Os anúncios exibidos neste site são de empresas a partir das quais este site é remunerado. Leia a Declaração de Publicidade para mais informações.
Aviso legal:
Avaliações profissionais

vpnMentor contém avaliações escritas por nossa comunidade de avaliadores, as quais são baseadas na análise independente e profissional dos produtos/serviços por parte de cada avaliador.

Propriedade

O vpnMentor é de propriedade da Kape Technologies PLC, que detém os seguintes produtos: ExpressVPN, CyberGhost, ZenMate, Private Internet Access e Intego, os quais podem ser avaliados neste site.

Comissões de afiliados Publicidade

vpnMentor contém análises que foram escritas por nossos especialistas e seguem rígidos padrões de revisão, incluindo padrões éticos, que adotamos. Esses padrões exigem que cada análise seja baseada em uma inspeção independente, honesta e profissional do revisor. Dito isto, podemos ganhar uma comissão quando um usuário conclui uma ação usando nossos links. Isso, no entanto, não afetará a avaliação, mas poderá afetar as classificações. As classificações são determinadas com base na satisfação do cliente de vendas anteriores e da compensação recebida.

Diretrizes de avaliações

As avaliações publicadas no vpnMentor são escritas por especialistas que examinam os produtos de acordo com nossos rigorosos padrões de avaliação. Tais padrões garantem que cada avaliação seja baseada na análise independente, profissional e honesta do avaliador, e leva em consideração as capacidades técnicas e qualidades do produto, juntamente com seu valor comercial aos usuários. Os rankings que publicamos podem levar em consideração as comissões de afiliados que recebemos por aquisições efetuadas através de links em nosso site.

6 melhores VPNs para Mac (seguras e rápidas) em 2023

Os Macs vêm com recursos básicos de segurança, mas não garantem 100% de proteção online. Uma boa VPN para Mac oferece segurança adicional capaz de criptografar seu tráfego para ajudar a mantê-lo protegido contra vazamentos de dados, rastreamentos e outras ciberameaças.

Porém, nem todas as VPNs funcionam bem com o macOS — elas costumam ser uma versão simplificada do app de Windows. Até mesmo VPNs para Mac com ótimas avaliações de clientes causaram lentidão no desempenho do meu Mac a ponto de ter sido preciso desinstalar o app.

Por isso, com a ajuda da minha equipe, testei 300+ VPNs usando um MacBook Pro (rodando Big Sur) e selecionei estas 8 VPNs testadas e comprovadas que melhoraram a segurança do meu Mac sem causar lentidão.

Minha principal escolha é o ExpressVPN. Foi fácil configurá-lo no meu Mac, ele conta com recursos de segurança de ponta para garantir proteção adicional sem causar lentidão. Além disso, sua rede global de alta velocidade é muito confiável se você deseja acessar conteúdo bloqueado geograficamente. Você pode testar o ExpressVPN no seu Mac sem riscos porque ele é assegurado por uma garantia de reembolso de 30 dias. Caso não fique satisfeito, obter o reembolso integral é simples.

Experimente o ExpressVPN sem riscos por 30 dias!

Está com pouco tempo? Aqui estão as melhores VPNs para Mac e MacBook — testado em 2023

  1. ExpressVPN — app de Mac simples de usar em português com altas velocidades, recursos de segurança robustos e 3.000 servidores globais.
  2. CyberGhost — servidores especializados dedicados a garantir um streaming sem buffering, bem como baixar e enviar torrents em segurança, mas não funciona em países restritivos como a China.
  3. Private Internet Access — app de Mac permite customizar recursos de criptografia e segurança como você quiser, além de ser uma ótima VPN para baixar torrents, mas suas velocidades são bem lentas em servidores de longa distância.
  4. NordVPN — excelente proteção contra anúncios, malware e trackers no seu Mac, mas não permite baixar e enviar torrents em todos os servidores.
  5. Surfshark — extensa rede de servidores para acessar seus sites favoritos em seus dispositivos iOS onde quer que você esteja, mas está sediado na Holanda (país não amigável à privacidade).

E mais 1 VPN para Mac e MacBook

Experimente o ExpressVPN hoje

Melhor VPN para Mac e MacBook — análise completa (atualizado em Janeiro 2023)

1. ExpressVPN — melhor VPN para Mac em termos gerais com segurança de ponta e altas velocidades

  • Velocidades ultrarrápidas
  • 3.000 servidores em 94 países, incluindo Brasil e Portugal
  • Recursos de segurança e privacidade de ponta, incluindo o exclusivo protocolo Lightway e TrustedServer Tech
  • 5 conexões simultâneas de dispositivos
  • Desbloqueia: Netflix EUA e outras bibliotecas, Disney+, Hulu, BBC iPlayer, Amazon Prime Video, HBO Max, ESPN, DAZN, Globoplay e mais
  • Compatível com: Mac (El Capitan 10.11 e versões mais recentes), iOS, Apple TV, Windows, Android, roteadores e mais
  • App de Mac disponível em português
  • Chat 24/7 em tempo real em português: o recurso de tradução automática permite que os agentes de suporte se comuniquem em qualquer idioma
Oferta do ExpressVPN de Janeiro 2023: apenas por tempo limitado, você pode adquirir uma assinatura do ExpressVPN com até 49% de desconto! Não perca!

O ExpressVPN adiciona uma robusta camada extra de segurança e privacidade ao seu Mac. Ele conta com criptografia de nível militar de 256 bits, proteção contra vazamento de IP/DNS (IP/DNS leak protection) e kill switch automático (chamado Network Lock) para manter seu Mac protegido mesmo que a VPN se desconecte repentinamente. O Network Lock não estava habilitado quando instalei e abri o ExpressVPN pela primeira vez, mas foi fácil habilitá-lo nas preferências do app.

O Network Lock não vem automaticamente habilitado quando você abre o ExpressVPN pela primeira vez, portanto, é preciso habilitá-lo por conta própria.

Gostei do fato de que, quando o Network Lock entra em ação, você recebe um aviso para saber que seu Mac está protegido. Em certo momento, meu Mac entrou no modo de suspensão enquanto o ExpressVPN estava conectado. Quando o tirei da suspensão, o Network Lock me avisou que minha internet tinha sido desabilitada até que eu reiniciasse minha conexão VPN, o que levou cerca de 4 segundos.

