-lo sem riscos com uma garantia de reembolso de 30 dias. Se você não ficar satisfeito, é fácil obter seu dinheiro de volta. Testei essa política por meio do chat ao vivo 24/7. Após responder a uma breve pergunta de satisfação, tive meu pedido aprovado e recebi o reembolso após três dias.

Oferta do ExpressVPN de Fevereiro 2024: apenas por tempo limitado, você pode adquirir uma assinatura do ExpressVPN com até 49% de desconto! Não perca!

Recursos úteis

  • Política antilogs (no-logs policy). Algumas VPNs rastreiam o endereço IP dos usuários, além de seus dados de navegação e outras informações pessoais. A rigorosa política antilogs do ExpressVPN foi plenamente auditada e comprovada nos tribunais em diversas ocasiões, portanto você pode ter certeza de que seus dados permanecerão privados.
  • Verificador de endereço IP. Após conectar-se a um servidor, você pode consultar seu novo endereço IP e ver a localização dela em um mapa.
  • Exclusivo protocolo Lightway. A maioria das VPNs usa protocolos padrão de código aberto como WireGuard e OpenVPN, mas o ExpressVPN criou seu exclusivo protocolo Lightway do zero. Ele usa cerca de quatro vezes menos linhas de código do que o WireGuard, o que significa que suas conexões são leves, rápidas e altamente seguras.
  • Threat Manager. Ocultar seu IP é ótimo para privacidade, mas você continua vulnerável a malware e vírus. O ExpressVPN atualiza continuamente sua lista de bloqueio de sites e arquivos perigosos para ajudar a manter seus dispositivos livres de ameaças.

Esconder IP com o ExpressVPN >>

2. CyberGhost: servidores NoSpy ocultam seu endereço IP e mantêm sua conexão privada

Melhor recurso Servidores privadamente gerenciados mantêm seu IP e seus dados ocultos
Rede de servidores 11.683 servidores em 100 países, incluindo São Paulo e Lisboa
Velocidades Muito rápido
Pode acessar Netflix (com servidores otimizados para Netflix EUA, BR e outros catálogos), Disney+, Amazon Prime Video, BBC iPlayer, Hulu, SkyTV, (HBO) Max, DAZN, Peacock TV, ESPN, Fox Sports e mais
Apps em português Sim (Windows)

Altamente seguros, os servidores NoSpy são mantidos no data center particular do CyberGhost e oferecem segurança extra, pois apenas a equipe da VPN pode acessá-los. Muitas VPNs armazenam servidores em instalações compartilhadas, o que gera risco de interferência externa, mas isso não é possível com os servidores NoSpy.

Além disso, sua sede fica na Romênia, fora da Aliança 5/9/14 Olhos, portanto o provedor não é obrigado a compartilhar quaisquer dados com as agências governamentais.

Screenshot showing how to access CyberGhost's private NoSpy serversOs servidores NoSpy foram 24% mais lentos que a localização regular do CyberGhost em Bucareste, mas valeram por sua privacidade extra

Suas conexões rápidas garantem uma experiência online fluida e sem interrupções. Durante meus testes de velocidade com servidores nos EUA, verifiquei uma queda de apenas 16% na minha velocidade de download. Embora não seja tão rápido quanto o ExpressVPN, ele continua impressionante. A velocidade foi suficientemente alta para transmitir conteúdo em UHD sem buffering ou lag.

O CyberGhost oferece a seus usuários servidores de streaming especiais que são projetados para regiões e plataformas específicas. Por exemplo, seu servidor para Disney Plus EUA fornece um endereço IP norte-americano e acesso fácil à plataforma de streaming. O CyberGhost mantém esses servidores periodicamente atualizados para evitar que sejam bloqueados, além de disponibilizar servidores para downloads P2P.

Os planos de longo prazo vêm com uma generosa garantia de reembolso de 45 dias. Portanto, você pode testar o CyberGhost sem riscos e fazer quantos testes de vazamento quiser para atestar sua legitimidade.

