Avaliamos os fornecedores com base em testes e pesquisas rigorosos, mas também levamos em consideração seu feedback e nosso programa de afiliados com os fornecedores. Alguns fornecedores são de propriedade da nossa matriz.
Saiba mais
O vpnMentor foi criado em 2014 para analisar os serviços de VPN e cobrir temas relacionados à privacidade. Hoje, nossa equipe de centenas de investigadores, redatores e editores de segurança cibernética continua ajudando os leitores a lutar por sua liberdade online em parceria com a Kape Technologies PLC, que também é proprietária dos seguintes produtos: ExpressVPN, CyberGhost, ZenMate, Private Internet Access e Intego, que podem vir a ser analisados neste site. As análises publicadas no vpnMentor são consideradas precisas na data de publicação de cada artigo e elaboradas conforme nossos rígidos padrões de análise que priorizam o exame profissional e honesto do especialista que faz a análise, levando em conta as capacidades técnicas e qualidades do produto juntamente com seu valor comercial para os usuários. As classificações e análises que publicamos também levam em conta a propriedade comum mencionada acima e as comissões de afiliados que ganhamos por compras através dos links em nosso site. Não analisamos todos os provedores de VPN e acreditamos que as informações sejam precisas na data de publicação de cada artigo.
Divulgação de publicidade

O vpnMentor foi criado em 2014 para analisar os serviços de VPN e cobrir temas relacionados à privacidade. Hoje, nossa equipe de centenas de investigadores, redatores e editores de segurança cibernética continua ajudando os leitores a lutar por sua liberdade online em parceria com a Kape Technologies PLC, que também é proprietária dos seguintes produtos: ExpressVPN, CyberGhost, ZenMate, Private Internet Access e Intego, que podem vir a ser analisados neste site. As análises publicadas no vpnMentor são consideradas precisas na data de publicação de cada artigo e elaboradas conforme nossos rígidos padrões de análise que priorizam o exame profissional e honesto do especialista que faz a análise, levando em conta as capacidades técnicas e qualidades do produto juntamente com seu valor comercial para os usuários. As classificações e análises que publicamos também levam em conta a propriedade comum mencionada acima e as comissões de afiliados que ganhamos por compras através dos links em nosso site. Não analisamos todos os provedores de VPN e acreditamos que as informações sejam precisas na data de publicação de cada artigo.

Qual é o meu IP? (e como ocultá-lo)

Veja seu endereço IPv4 e IPv6 público, endereço IP local, provedor de internet e muito mais.

Parece que você está conectado a uma VPN ou servidor proxy. Seu endereço IP original está oculto.

ŽSeus dados estão expostos. Conecte-se a uma VPN para ocultar seu endereço IP público.

Seu endereço IP:

IPv4 (Protocolo de Internet versão 4) é um protocolo usado para comunicar dados entre redes. Ele fornece a cada dispositivo um número de identificação exclusivo chamado endereço IP. Esse número é composto por até 12 dígitos em quatro blocos, cada um destes separado por um ponto. Saiba mais sobre endereços IPv4.

Verificando ...
Copiado
IPv6:

IPv6 (Protocolo de Internet versão 6) é uma versão atualizada de comunicação na internet que utiliza endereços mais longos, o que permite que um número maior de dispositivos se conecte à internet. Ele usa o dobro do tamanho dos endereços IPv4, com até 32 dígitos em oito blocos separados por dois-pontos. Saiba mais sobre endereços IPv6.

Verificando ...
País:
 Verificando ...
Estado/Região:
Verificando ...
Cidade:
Verificando ...
Endereço IP local:

Seu roteador atribui endereços IP a dispositivos em uma rede local, o que permite a comunicação entre aparelhos como um smartphone ou uma impressora conectada a uma rede doméstica ou corporativa. Este endereço IP é diferente daquele que dispositivos externos e sites usam para se comunicar com seu dispositivo. Saiba mais sobre endereços IP locais.