O ExpressVPN tem uma rigorosa política antilogs (no-logs policy) que já foi testada e comprovada, portanto, nenhum dos seus dados confidenciais é armazenado ou compartilhado. Além disso, ele está sediado nas Ilhas Virgens Britânicas (fora da jurisdição da Aliança 5/9/14 Olhos [5/9/14-Eyes Alliance]), um país que apoia a privacidade e que não possui legislação de armazenamento de dados. Isso significa que nenhum governo ou órgão pode forçar o ExpressVPN a armazenar ou compartilhar nenhuma das suas informações com terceiros.

Além disso, ele usa a tecnologia Trusted Server (servidores à base de RAM), ou seja, todos os seus dados de navegação e conexão são excluídos toda vez que os servidores são reiniciados. Portanto, mesmo que o governo exija que o ExpressVPN compartilhe dados de usuários, o provedor não teria nada para compartilhar.

Você pode escolher entre 4 protocolos de segurança no app de Mac: L2TP/IPSec, IKEv2, OpenVPN (UDP e TCP) e seu exclusivo protocolo Lightway. O Lightway foi desenvolvido pelo ExpressVPN e é otimizado para velocidade, segurança e confiabilidade. Ele usa uma biblioteca de criptografia bem-estabelecida (wolfSSL) que já foi profundamente testada e examinada por terceiros com vistas à segurança – portanto, é seguro de usar. Fiquei curiosa para saber o quão mais rápido seria o Lightway em comparação com o OpenVPN, então, comparei minhas velocidades em alguns servidores usando ambos os protocolos.

Com exceção do servidor de Londres (London – UK), obtive velocidades maiores com o Lightway do que com o OpenVPN

Em termos gerais, obtive velocidades maiores com o Lightway do que com o OpenVPN. Além disso, meus tempos de conexão usando o Lightway sempre ficaram abaixo de 1 segundo — fazendo uso do OpenVPN, tive que esperar 5-10 segundos para me conectar. Embora eu tenha ficado inicialmente decepcionado porque não há suporte ao WireGuard (pois ele costuma ser o protocolo mais veloz), o Lightway comprovou ser uma ótima alternativa.

Em última análise, as velocidades do ExpressVPN são excelentes. Para meus testes de velocidade, conectei-me usando o recurso de seleção automática, que escolhe o protocolo mais rápido de acordo com sua rede e atividade. Em outros servidores locais, obtive uma velocidade média de 42 Mbps (10% de queda) – e, nos servidores de longa distância, ela foi de 38 Mbps (19% de queda). É normal que uma VPN reduza sua velocidade em cerca de 10-25%, e, como minha velocidade de conexão inicial era alta, essas quedas não foram notáveis.

Seu app nativo para Mac também é muito intuitivo. Consegui baixar e instalar o app em 2 minutos. Além disso, basta apenas um clique para se conectar, e a lista de servidores é organizada de forma intuitiva. São 3 categorias organizadas por país: "recomendado”, "recente” e "todos”. Você também pode pesquisar uma localização na barra de busca e salvar seus servidores favoritos, que são exibidos em uma lista na guia "recente”.

O recurso Smart Location indicará um servidor com as maiores velocidades de acordo com sua localização

A guia "recente” reúne todos os seus servidores favoritos e mais recentes em um só lugar, o que torna muito fácil para navegar com rapidez. Também testei o provedor no meu iPhone (pois você pode conectar 5 dispositivos ao mesmo tempo), e o app de iOS é quase igual ao de Mac — muito fácil de usar. No entanto, fiquei bem decepcionada porque não há kill switch no iOS.

Se você se conecta em um país restritivo (como China ou Emirados Árabes Unidos), visualizará uma lisa de servidores na guia "recomendado” que são comprovadamente capazes de contornar bloqueios na internet e tecnologias de bloqueio de VPN. Isso significa que o ExpressVPN funciona em países com forte censura na internet, como China, Turquia e Rússia.

Devido à alta quantidade de servidores (3.000 servidores em 94 localizações), o ExpressVPN também é capaz de contornar facilmente bloqueios geográficos em sites de streaming. Fiquei muito impressionada com a confiabilidade do ExpressVPN em desbloquear alguns dos meus sites favoritos no meu Macbook — acessei 8 bibliotecas da Netflix, incluindo EUA e Reino Unido, além do Hulu, Disney+ e HBO Max, para indicar alguns. Como o ExpressVPN oferece velocidades ultrarrápidas, levou apenas cerca de 5 segundos para cada site carregar, e consegui assistir a séries em qualidade HD sem buffering.

Testei 10 servidores nos EUA, e todos funcionaram com o Hulu, Netflix e Disney+.

Ele funciona até mesmo na Apple TV — seu recurso MediaStreamer permite desbloquear apps como Netflix EUA, HBO Max e Hulu, para que você assista na sua telona usando a Apple TV. Levei apenas alguns minutos para fazer a configuração, bastando ajustar as configurações de DNS na minha Apple TV.

Todos os servidores são compatíveis com P2P, o que também o torna uma ótima opção para baixar torrents. Você não precisa pesquisar um servidor específico para baixar torrents com segurança. Simplesmente abri o Transmission, e meu arquivo de 3 GB foi baixado em 12 minutos. Como o ExpressVPN não limita sua largura de banda, você pode baixar torrents e transmitir quanto conteúdo quiser.

O ExpressVPN também oferece o recurso de tunelamento dividido (split tunneling). Ele permite escolher com quais apps e sites você quer usar a conexão VPN, e quais devem usar sua conexão normal. Entretanto, fiquei bastante decepcionada pelo fato desse recurso não estar disponível nas versões mais recentes do macOS.Entrei em contato com o ExpressVPN através do módulo de chat 24/7 em tempo real para perguntar sobre o assunto, e eles me informaram que o tunelamento dividido não é suportado no macOS 11 (Big Sur) ou versões mais recentes. Você só poderá usar esse recurso se a versão do seu Mac for entre a 10.10 e a 10.15.

Seu plano mais barato, que custa $6,67/mês, é um pouco mais caro do que outras VPNs. No entanto, o ExpressVPN costuma oferecer descontos ou meses de serviço grátis. Recomendo o plano de 1 ano, pois ele oferece os mesmos recursos do plano mensal, mas a um preço menor por mês.

O ExpressVPN vem com uma garantia de reembolso de 30 dias, portanto, você pode obter seu dinheiro de volta se não ficar satisfeito. Testie essa política para garantir que ela fosse confiável e solicitei o reembolso através do suporte 24/7 via chat em tempo real. Após uma conversa rápida com o agente, meu reembolso foi aprovado. O processo foi simples, e recebi o dinheiro de volta em 2 dias úteis.