Oferta de Fevereiro 2024: o CyberGhost está atualmente oferecendo 84% de desconto em seu plano mais popular! Aproveite esta oferta agora mesmo e economize mais em sua assinatura do CyberGhost.

Recursos úteis

  • Proteção contra vazamentos e kill switch integrados. Você nem sequer precisa ativar o kill switch e a proteção contra vazamentos do CyberGhost porque eles são automáticos. Ambos mantêm seu endereço IP oculto desde a primeira conexão. E comprovaram sua eficácia, pois não houve nenhum vazamento durante meus testes.
  • IPs dedicados. Deseja seu próprio IP pessoal que mais ninguém pode usar? O CyberGhost os oferece por uma pequena tarifa adicional. Verifiquei que eles são um pouco mais rápidos que os servidores comuns, pois mais ninguém pode usá-los — além disso, você não precisará preencher nenhum CAPTCHA (o que é uma pequena desvantagem de usar uma VPN).
  • Bloqueio de conteúdo. O bloqueador de malware do CyberGhost impede arquivos perigosos no nível do DNS, portanto eles nem sequer alcançam seus dispositivos. Em conjunto com a ocultação do seu IP, ele é uma excelente combinação para uma navegação privada e segura.
  • Suporta 7 dispositivos. Não precisamos desconectar nenhum dispositivo ao testar o CyberGhost, pois ele permite múltiplas conexões.

Mascarar IP com o CyberGhost >>

3. Private Internet Access (PIA): oculta seu endereço IP com configurações de segurança personalizáveis

Melhor recurso Conjunto de recursos de segurança personalizáveis permite equilibrar privacidade e velocidade
Rede de servidores 29.650 servidores em 91 países, incluindo Brasil e Portugal
Velocidades Muito rápido
Pode acessar Netflix, Disney+, Amazon Prime Video, BBC iPlayer, Hulu, SkyTV, (HBO) Max, DAZN, Peacock TV, ESPN
Apps em português Sim

O PIA oferece recursos de segurança robustos e personalizáveis que mantêm você seguro enquanto oculta seu endereço IP. Você pode escolher entre criptografia AES de 128 ou 256 bits, portanto pode otimizar sua conexão da forma como preferir. A criptografia AES de 128 bits oferece velocidades maiores com menor grau de criptografia, enquanto a opção de 256 bits é mais segura, mas um pouco mais lenta.

Screenshot showing PIA's customizable protocol settingsO PIA permite escolher entre conexões UDP (geralmente mais rápidas) ou TCP (que podem ser mais confiáveis em redes instáveis)

O recurso multi-hop transmite seus dados através da VPN e de um servidor proxy, portanto você duplica sua capacidade de esconder IP. Você pode escolher entre um proxy SOCKS5 ou Shadowsocks, os quais podem estar em um país diferente da localização da sua VPN, caso você prefira. Ele foi 17% mais lento que a conexão VPN comum do PIA, o que não é de todo mal para esse tipo de funcionalidade.

Inicialmente, fiquei hesitante com o PIA porque ele está sediado nos EUA, um dos principais membros da Aliança 14 Olhos (14-Eyes Alliance). Ainda assim, a política antilogs (no-logs policy) do PIA permanece comprovada nos tribunais, pois a empresa nunca forneceu quaisquer dados às autoridades — principalmente porque não possui registros para compartilhar.

Você pode testar o PIA sem riscos por meio da garantia de reembolso de 30 dias. Viciados em tecnologia como eu vão adorar a ampla gama de configurações do PIA — porém, se você achar um tanto excessivas, pode pedir o reembolso facilmente.

Recursos úteis

  • Ilimitado dispositivos. Altere IPs em todos os dispositivos de sua residência com as conexões ilimitadas do PIA.
  • Ótima opção para os EUA. O PIA é a única VPN da minha lista que oferece servidores em todos os estados norte-americanos. Isso é ideal para contornar blackouts esportivos regionais, em que um IP regional às vezes é necessário.
  • Altas velocidades. Durante minha viagem para as regiões central e do norte da Europa, testei servidores locais na França, Alemanha e Reino Unido e obtive uma redução média de apenas 7% em relação à minha velocidade de base. Houve uma queda de 52% em Tóquio, no entanto, portanto ele não é a melhor opção se você quer acessar localizações distantes.
  • Segurança sólida. Assim como a maioria das VPNs premium confiáveis, o PIA oferece proteção contra vazamento de DNS e WebRTC, kill switch e automação de conexão.