Verificando ...
Provedor de internet:
Um provedor de internet (ISP) é uma empresa que fornece serviços de conexão à internet. Seu provedor atribui o endereço IP do seu roteador.
Verificando ...
Navegador:
O navegador web que você está usando no momento. Essa informação é inclusa juntamente com seu endereço IP sempre que você acessa qualquer local online.
Verificando ...
Status da lista de spam:

Endereços de IP que foram sinalizados por bancos de dados de listas de spam e bloqueados para envio de e-mails devido a atividades suspeitas ou maliciosas, como envio de e-mails não solicitados ou distribuição de malware. Saiba mais sobre listas de spam.

Verificando ...

    Esta ferramenta não armazena nenhuma informação pessoal, como seu endereço IP ou localização. Além disso, não compartilhamos quaisquer informações com terceiros.

    As melhores VPNs para ocultar seu endereço IP em 2024

    Uma VPN (rede privada virtual) é um aplicativo que oculta seu endereço IP original e o substitui por um endereço IP virtual — o que significa que sites e outros terceiros não conseguem rastrear suas atividades online.

    As melhores VPNs permitem ocultar facilmente seu IP original e escolher entre milhares de endereços IP virtuais em diferentes localizações.

    VPN mais popular
    70% dos nossos leitores escolhem o CyberGhost VPN
    • 11690 servidores em 100 locais
    • 7 dispositivos por licença
    • Disponível em: Windows, Android, iOS, Mac, Linux e roteadores
    • Segurança avançada
    • Servidores de streaming
    • Configurações personalizáveis
    • Endereços IP dedicados
    Visite CyberGhost
    VPN mais popular
    70% dos nossos leitores escolhem o ExpressVPN
    • 3000 servidores em 105 locais
    • 8 dispositivos por licença
    • Disponível em: Windows, Android, iOS, Mac, Linux e roteadores
    • Segurança avançada
    • Conexões rápidas e confiáveis
    • Política de no-logs auditada
    • Proteção contra vazamentos
    Visite ExpressVPN
    VPN mais popular
    70% dos nossos leitores escolhem o Private Internet Access
    • 29650 servidores em 91 locais
    • Ilimitado dispositivos/licença
    • Disponível em: Windows, Android, iOS, Mac, Linux e roteadores
    • Criptografia robusta
    • Apps intuitivos
    • Proteção contra sites maliciosos
    • Acessa plataformas de streaming
    Visite PIA
    VPN mais popular
    70% dos nossos leitores escolhem o Surfshark
    • 3200 servidores em 100 locais
    • Ilimitado dispositivos/licença
    • Disponível em: Windows, Android, iOS, Mac, Linux e roteadores
    • Ampla variedade de servidores
    • Acessa sites de streaming
    • Inclui bloqueador de anúncios
    • Proteção antivírus opcional
    Visite Surfshark
    VPN mais popular
    70% dos nossos leitores escolhem o PrivateVPN
    • 200 servidores em 63 locais
    • 10 dispositivos por licença
    • Disponível em: Windows, Android, iOS, Mac, Linux e roteadores
    • Servidores de streaming
    • Proteção contra vazamento de DNS/IPv6
    • Apps fáceis de usar
    • Política antilogs verificada
    Visite PrivateVPN
    VPN mais popular
    70% dos nossos leitores escolhem o Hotspot Shield
    • 1800 servidores em 80 locais
    • 10 dispositivos por licença
    • Disponível em: Windows, Android, iOS, Mac, Linux e roteadores
    • Segurança robusta
    • Avançado protocolo exclusivo
    • Acessa sites de streaming
    • Altas velocidades
    Visite Hotspot Shield
    VPN mais popular
    70% dos nossos leitores escolhem o Proton VPN
    • 4987 servidores em 91 regiões
    • 10 dispositivos por licença
    • Disponível em: Windows, Android, iOS, Mac, Linux e roteadores
    • Tunelamento dividido
    • Proteção contra vazamentos
    • Bloqueador de sites maliciosos
    • Criptografia robusta
    Visite Proton VPN
    VPN mais popular
    70% dos nossos leitores escolhem o IPVanish VPN
    • 2400 servidores em 90 locais
    • Ilimitado dispositivos/licença
    • Disponível em: Windows, Android, iOS, Mac, Linux e roteadores
    • Criptografia de tráfego
    • Torrent em todos os servidores
    • Ofuscação
    • Servidores proxy SOCKS5
    Visite IPVanish
    VPN mais popular
    70% dos nossos leitores escolhem o NordVPN
    • 6376 servidores em 111 locais
    • 10 dispositivos por licença
    • Disponível em: Windows, Android, iOS, Mac, Linux e roteadores
    • Criptografia de ponta
    • Servidores especializados
    • Proteção web e contra malware
    • Kill switch automático
    Visite NordVPN