Experimente o ExpressVPN hoje

2. CyberGhost — app intuitivo de Mac otimizado para fazer streaming e baixar e enviar torrents com segurança

  • Servidores especializados para streaming e torrents
  • 9.758 servidores em 91 países, incluindo localizações de servidores em São Paulo e Lisboa
  • Velocidades ultrarrápidas
  • 7 conexões simultâneas de dispositivos
  • Desbloqueia: Netflix (incluindo EUA, Reino Unido, Brasil e outros catálogos), Disney+, HBO Max, Hulu, BBC iPlayer, Amazon Prime Video, Fox Sports, Globo SporTV e mais
  • Compatível com: Mac (OS Sierra 10.12 e versões mais recentes), iOS, Apple TV, Apple Watch, Windows, Android, Linux, roteadores e mais
  • App de Mac disponível em português
Oferta de Janeiro 2023: o CyberGhost está atualmente oferecendo 84% de desconto em seu plano mais popular! Aproveite esta oferta agora mesmo e economize mais em sua assinatura do CyberGhost.

O app do CyberGhost para Mac é muito fácil de usar, mesmo que você nunca tenha usado uma VPN antes. Levei apenas 2 minutos do download à conexão. Com um só clique, você é automaticamente conectado ao servidor mais veloz e protegido por criptografia de nível militar de 256 bits, proteção contra vazamento de IP/DNS (IP/DNS leak protection) e kill switch automático integrado. Quase não é preciso nenhum esforço para proteger seu Mac por completo com o CyberGhost.

Enquanto a maioria das VPNs organiza seus servidores apenas pela localização, o CyberGhost organza seus 9.758 servidores (em 91 localizações) com base naquilo para o qual você quer utilizá-los, o que o torna uma ótima VPN para iniciantes. Você pode escolher servidores otimizados para download, caso queira baixar e enviar torrents com segurança, ou servidores otimizados para fazer streaming, se pretende assistir a conteúdo bloqueado geograficamente em seu Mac.

Você também pode pesquisar servidores com base na localização em "All servers”

O CyberGhost disponibiliza mais de 80 servidores dedicados a plataformas de streaming específicas em mais de 20 países. Consegui acessar de forma consistente a Netflix EUA, Hulu, Disney+, Amazon Prime Video e mais.  Quando testei seu servidor otimizado para o Hulu, o site levou 7 segundos para carregar, e consegui assistir a séries em HD sem nenhum buffering.

Little Fires Everywhere carregou em cerca de 7 segundos, e não tive nenhuma lentidão.

Os servidores otimizados para download incluem uma lista com mais de 50 localizações que existem a porcentagem de carga ao lado de cada um deles. Com essa informação, você pode escolher um servidor que não esteja muito sobrecarregado (e que seja suficientemente próximo da sua localização real) para garantir as maiores velocidades para baixar torrents. Escolhi o servidor austríaco durante meus testes e baixei um arquivo de vídeo de 1 GB em 7 minutos — esse é o tempo aproximado que levaria para baixá-lo sem uma VPN, portanto, fiquei muito impressionada.

Como o CyberGhost fica sediado na Romênia, fora da jurisdição das alianças de vigilância, e possui uma rigorosa política antilogs (no-logs policy), suas informações confidenciais permanecem altamente protegidas. Portanto, se acidentalmente fizer o download de um arquivo protegido por direitos autorais ao baixar e enviar torrents, você não precisará se preocupar com terceiros vigiando seu tráfego.

Você também pode ativar seu próprio endereço IP pessoal dedicado, mas isso custará no mínimo US$ 4,75/mês adicionais (valor exibido quando verifiquei). Vou continuar usando os IPs públicos compartilhados para manter meu anonimato, pois achei esse valor um pouco caro.

Você também conta com alguns recursos avançados de segurança no app do CyberGhost para Mac voltados a melhorar sua privacidade. Primeiro, é possível escolher entre os protocolos de segurança IKEv2 ou WireGuard (infelizmente, o OpenVPN precisa ser configurado manualmente). Também há bloqueadores de anúncios, sites maliciosos e trackers online. Você pode usar a função de redirecionamento HTTPS para impedir que acesse sites não seguros em seu Mac. Por fim, há disponível um recurso de compressão de dados que você pode habilitar para ajudá-lo a se manter dentro dos seus limites de banda larga, caso eles existam.

Você pode conectar até 7 dispositivos ao mesmo tempo com CyberGhost. Configurei-o no meu PC Windows, iPad e iPhone, e achei o app fácil de instalar e usar nas plataformas. Gostei especialmente do fato do CyberGhost incluir um kill switch em seu app de iOS, pois isso é algo que muitas VPNs não oferecem. Similar ao MediaStreamer do ExpressVPN, você pode até mesmo configurar o CyberGhost na sua Apple TV. Seu recurso SmartDNS desbloqueia conteúdo de streaming em várias regiões.

Um pequeno ponto negativo é que a VPN não é capaz de contornar o Grande Firewall da China. No entanto, você ainda pode usá-la em outros países onde há forte censura (como Irã e Turquia).

É possível assinar o plano de longo prazo do CyberGhost por apenas $2,19/mês. Ele também oferece uma assinatura mensal, mas ela custa quase quatro vezes mais caro. Ele ainda inclui um período menor de garantia de reembolso em comparação aos planos mais longos. Todas as assinaturas oferecem os mesmos recursos, por isso recomendo assinar o plano de 3 anos, pois ele oferece o melhor custo-benefício.

Sua garantia de reembolso permite testar o CyberGhost gratuitamente por 45 dias (14 dias no plano mensal). Quando testei o processo de reembolso, recuperar meu dinheiro foi simples. Usei o chat 24/7 em tempo real no site oficial, e o agente sequer me perguntou o motivo do cancelamento. Recebi o dinheiro de volta em 5 dias.