Esconder IP com o PIA >>

4 outros métodos (não tão bons) para alterar seu endereço IP

1. Desconecte seu modem

Embora isso possa soar tolo e óbvio, desconectar seu modem pode às vezes alterar seu endereço IP. Sempre que você se desconecta do seu provedor de internet, o vínculo com seu endereço IP atual é removido. Portanto, restabelecer sua conexão com o provedor pode lhe garantir um novo endereço IP. Isso somente funcionará se o seu provedor utiliza endereços IP dinâmicos, o que é uma prática comum.

A chave dessa abordagem é manter seu modem desconectado por um período prolongado. Porém, este método geralmente é pouco confiável porque costuma não funcionar, portanto não deve ser solução preferencial. Além disso, esta técnica não oferece salvaguardas de segurança ou privacidade, e seu provedor de internet ainda conseguirá monitorar suas atividades online. Adicionalmente, você não poderá alterar sua localização geográfica.

2. Use um firewall NAT

Uma firewall NAT (Tradução de Endereço de Rede) permite que diferentes dispositivos na mesma rede usem o mesmo endereço IP público, porém tal prática oculta apenas o endereço IP privado dos dispositivos. Ele recebe solicitações do endereço IP privado de cada dispositivo e as redireciona todas através do seu endereço IP público antes de alcançar o destino online.

Para resumir, um firewall NAT não oculta seu endereço IP. Embora proteja seus dispositivos ao esconder o endereço IP privado deles, sua localização real e suas atividades online permanecem visíveis, pois seu IP público não fica oculto.

3. Peça ao seu provedor de internet para alterá-lo

Aqui, basta apenas contatar seu provedor diretamente e pedir para que eles alterem seu endereço IP. Apenas se certifique de estar com todas as informações da sua conta em mãos. Porém, note que a maioria dos provedores de internet usa endereços IP dinâmicos, o que significa que você nem sempre usará seu novo IP. Caso queira continuar usando o mesmo endereço IP, solicite um endereço IP estático.

Além disso, é importante notar que este método simplesmente lhe atribui um novo endereço IP sem oferecer qualquer medidas adicionais de segurança. Ademais, seu provedor de internet mantém a capacidade de monitorar seu comportamento online e coletar dados sobre você, o que significa que o método compromete sua privacidade.

4. Renove seu IP privado

Seus dispositivo usam endereços IP privados para se comunicar entre si. Conectar-se à internet por meio de um roteador W-Fi ou cabo Ethernet lhe fornece um endereço IP público e endereços IP privados para seus dispositivos de rede. Porém, somente o endereço IP privado dos seus dispositivos será ocultado, e não seu IP público — portanto, suas atividades de navegação e sua localização não ficarão ocultos. Porém, você pode executar este método facilmente em poucos passos simples.

No Windows

  1. Pesquise o prompt de comando. Você o encontrará no menu do Windows à esquerda da barra de tarefas.
  2. Clique com o botão direito em "Executar como administrador”. A janela do prompt de comando será aberta.
  3. Digite "ipconfig /release” e, sem seguida, Enter. Esse comando liberará seu endereço IP atual.
  4. Digite "ipconfig /renew” e, em seguida, Enter. Esse comando lhe fornecerá um novo endereço IP.

No macOS

  1. Abra Preferências do Sistema. Você encontrará essa opção no menu Apple.
  2. Acesse a seção Rede. No painel esquerdo, acesse a rede à qual você está conectado.
  3. Clique em Avançado. Selecione a aba TCP/IP.
  4. Clique em Renovar concessão de DHCP. Esse comando lhe fornecerá um novo endereço IP.