    Por que você deve ocultar seu endereço IP?

    Sites e outros serviços online estão constantemente rastreando nossas atividades online. Tudo o que fazemos online está associado ao nosso endereço IP, o que compromete nossa privacidade digital. Isso gera problemas como publicidade direcionada e vigilância indesejada.

    Você pode evitar esses problemas ocultando seu endereço IP com uma VPN (rede privada virtual). Ela altera seu endereço IP original por outro IP de um servidor remoto em poucos cliques.

    Estes são os motivos pelos quais recomendo ocultar seu endereço IP com uma VPN:

    • Protege sua privacidade online. Ocultando seu endereço IP, você pode manter suas atividades online privadas e impedir que entidades externas rastreiem seu comportamento online. É uma ótima forma de evitar publicidade direcionada.
    • Evita o rastreamento do seu provedor de internet. Os provedores de internet podem rastrear suas atividades online monitorando seu endereço IP. Quando você usa uma VPN, seu tráfego de navegação é criptografado, o que impede que seu provedor monitore o que você faz online.
    • Impede a limitação de largura de banda imposta pelo seu provedor. Alguns provedores de internet podem limitar ou reduzir sua velocidade de internet com base em suas atividades online. Isso é muito comum se você baixa e envia torrents ou usa o navegador Tor, mesmo que não esteja fazendo nada ilegal. Como uma VPN torna muito mais difícil para o provedor rastrear suas atividades online, será menos provável que ele limite suas velocidades na internet.
    • Contorna restrições na internet. Governos e organizações podem restringir determinados sites ou serviços, limitando seu acesso. Ocultando seu endereço IP, você consegue contornar essas restrições e acessar o conteúdo desejado.
    • Protege você de hackers. Um endereço IP visível pode deixar você vulnerável a hacking, ataques de DDoS e malware. Ao ocultar seu endereço IP, você pode se proteger desses tipos de ameaças.

    Como ocultar seu endereço IP (guia passo a passo)

    1. Escolha uma VPN renomada.

    Pesquise e selecione um provedor de serviço VPN confiável. Busque um provedor que ofereça criptografia de nível militar, política antilogs (no-logs policy) verificada e um grande número de servidores em diferentes localizações. Caso não saiba por onde começar, recomendo o ExpressVPN, CyberGhost ou Private Internet Access.

    2. Instale e configure o app.

    Baixe e instale o software VPN em seus dispositivos. Siga as instruções de configuração fornecidas pelo provedor VPN. Recomendo definir seu app para iniciar e se conectar a um servidor automaticamente quando você ligar seu dispositivo, a fim de garantir que sempre esteja protegido.

    3. Conecte-se a um servidor VPN.

    Quando o software VPN estiver instalado e configurado, selecione uma localização de servidor e clique no botão de conexão. Seu tráfego será redirecionado por meio desse servidor, substituindo seu endereço IP original pelo IP do servidor.

    Definição de endereços IPv4, IPv6 e IP local

    Os endereços IP têm um propósito em comum — eles permitem que dispositivos se comuniquem e compartilhem informações entre si através da internet.

    Confira a diferença entre cada endereço IP:

    IPv4

    Um endereço IPv4 é uma ID exclusiva atribuída a dispositivos conectados a uma rede que usa o padrão Protocolo de Internet versão 4 (IPv4). Ele é composto por quatro números separados por pontos, cada um deles variando de 0 a 255. Cada endereço IPv4 tem 32 bits, ou 4 bytes, de extensão.