Experimente o CyberGhost hoje

3. Private Internet Access — criptografia e recursos de segurança customizáveis para manter seu Mac protegido

  • Selecione níveis de criptografia, múltiplos protocolos de segurança e kill switch customizável
  • 29.650 servidores em 84 países, incluindo Brasil e Portugal
  • Boas velocidades
  • 10 conexões simultâneas de dispositivos
  • Desbloqueia: Netflix, Disney+, HBO Max, Hulu, BBC iPlayer e mais
  • Compatível com: Mac (OS High Sierra 10.13 e versões mais recentes), iOS, Windows, Android, Linux, roteadores e mais
  • App de Mac disponível em português
Atualização de Janeiro 2023: o PIA não costuma oferecer muitas promoções ou descontos (seu preço já é muito acessível), mas, neste momento, você pode adquirir uma nova assinatura com incríveis 83% de desconto!

O app do Private Internet Access para Mac inclui um impressionante conjunto de recursos de segurança que você pode customizar como quiser. É possível escolher entre criptografia AES de 128 bits ou AES de 256 bits nas configurações de conexão. Embora a opção de 256 bits seja mais robusta, a alternativa de 128 bits também é segura, mas leva menos tempo para criptografar os dados, oferecendo velocidades maiores. Habilito a opção de 128 bits quando estou fazendo streaming de vídeos (por exemplo), mas uso a criptografia de 256 bits em redes Wi-Fi públicas para garantir que meu Mac esteja totalmente protegido.

Screenshot of PIA's security featuresLembre-se de que você só pode alterar a criptografia ao usar o OpenVPN

Ele também conta com um kill switch customizável. Você pode configurá-lo como "auto” (automático), para que apenas bloqueie o tráfego se a conexão VPN cair. Ou pode configurá-lo como "always” (permanente), que bloqueia o tráfego mesmo que você feche a VPN por conta própria. Portanto, dependendo se se preocupa mais com velocidade e confiabilidade ou com uma segurança robusta, você pode configurar o PIA de acordo com sua atividade online. Adorei o nível de liberdade que obtive ao testar o PIA — e isso é algo que não vi na maioria das outras VPNs de Mac (elas normalmente são uma versão simplificada dos apps de Windows).

Para customizar ainda mais sua conexão VPN no Mac, você pode escolher entre os protocolos OpenVPN e WireGuard, selecionar configurações de porta remota e local, definir endereços DNS customizados e escolher apps específicos para ignorar a conexão VPN (também conhecido como tunelamento dividido [split tunneling]). Apesar de todos os recursos avançados e opções de customização, o app é intuitivo e fácil de usar. Também achei bastante conveniente o fato dele ficar localizado no menu da bandeja superior do meu Mac para acesso rápido.

O PIA apresentou excelente desempenho quando o usei para compartilhar arquivos via P2P no meu Macbook. Todos os seus servidores são otimizados para P2P, e ele oferece SOCKS5 multi-hop e redirecionamento de portas em alguns servidores para ajudar a otimizar o desempenho. Testei o recurso baixando o mesmo arquivo de 2,5 GB em 5 servidores locais com o redirecionamento de portas habilitado. Fiquei muito impressionada porque, todas as vezes, a transferência levou apenas cerca de 12 minutos para ser concluída. O PIA é uma ótima opção se você usa seu Mac para baixar e enviar torrents com frequência e deseja manter seu anonimato.

Embora minhas velocidades tenham sido altas nos servidores locais, obtive algumas velocidades menores em conexões de longa distância. Um servidor nos EUA apresentou velocidades de 8 Mbps (uma queda de 81% em relação à minha velocidade de base). Ele também foi muito lento para transmitir até mesmo em HD sem travar. No entanto, foi fácil encontrar outro servidor nos EUA com velocidades melhores, pois o PIA disponibiliza 53 servidores apenas nos Estados Unidos.

Fiquei um pouco preocupado com o fato do PIA estar sediado nos EUA (dentro da jurisdição da Aliança 5/9/14 Olhos), mas ele opera sob uma rigorosa política antilogs (no-logs policy) que já foi testada e comprovada diversas vezes em casos reais nos tribunais, o que torna seguro usá-lo. Sua privacidade também permanece protegida por meio de proteção contra vazamento de IP/DNS (o PIA passou em todos os meus testes de vazamento) e do PIA MACE — esse recurso bloqueia domínios sinalizados por conter anúncios, trackers e malware (ele não bloqueia anúncios em sites seguros, como vídeos do YouTube, infelizmente).

Você pode obter o plano de longo prazo do PIA por apenas $2,19/mês. Ele ainda oferece uma assinatura mensal que custa mais caro, mas disponibiliza os mesmos recursos dos outros planos. É por isso que sugiro assinar o plano de 3 anos, o qual é mais econômico.

Você tem 30 dias para testar todos os recursos do PIA. Sua garantia de reembolso permite obter o reembolso integral se você não ficar 100% satisfeito. Após 26 dias, decidi solicitar o reembolso para testar. Não é possível pedir o dinheiro de volta através do chat em tempo real, por isso, precisei enviar um e-mail ao serviço de suporte. O processo foi simples, e o dinheiro retornou à minha conta após 4 dias.

Experimente o PIA hoje

4. NordVPN — ferramenta Threat Protection (Proteção contra ameaças) impede o rastreamento web enquanto você navega no seu Mac

  • Threat Protection (Proteção contra ameaças) impede que terceiros rastreiem seu MacBook
  • Altas velocidades para um streaming sem buffering em dispositivos iOS
  • 5.507 servidores em 60 países (incluindo Portugal e Brasil) para acessar seus conteúdos favoritos no exterior
  • Desbloqueia: Netflix EUA e outras bibliotecas, Disney+, Hulu, BBC iPlayer, Amazon Prime Video, ESPN, DAZN e mais
  • Compatível com: Mac (El Capitan 10.11 ou posterior), iOS, Apple TV, Windows, Android, Linux, roteadores e mais
  • Suporte via e-mail disponível em português

O NordVPN vem com a ferramenta Threat Protection (Proteção contra ameaças), que bloqueia sites com malware e impede o rastreamento web. Ele também combate arquivos suspeitos para evitar danos ao seu Mac. Esse recurso funciona mesmo se você não estiver conectado a um servidor VPN. Testei o bloqueador de anúncios do NordVPN no site da Forbes, e ele conseguiu bloquear anúncios irritantes. Além disso, sua privacidade online permanece protegida por meio de uma política antilogs (no-logs policy) auditada e proteção contra vazamento de DNS (DNS leak protection).