Mascarar IP com o ExpressVPN >>

FAQs sobre como ocultar seu endereço IP

É legal esconder meu endereço IP?

Sim, em termos gerais é legal mascarar IP. Porém, as atividades que você realiza enquanto seu endereço IP está oculto podem ser ilegais. Por exemplo, baixar materiais protegidos por direitos autorais ou envolver-se em atividades ilícitas online continuam sendo contra a lei, quer seu IP esteja oculto ou não. Porém, usar uma VPN para ocultar seu endereço IP ou usar um servidor proxy não é ilegal na maioria dos países. Portanto, certifique-se de conhecer sua legislação local ou aquela do país ao qual você viajará para evitar infringir quaisquer regras e envolver-se em problemas legais.

Devo mascarar IP ao baixar e enviar torrents?

É recomendável ocultar seu endereço IP ao baixar e enviar torrents. Quando você usa um cliente torrent, seu endereço IP costuma ficar visível a todos os participantes do mesmo grupo de participantes do torrent. Ao ocultar seu endereço IP, você torna mais difícil para terceiros rastrearem suas atividades e potencialmente fazer mau uso de suas informações. Porém, note que ocultar seu IP não lhe dá passe livre para baixar conteúdo protegido por direitos autorais.

Posso esconder IP no iPhone e Android?

Sim, você pode ocultar seu endereço IP em dispositivos móveis. Alguns métodos para mascarar IP funcionam apenas com determinados sistemas operacionais e dispositivos, no entanto. Por isso, escolha um método que funcione com os dispositivos que você deseja proteger. VPNs confiáveis oferecem apps fáceis de instalar para Android e iOS. Por exemplo, proxies funcionam apenas dentro do navegador, e o Tor somente oculta seu IP dentro da rede Tor.

Como faço para ver se meu IP está realmente oculto?

Primeiro, escolha seu método e oculte seu IP. Em seguida, você pode usar uma ferramenta online para garantir que ele está efetivamente oculto. Veja como:

  • PC e macOS: abra seu navegador web e acesse o site de um verificador de IP. Ele exibirá seu endereço IP atual.
  • Android e iOS: use sites similares ou instale apps específicos para verificar IPs.
  • Linux: abra o terminal e use o comando "curl” para verificar seu IP. Digite "curl ifconfig.me” e pressione Enter. Se o IP exibido for diferente do seu IP real, seu IP está oculto.

Posso ocultar meu IP do meu provedor de internet?

Não é possível ocultar seu endereço IP do seu provedor. Se você usa uma VPN, seu tráfego de internet é redirecionado através do servidor privado da VPN, portanto seu provedor não pode ver seus sites acessados ou seus dados enviados e recebidos. Porém, ele ainda pode ver seu IP original, enquanto seus sites acessados não conseguem fazê-lo.

A janela anônima oculta meu endereço IP?

Não, usar uma janela anônima não oculta seu endereço IP. Esse modo principalmente evita o armazenamento do histórico de navegação, cookies e dados de sites. Seu endereço IP permanece visível aos sites, administradores de rede e potenciais hackers. Para realmente ocultar seu endereço IP, considere usar uma VPN ou um servidor proxy.

Posso mascarar IP gratuitamente?

Sim, é possível ocultar seu IP de graça, mas esses métodos têm grandes desvantagens. Um servidor proxy é fácil de usar e uma boa opção se você quer causar a impressão de que está em uma localização diferente ao selecionar um servidor na localização geográfica desejada. Porém, os proxies carecem de recursos de segurança e privacidade — e, como muitas pessoas os utilizam, eles podem sofrer com superlotação e baixas velocidades.

Por dispor de muitas camadas de criptografia, o navegador Tor é recomendado para segurança e privacidade. Porém, como resultado ele é sempre muito lento, o que o torna inadequado para streaming e downloads. Além disso, você não pode escolher seu novo endereço IP sem fazer muitas configurações complexas.