    Aqui está um exemplo de endereço IPv4: 172.66.43.25

    A ideia por trás de um endereço IPv4 é fornecer uma identificação específica a cada dispositivo conectado a uma rede, o que lhes permite interagir com outros dispositivos conectados à internet.

    A Autoridade para Atribuição de Números da Internet (IANA) aloca endereços IPv4 a registros de internet regionais, os quais em seguida distribuem esses endereços aos provedores de internet. Os provedores são responsáveis por atribuir endereços IPv4 aos dispositivos de seus clientes. É assim que nossa ferramenta de verificação de IP sabe qual provedor de internet você está usando.

    Uma restrição dos endereços IPv4 é que eles são limitados, com apenas pouco mais de 4,29 bilhões de combinações únicas disponíveis. Por conta disso, uma versão mais nova do Protocolo de Internet (IPv6) foi introduzida com um espaço de endereços muito maior. Porém, o IPv4 continua sendo o protocolo mais comumente usado.

    IPv6

    Assim como os endereços IPv4, os endereços IPv6 são atribuídos a dispositivos em redes que usam o padrão Protocolo de Internet versão 6 (IPv6). Trata-se de uma versão mais nova do IPv4 que foi introduzida nos anos 90 para resolver as limitações do protocolo mais antigo.

    Os endereços IPv6 consistem em 128 bits expressos em notação hexadecimal, os quais são divididos em oito conjuntos de quatro dígitos hexadecimais. Cada conjunto é separado por dois-pontos.

    Aqui está um exemplo de endereço IPv6: 2042:0ef8:85a3:0000:0000:3d11:5ad7:5311. Esse endereço pode ser encurtado para 2042:0ef8:85a3::3d11:5ad7:5311.

    Um endereço IPv6 faz o mesmo que um endereço IPv4. Porém, o IPv6 oferece um espaço de endereços muito maior que o IPv4, com 2^128 (340 undecilhões) de combinações possíveis. Isso permite que um número praticamente ilimitado de dispositivos se conecte à internet.

    Similar aos endereços IPv4, os endereços IPv6 são atribuídos pela Autoridade para Atribuição de Números da Internet (IANA) a registros de internet regionais, os quais em seguida distribuem esses endereços aos provedores de internet. Assim como o IPv4, os dispositivos conectados à internet recebem um endereço IPv6 a partir de seus provedores.

    No entanto, ele não é tão amplamente usado quanto o IPv4. Muitos dispositivos e redes mais antigos não são compatíveis com o IPv6, e a transição do IPv4 para o IPv6 pode ser complexa e custosa. Porém, como estamos todos mais do que nunca usando dispositivos conectados à internet, novos métodos de transição e tradução estão sendo desenvolvidos a todo momento.

    Endereços IP locais

    Um endereço IP local, também conhecido como endereço IP privado, é um rótulo numérico atribuído a dispositivos em uma rede local, como uma rede doméstica ou corporativa.

    Diferentemente dos endereços IP públicos, os quais são atribuídos pelos provedores de internet e exclusivos em toda a internet, os endereços IP locais são atribuídos pelo administrador da rede e exclusivos dentro da rede local.

    Os endereços IP locais são usados para identificar e se comunicar com outros dispositivos na rede local, permitindo-lhes compartilhar recursos e acessar a internet. Eles geralmente são atribuídos usando uma de três faixas de endereços IP reservados para redes privadas: 10.0.0.0 até 10.255.255.255, 172.16.0.0 até 172.31.255.255 e 192.168.0.0 até 192.168.255.255.

    Quando um dispositivo em uma rede local precisa se comunicar com um dispositivo em uma rede diferente, ele usa o endereço IPv4 ou IPv6 público do roteador ou gateway da rede externa. Esse endereço atua como um intermediário entre a rede local e a internet, o que significa que os dispositivos na rede local podem acessar a internet sem precisar de um endereço IP público exclusivo.