Você pode ativar o recurso Threat Protection (Proteção contra ameaças) no painel de configurações do NordVPN

A criptografia AES de 256 bits codifica seu tráfego para proteger você de hackers e curiosos. Outro recurso de segurança disponível no macOS é o Dark Web Monitor (Monitoramento da dark web). Ele detecta se seu endereço de e-mail foi exposto publicamente em algum banco de dados vazado na dark web e envia um alerta a você. Além disso, um kill switch mantém seus dados privados mesmo que sua conexão VPN caia.

Os apps dedicados de Mac são intuitivos e funcionam sem problemas. Fiz o download na App Store da Apple e instalei em poucos minutos. Porém, em caso de problemas, há um chat 24/7 em tempo real para ajudar você a qualquer hora. O NordVPN disponibiliza apps para vários dispositivos, incluindo Amazon Fire TV/Stick. Você também pode usá-lo em até 6 dispositivos simultaneamente.

Servidores em 60 países (incluindo Portugal e Brasil) permitem desbloquear facilmente seus sites favoritos. Após me conectar a um servidor nos EUA, assisti a jogos de baseball ao vivo na minha conta da ESPN+ no exterior. Acessar suas outras plataformas de streaming, como Amazon Prime Video, BBC iPlayer e Hulu, também não é um problema.

Fiquei decepcionado ao ver que não é possível baixar e enviar torrents em toda a rede. Porém, o NordVPN oferece vários servidores P2P otimizados para garantir downloads confiáveis. Além disso, as velocidades são suficientes para atividades com alto consumo de largura de banda, como fazer streaming em UHD, baixar e enviar torrents ou jogar sem lag. Portanto, você pode baixar arquivos grandes e assistir às suas séries favoritas sem interrupções.

Os planos de longo prazo são acessíveis e custam a partir de $3,49/mês. Recomendo fortemente a assinatura de 2 anos, pois ela permite economizar bastante.

Você pode testar o NordVPN no seu Mac gratuitamente, graças à garantia de reembolso de 30 dias. Obter o reembolso é simples. Enviei um e-mail ao suporte explicando o motivo do cancelamento — e recebi o dinheiro de volta no meu cartão de crédito após cinco dias.

Experimente o NordVPN hoje

5. Surfshark — diversos servidores globais para desbloquear o conteúdo desejado no seu Mac em qualquer lugar

  • 3.200 servidores em 100 países (incluindo Brasil e Portugal) para acessar sites e serviços no exterior
  • Ilimitado conexões simultâneas de dispositivos
  • Vários protocolos de segurança para proteger suas atividades online no seu Mac
  • Desbloqueia: Netflix EUA e muitas outras bibliotecas, Disney+, Hulu, BBC iPlayer, Amazon Prime Video, ESPN, DAZN e mais
  • Compatível com: Mac (El Capitan 10.11 ou posterior), iOS, Apple TV, Windows, Android, roteadores e mais
  • Interface disponível em português
  • Suporte via e-mail e chat disponível em português graças ao recurso de tradução que os representantes usam para entender suas solicitações

O Surfshark conta com uma ampla rede de servidores que abrange 100 países (incluindo Brasil e Portugal) para desbloquear conteúdo facilmente no seu Mac. Você pode acessar suas plataformas favoritas de streaming, como Netflix EUA e muitas outras bibliotecas, Disney+ e DAZN, em qualquer lugar. Ao testar os servidores do Surfshark no Reino Unido, desbloqueei rapidamente minhas contas de streaming no exterior, como BBC iPlayer e ITV Hub. Alguns servidores são otimizados para P2P e permitem baixar e enviar torrents de maneira confiável.

Não tive problemas para me conectar aos servidores britânicos do Surfshark em meu Mac no exterior

As velocidades são altas, e você tem largura de banda ilimitada para fazer streaming e baixar e enviar torrents sem interrupções. Portanto, é possível assistir a vídeos ao vivo em UHD no YouTube e jogar online sem lag. Joguei RuneScape usando um servidor nos EUA, e meu ping permaneceu baixo — inferior a 50ms.

Todas as minhas conexões permaneceram estáveis, mesmo tendo conectado 11 dispositivos ao mesmo tempo (incluindo meu Mac, dois smartphones e um iPad). Os apps são fáceis de instalar e usar — levei menos de cinco minutos para configurar o Surfshark no meu MacBook Air. Se estiver enfrentando problemas, você pode contatar o suporte através do chat 24/7 em tempo real.

A VPN vem com recursos robustos de segurança para proteger seus dados online. Ela oferece criptografia AES de 256 bits e kill switch, ambos os quais tornam seus dados ilegíveis por hackers. O Bypasser é o recurso de tunelamento dividido (split tunneling) do Surfshark, o qual permite escolher quais apps utilizarão a VPN. Além disso, fiz vários testes de vazamento de IP/DNS em servidores dos EUA, mas minha localização atual não foi revelada.

Algo a ser notado é que o Surfshark está sediado na Holanda — país integrante da Aliança 14 Olhos (14-Eyes Alliance, grupo de países que compartilham dados de usuários). Porém, o serviço usa servidores exclusivamente à base de RAM para proteger sua privacidade, o que significa que todas as suas informações são excluídas a cada reinicialização. A VPN também oferece autenticação de dois fatores (2FA) para garantir proteção adicional à sua conta.

Você pode obter o Surfshark por apenas $2,30/mês. Recomendo adquirir a assinatura de 2 anos para economizar mais a longo prazo.

Você pode testar o serviço sem riscos, pois ele é assegurado por uma garantia de reembolso de 30 dias. Obter o reembolso é muito simples. Contatei o suporte por meio do chat em tempo real — o representante me pediu para fornecer feedback sobre o serviço, mas não fui forçado a permanecer. Recebi o dinheiro de volta na minha carteira do PayPal após seis dias.

Experimente o Surfshark hoje

6. IPVanish — conexões ilimitadas para proteger todos os seus dispositivos Apple

  • Ilimitado conexões simultâneas de dispositivos
  • 2.000 servidores em 75 países
  • Altas velocidades
  • Desbloqueia: Netflix, HBO Max, BBC iPlayer, Vudu e mais
  • Compatível com: Mac (OS High Sierra 10.13 e versões mais recentes), iOS, Apple TV, Windows, Android, Linux, roteadores e mais
  • Suporte via chat disponível em qualquer idioma: graças ao tradutor automático, você pode conversar com os agentes em português

O IPVanish oferece conexões simultâneas ilimitadas, o que permite proteger todos os seus dispositivos Apple (e de outras marcas). Ele oferece todos os recursos padrão de segurança e privacidade, incluindo criptografia de 256 bits, proteção contra vazamento, proteção Wi-Fi e kill switch automático, o que manterá todos os seus dispositivos bem protegidos (porém, o app de iOS não conta com kill switch). Você ainda pode escolher entre vários protocolos de segurança, incluindo IPSec, IKEv2 e OpenVPN.