Há VPNs gratuitas disponíveis, mas não as recomendo porque a maioria impõe incômodas limitações de dados e velocidade. Além disso, muitas VPNs grátis admitem abertamente que rastreiam dados de usuários e os vendem para terceiros — e algumas estão até mesmo repletas de malware. Uma VPN de alta qualidade é a forma mais fácil e segura de ocultar seu IP sem reduzir perceptivelmente suas velocidades, além de custar apenas um baixo valor mensal.

Oculte seu endereço IP em minutos

É importante escolher um método confiável para ocultar seu endereço IP, pois alguns são mais arriscados e menos confiáveis que outros. Particularmente, não use nenhuma técnica que torne seus dados visíveis a terceiros indesejados ou reduza significativamente suas velocidades de internet.

Portanto, testei diversos métodos de mascarar IP para indicar aqueles que funcionam bem. Todos eles incluem diferentes recursos, o que significa que alguns são mais adequados que outros para determinadas situações.

Meu método favorito para mascarar IP é usar uma VPN. Uma VPN como o ExpressVPN é fácil de usar e apresenta altas velocidades, além de ser capaz até mesmo de disfarçar seu uso. Além disso, ele oferece uma garantia de reembolso de 30 dias, o que permite testar o ExpressVPN sem riscos. Se não ficar satisfeito, você pode pedir o reembolso integral.

Para resumir, estas são as melhores VPNs para ocultar seu endereço IP...

Posição
Provedor
Nossa pontuação
Desconto
Visitar site
1
medal
9.9 /10
9.9 Nossa pontuação
Economize 49%!
2
9.7 /10
9.7 Nossa pontuação
Economize 84%!
3
9.5 /10
9.5 Nossa pontuação
Economize 82%!
Alerta de privacidade!

Seus dados estão sendo expostos aos sites que você visita!

Seu endereço IP:

Sua localização:

Seu provedor de Internet:

As informações acima podem ser usadas para rastreá-lo, direcionar anúncios para você e monitorar o que você faz online.

As VPNs podem ajudá-lo a ocultar essas informações dos sites para que você esteja protegido o tempo todo. Recomendamos a ExpressVPN — a VPN nº 1 entre mais de 350 provedores que testamos. Ela possui criptografia de nível militar e recursos de privacidade que vão garantir sua segurança digital, e mais — ela está oferecendo atualmente 49% de desconto.

Visite a ExpressVPN

Avaliamos os fornecedores com base em testes e pesquisas rigorosos, mas também levamos em consideração seu feedback e nosso programa de afiliados com os fornecedores. Alguns fornecedores são de propriedade da nossa matriz.
Saiba mais
O vpnMentor foi criado em 2014 como um site independente que avalia serviços de VPN e cobre histórias relacionadas à privacidade. Hoje, nossa equipe de centenas de pesquisadores, redatores e editores de cibersegurança continua ajudando os leitores a lutar por sua liberdade online em parceria com a Kape Technologies PLC, que também é proprietária dos seguintes produtos: ExpressVPN, CyberGhost e Private Internet Access, os quais podem ser classificados e avaliados ​​neste site. As avaliações publicadas no vpnMentor são consideradas precisas na data de cada artigo e escritas de acordo com nossos rígidos padrões de avaliação que priorizam a análise independente, profissional e honesta do avaliador, levando em consideração as capacidades técnicas e qualidades do produto juntamente com seu valor comercial aos usuários. As classificações e avaliações que publicamos também podem levar em consideração a propriedade comum mencionada acima e as comissões de afiliados que ganhamos por compras efetuadas através de links em nosso site. Não avaliamos todos os provedores de VPN, e acreditamos que as informações sejam precisas na data de cada artigo.

Sobre o autor

Adriano é fã de tecnologia e graduado pela Universidade Católica de Santos. Ele acredita que a privacidade online é fundamental para quem quer desfrutar a verdadeira liberdade na internet.

Gostou desse artigo? Avalie!
Eu detestei Eu não gostei Achei razoável Muito bom! Eu adorei!
de 10 - votado por usuários
Obrigado pelo seu feedback.