É possível customizar a forma de conexão do OpenVPN e do IKEv2. Por exemplo, você pode adicionar um recurso de "scrambling” (também conhecido como ofuscação) ao usar o OpenVPN. Ele faz sua conexão VPN parecer como uma conexão comum à internet. Se você estiver viajando ou vive em um país que proíbe VPNs (como China, Rússia e Turquia), esse recurso ajudará a contornar bloqueios de VPN. Você também pode escolher entre vários protocolos de segurança, incluindo IPSec, IKEv2, WireGuard e OpenVPN. Infelizmente, ele causou muita lentidão à minha conexão — quando tentei usá-lo para contornar firewalls de rede durante meus testes, enfrentei tempos de carregamento realmente longos.

Screenshot of IPVanish's interfaceBasta apenas acessar o menu "Preferências” para alterar as configurações de segurança

O app também é intuitivo e fácil de usar. Você pode usar o recurso Quick Connect (conexão rápida) para se conectar ao melhor servidor com base em sua rede e localização. Caso queira selecionar um servidor manualmente, você pode visualizar os 2.000 servidores (em 75 localizações) na forma de lista ou mapa — ou pode filtrá-los por região ou latência. Sempre acho um bônus poder conferir os dados de carga e ping dos servidores, pois eles ajudam a escolher a melhor conexão possível.

O IPVanish ainda oferece compatibilidade com TOR e proxy SOCKS5, o que ajudará a melhorar seu desempenho se você baixa e envia muitos torrents com seu Mac. Foi um pouco difícil fazer a configuração — tive que configurar manualmente os dados do proxy nas preferências do qBittorrent. No entanto, usei um guia de configuração disponível no site do IPVanish, e foi fácil segui-lo. Após configurar, baixei um arquivo de 2,5 GB em apenas 9 minutos — isso é muito rápido. O IPVanish está sediado nos EUA (dentro da jurisdição da Aliança 5/9/14 Olhos [5/9/14-Eyes Alliance]), mas conta com uma rigorosa política antilogs (no-logs policy), portanto, você poderá baixar torrents de forma anônima e segura.

Todos os servidores também são compatíveis com compartilhamento via P2P, mas obtive velocidades muito baixas quando os usei para baixar torrents e fazer streaming. Testei 5 de seus servidores, e minha velocidade média foi de 6 Mbps. Embora os servidores dos EUA tenham desbloqueado a Netflix e o HBO Max no meu Macbook, obtive velocidades lentas – portanto, você não poderá assistir em HD sem buffering.

Um pequeno ponto negativo é que ele está sediado nos EUA, país que integra a jurisdição da Aliança 5/9/14 Olhos (5/9/14-Eyes Alliance). No entanto, o IPVanish conta com uma robusta política antilogs. Ele também é proprietário de toda a sua rede de servidores, todos os quais são configurados para não salvar nenhuma informação de tráfego que seja transmitida através deles (bem como excluir dados de diagnóstico de conexão após cada sessão). Isso significa que você não precisa se preocupar em ter seus dados gravados e compartilhados.

O plano mais barato do IPVanish custa apenas $3,99/mês. Você também pode assinar o plano mensal, mas ele custa mais caro — é por isso que recomendo assinar o plano anual. Além disso, esse plano inclui armazenamento criptografado em nuvem gratuito e o antivírus VIPRE (proteção contra malware e ransomware). No entanto, causa decepção não poder pagar com criptomoedas e garantir um anonimato adicional.

Você ainda pode testar o IPVanish gratuitamente através da garantia de reembolso de 30 dias. Se não ficar satisfeito, você pode simplesmente solicitar o reembolso. Decidi testar essa política e pedi o dinheiro de volta após usar a VPN durante 29 dias. Sequer precisei contatar o suporte ou fornecer um motivo para o cancelamento. Apenas enviei uma solicitação através da minha conta no site do provedor. Recebi um e-mail em apenas 2 horas informando que meu reembolso tinha sido aprovado. O dinheiro foi transferido de volta à minha conta em 1 semana.

Experimente o IPVanish hoje

Tabela comparativa rápida: melhor VPN para Mac e MacBook

Você pode usar a tabela abaixo para comparar alguns dos principais recursos das melhores VPNs para Mac nesta lista. Ela mostra o menor preço e a duração das garantias de reembolso. Além disso, você encontra a compatibilidade de cada VPN com o macOS.

Menor preço Compatibilidade com Mac Velocidade Nº de localizações de servidores Conexões de dispositivos Garantia de reembolso Suporte a OpenVPN / WireGuard
🥇ExpressVPN $6,67/mês OS X El Capitan (10.11) ou versões mais recentes Ultrarrápido 94 5 30 Sim / Não (mas o Lightway é comparável)
🥈CyberGhost $2,19/mês OS Sierra (10.12) ou versões mais recentes Ultrarrápido 91 7 45 Sim (configuração manual) / Sim
🥉Private Internet Access $2,19/mês OS High Sierra (10.13) ou versões mais recentes Rápido 84 10 30 Sim / Sim
NordVPN $3,49/mês OS Sierra (10.12) e versões posteriores Muito altas 60 6 30 Sim / Sim
Surfshark $2,30/mês OS Catalina (10.15) e versões posteriores Muito altas 100 Ilimitado 30 Sim / Sim
IPVanish $3,99/mês OS High Sierra (10.13) ou versões mais recentes Rápido 75 Ilimitado 30 Sim / Sim

Experimente o ExpressVPN hoje

Dicas para escolher a melhor VPN para macOS

Uma VPN confiável para Mac deve oferecer recursos de segurança de nível militar, um app intuitivo de Mac e uma rede global de servidores de alta velocidade. Você pode usar esta lista ao escolher uma VPN para Mac. Considerei os seguintes recursos principais para determinar minha lista:

  • Compatível com as últimas versões de Mac — escolha um provedor de VPN que atualize regularmente seu software para acompanhar as atualizações do macOS. Dessa forma, você não ficará desprotegido com um app de VPN antigo e ultrapassado.
  • Recursos de segurança robustos — para adicionar uma camada eficiente de segurança ao seu Mac, você precisa de uma VPN que ofereça (no mínimo) criptografia de 256 bits, uma rigorosa política antilogs (no-logs policy), proteção contra vazamento e kill switch automático. Muitas das VPNs desta lista oferecem ainda mais recursos de segurança, como ad blocker/malware blocker, recursos stealth (furtivos) ou de codificação, e suporte ao protocolo WireGuard.
  • Altas velocidades — fiz testes de velocidade em todas as VPNs da lista para garantir que você possa navegar, transmitir e baixar e enviar torrents sem lentidão. Todos esses apps de VPNs também são leves e não causam lentidão à sua máquina.
  • Redes de servidores confiáveis — quanto mais servidores uma VPN oferece, mais rápida ela costuma ser. Quanto mais localizações de servidores disponíveis, mais conteúdo restrito geograficamente você poderá acessar. A maior parte das VPNs desta lista disponibiliza grandes redes de servidores globais, portanto, elas são ótimas para desbloquear sites de streaming (como Netflix e Hulu) e oferecem velocidades mais do que suficientes para assistir em HD.
  • Conexões simultâneas de dispositivos — todas as VPNs desta lista oferecem no mínimo 5 conexões de dispositivos, o que permite conectar seu iPhone, iPad e outros aparelhos com uma única assinatura. Algumas até mesmo oferecem conexões ilimitadas, permitindo manter toda a sua família protegida online.
  • Suporte a torrents. Nem todas as VPNs permitem baixar e enviar torrents, por isso é importante verificar se pelo menos alguns servidores suportam compartilhamento de arquivos via P2P. Todas as VPNs listadas oferecem suporte a torrents, e algumas dessas VPNs ainda incluem um proxy SOCKS5 ou redirecionamento de portas, os quais são recursos específicos para torrents cuja finalidade é melhorar as velocidades ao baixar e enviar torrents.
  • Suporte confiável. É melhor escolher uma VPN que ofereça suporte 24/7 via chat em tempo real, para que seja possível resolver qualquer problema imediatamente. Certifiquei-me de que seja fácil entrar em contato com o serviço de suporte, bem como encontrar respostas no site das VPNs.

Experimente o ExpressVPN sem riscos por 30 dias!

Guia rápido: como configurar uma VPN para Mac em 3 passos simples

  1. Obtenha uma VPN Mac confiável. Recomendo o ExpressVPN porque seu app de Mac é leve, fácil de usar e ultrarrápido — você sequer notará que ele está rodando no seu Mac.
  2. Conecte-se a um servidor. Escolha um servidor próximo à sua localização real para obter as maiores velocidades.
  3. Comece a navegar! Agora você pode navegar, transmitir ou jogar com segurança no seu Mac e MacBook.

Experimente o ExpressVPN sem riscos hoje

FAQs sobre as melhores VPNs para Mac

Qual VPN para Mac é ideal para a Netflix?

Há apenas algumas VPNs para Mac capazes de acessar a Netflix de forma confiável, e todas as VPNs da lista foram testadas e comprovadas — elas desbloqueiam várias bibliotecas regionais da Netflix.

A maioria das VPNs não funciona devido ao fato de que a Netflix constantemente bloqueia endereços IP, portanto, as VPNs precisam acompanhar esses bloqueios. O ExpressVPN, por exemplo, está sempre atualizando seus servidores e IPs, motivo pelo qual ele é uma das VPNs para Netflix mais confiáveis do mercado.

Se você quer uma compatibilidade maior com a Netflix, escolha uma VPN que inclua o recurso Smart DNS. ExpressVPN, CyberGhost e Private Internet Access oferecem essa função, que permite desbloquear facilmente a Netflix também na sua Apple TV.

Há alguma extensão de VPN para o Safari?

Não há extensões de VPNs para o Safari. No entanto, fazer uso de um app de VPN manterá todo o seu Mac protegido, incluindo tudo o que você fizer no Safari. Além disso, algumas VPNs (como o ExpressVPN) podem ser controladas a partir da barra de menu superior suspensa em seu Mac — ela é tão conveniente quanto uma extensão de Safari e mantém todo o seu dispositivo protegido (e não apenas suas atividades online dentro do navegador Safari).

A Apple parou de oferecer suporte a muitos add-ons externos do Safari após o lançamento do Safari 12 (em 2018), e começou a cobrar uma taxa a todos que quisessem manter os seus na galeria. Esse é o motivo pelo qual você não encontrará uma extensão de VPN para o Safari.

Posso usar uma VPN para Mac em outros dispositivos iOS?

Sim! O macOS e o iOS são 2 sistemas operacionais diferentes. Selecionei apenas VPNs que oferecem apps nativos para macOS e iOS, o que permite usá-las em todos os seus dispositivos Apple (incluindo iPhone e iPad). Elas também permitem no mínimo 5 conexões simultâneas de dispositivos, portanto, você pode baixar o app em todos os seus dispositivos Apple (e de outras marcas) com uma única assinatura. Algumas até mesmo oferecem maneiras de ser configuradas para desbloquear conteúdo de streaming em sua Apple TV.

Posso usar uma VPN grátis no meu Mac?

Tecnicamente, sim, mas não recomendo. Sempre é uma melhor ideia optar por uma VPN premium de baixo custo, como aquelas listadas aqui.

O motivo é que a maioria das VPNs grátis vem com custos ocultos como excesso de anúncios, limitações de serviço, políticas de privacidade pouco confiáveis e até mesmo malware. Todas as VPNs grátis que usei no meu Mac reduzem tanto suas velocidades que você não poderá fazer nada além de navegar na web. Elas também limitam seus dados a cerca de 1-5 GB por mês (1-3 horas de streaming em HD) e raramente conseguem desbloquear sites populares de streaming. Até mesmo vi algumas VPNs grátis para Mac que não eram seguras de usar:

  • O UFO VPN foi flagrado armazenando dados confidenciais que poderiam ser usados para rastrear seus usuários, embora sua política de privacidade afirme o contrário.
  • A política de privacidade do Unlocator afirma que a VPN armazena suas informações por um período limitado e que elas podem ser usadas para identificar você.
  • O Hola VPN armazena e compartilha informações identificáveis. Ele até mesmo admite compartilhá-las com terceiros, como se isso não depusesse contra o propósito de usar uma VPN.
  • O Opera VPN armazena suas atividades de navegação e as comercializa com anunciantes. Ele também está disponível apenas como navegador, portanto, não protege seu Mac por completo.
  • O Betternet VPN mantém logs anônimos. A política de privacidade desse provedor não é direta, e, embora os logs armazenados não possam ser associados a você, é melhor usar uma VPN que possua uma rigorosa política antilogs (no-logs policy) para proteger sua privacidade.
  • GoVPN afirma ser uma VPN para Mac, mas não funciona. O endereço IP do seu Mac permanece visível quando você está conectado. Isso significa que seus dados não são mantidos privados enquanto você navega na web.
  • FreshVPN afirma oferecer uma versão de avaliação grátis, mas ela dura apenas 5 minutos. Em seguida, você deverá pagar para usar essa VPN.

Todas as VPNs desta lista são seguras para usar e incluem garantias de reembolso que permitem testá-las sem riscos por um período limitado.

Uma VPN Mac causará lentidão às minhas velocidades?

Sim. Uma VPN Mac causará alguma lentidão às suas velocidades porque leva tempo para criptografar seu tráfego. No entanto, um app de VPN de alta qualidade não reduzirá a velocidade do seu Mac de nenhuma forma perceptível.

Para minimizar a perda de velocidade, conecte-se a um servidor próximo à sua localização real (para que os dados não precisem ser transmitidos para muito longe). Você também pode selecionar um servidor com baixa qualidade ou carga (quanto menos pessoas conectadas a um servidor, mais rápido ele será). Além disso, usar um protocolo leve como o WireGuard ou o exclusivo protocolo Lightway do ExpressVPN também ajudará a reduzir a perda de velocidade.

O Mac possui VPN integrada?

Não. O macOS não vem com VPN integrada. Ele oferece suporte a IKEv2 e L2TP, o que pode ser manualmente ativado nas configurações de rede. Porém, você precisa de uma assinatura de VPN para obter os arquivos de configuração do IKEv2/L2TP a fim de configurá-lo. É mais fácil simplesmente baixar uma VPN para Mac e proteger sua conexão com o app dela.

Se você tem iCloud, automaticamente possui o "Private Relay”. Trata-se de um proxy, que, portanto, não é tão seguro quanto uma VPN de fato. Ele funciona apenas com o navegador Safari, e você não pode alterar sua localização de servidor, acessar conteúdo restrito geograficamente ou contornar restrições na internet. Além disso, ele é mais lento que a maioria das VPNs, por isso não recomendo usá-lo.

As VPNs para Mac funcionam na China?

Sim, mas nem todas.

O ExpressVPN é a melhor VPN para Mac para usar na China. Ele inclui recursos de segurança integrados ao seu app que foram projetados para contornar o "Grande Firewall da China”. E também funciona em muitos outros países onde há fortes restrições na internet (como Turquia, Emirados Árabes Unidos e Rússia).

A China está sempre aprimorando suas tecnologias de bloqueio de VPN para censurar aquilo que você pode ver online. Caso esteja em busca de uma VPN para Mac que funcione em alguma região restritiva, você precisa de uma opção que ofereça servidores ofuscados (às vezes chamado de stealth mode, ou modo furtivo) para fazer sua conexão VPN parecer como tráfego comum na internet e, dessa forma, não ser bloqueada. Se você for viajar para a China, certifique-se de baixar a VPN antes de ingressar, caso o site dela esteja bloqueado no país.

Observação: a equipe do vpnMentor não apoia atividades ilegais, portanto recomendamos que você consulte as leis locais referentes ao uso de VPNs antes de usar uma que possa estar banida na sua localização.

O MacOS é bastante seguro: por que devo obter uma VPN para Mac?

Existem alguns motivos pelos quais usar uma VPN em seu Mac é benéfico. As VPNs desta lista melhorarão a segurança do seu Mac (sem causar lentidão) porque:

  1. Mantêm suas atividades online anônimas. Uma VPN criptografa seu tráfego e oculta seu endereço IP. Isso significa que nenhum terceiro (incluindo governos, provedores de internet e hackers) poderá ver seus dados pessoais ou o que você está fazendo online. Você também permanecerá protegido em redes Wi-Fi pouco seguras onde pessoas usando a mesma rede podem visualizar informações confidenciais sobre você.
  2. Permitem assistir a conteúdo bloqueado geograficamente. Ao alterar seu endereço IP, uma VPN faz sites e plataformas de streaming (como Netflix ou Hulu) pensarem que você está localizado em outro lugar. Isso lhe permite acessar conteúdo que normalmente está indisponível na sua região.
  3. Contornar firewalls robustos. Muitas VPNs contam com uma tecnologia especial (chamada ofuscação) que permite contornar firewalls. Caso seu escritório ou campus escolar bloqueie o Facebook, por exemplo, uma VPN garantirá seu acesso. Além disso, ela permite usar a VPN em países com alto grau de censura, como China, Rússia e Emirados Árabes Unidos.

Não arrisque a segurança do seu Mac (e seus dados pessoais)

É difícil encontrar uma VPN confiável para Mac quando há centenas de opções disponíveis. Todas as VPNs da minha lista oferecem recursos de segurança de nível militar e apps intuitivos de Mac para manter seu MacBook e outros dispositivos Apple protegidos. Além disso, elas oferecem altas velocidades e amplas redes de servidores para acessar conteúdo global em segundos.

De todas as VPNs que testei, o ExpressVPN é a melhor opção para Mac em Portugal e no Brasil ou onde quer que você esteja. Ele inclui recursos de segurança de ponta, possui uma rigorosa política antilogs (no-logs policy) e um app nativo fácil de usar que roda sem problemas em Macs. E ainda oferece altas velocidades para fazer streaming e baixar e enviar torrents. Além disso, você pode experimentá-lo gratuitamente por 30 dias e pedir seu reembolso, caso não fique satisfeito.

Experimente o ExpressVPN sem riscos agora!

Para resumir, as melhores VPNs para Mac e MacBook em Janeiro 2023 são…

Posição
Provedor
Nossa pontuação
Desconto
Visitar site
1
medal
9.8 /10
Economize 49%!
2
9.8 /10
Economize 84%!
3
9.6 /10
Economize 82%!
4
9.4 /10
Economize 71%!
5
9.2 /10
Economize 83%!
Gostou desse artigo? Avalie!
Eu detestei Eu não gostei Achei razoável Muito bom! Eu adorei!
de 10 - votado por usuários
Obrigado pelo seu feedback.
Comentar O comentário deve ter de 5 a 2.500 caracteres.