    Como localizar o endereço IP do seu dispositivo

    Localizar seu endereço IP público ou local (privado) é fácil. Há vários métodos, dependendo do dispositivo que você deseja verificar. Confira alguns guias rápidos para os dispositivos e sistemas operacionais mais populares:

    Como localizar o endereço IP público do seu roteador:
    1. Em qualquer dispositivo, acesse um site que exiba seu endereço IP, como vpnmentor.com/tools/ipinfo/.
    2. Seu endereço IP será exibido na página web. Dependendo do seu provedor de internet, você poderá ver um endereço IPv4 ou IPv6.
    Como localizar o endereço IP local do seu PC Windows:
    1. Clique em Iniciar e digite "cmd" na barra de pesquisa.
    2. Pressione Enter.
    3. Na janela do Prompt de Comando, digite "ipconfig" e pressione Enter.
    4. Verifique o endereço IP listado em "Adaptador Ethernet " ou "Adaptador de rede sem fio", dependendo da configuração da sua conexão à internet.
    Como localizar o endereço IP local do seu Mac:
    1. Abra o Terminal (pressione Command + Espaço e digite "Terminal”).
    2. No Terminal, digite "ipconfig getifaddr en0” (não inclua as aspas).
    3. Pressione Enter.
    4. Seu endereço IP local será exibido abaixo.
    Como localizar o endereço IP local do seu dispositivo iOS:
    1. Acesse o app Ajustes.
    2. Selecione Wi-Fi.
    3. Toque no ícone "i" ao lado do nome da sua rede.
    4. Ambos os seus endereços IPv4 e IPv6 serão listados na seção "ENDEREÇO IPV4” e "ENDEREÇO IPV6”.
    Como localizar o endereço IP local do seu dispositivo Android:
    1. Acesse a seção Configurações.
    2. Selecione Wi-Fi.
    3. Toque e mantenha pressionado o nome da sua rede.
    4. Selecione Gerenciar configurações de rede.
    5. Seu endereço IP será listado na seção "Endereço IP".
    Como localizar o endereço IP local do seu PC Linux:
    1. Abra o Terminal.
    2. Digite "ifconfig" e pressione Enter.
    3. Seu endereço IP local será listado ao lado de "inet".

    O que seu endereço IP pode revelar sobre você

    Seu endereço IP não revelará imediatamente seu endereço residencial, nome completo ou qualquer outra informação confidencial. Porém, ele pode oferecer uma ideia geral sobre sua localização geográfica. Usando ferramentas de consulta de IP, alguém pode descobrir seu país, cidade, CEP, coordenadas e fuso horário.

    Sites, plataformas de streaming e outros serviços online também podem rastrear suas atividades por meio do seu endereço IP. Isso inclui suas páginas acessadas, a duração da sua visita e seus termos pesquisados. Em seguida, eles usam essas informações para personalizar seu conteúdo, atualizar seus algoritmos e exibir publicidade direcionada em outros sites.

    Seu endereço IP também revela seu provedor de internet. Isso pode ser usado para fins legítimos — você pode usar essa informação para denunciar um endereço IP, caso ele esteja associado a alguém que esteja lançando ciberataques ou assediando você online. No entanto, terceiros podem usá-la para fazer denúncias falsas contra você, o que pode acarretar o bloqueio do seu IP. Eles também podem usar essa informação conjuntamente com outros dados para cometer fraudes.

    Porém, a única maneira pela qual alguém pode identificar você somente através do seu endereço IP é se autoridades policiais solicitarem suas informações ao seu provedor de internet. Dependendo da jurisdição, os provedores deverão cooperar de acordo com a legislação e fornecer quaisquer informações que detenham sobre um indivíduo ou organização usando um endereço IP específico. Essas informações não estão disponíveis publicamente, entretanto, por isso você não precisa se preocupar com a possibilidade de alguém encontrá-las usando alguma ferramenta grátis de consulta de IP.

    É importante saber o que seu endereço IP é capaz de revelar sobre você, bem como tomar medidas para proteger sua privacidade online. Recomendo usar uma rede privada virtual (VPN) para ocultar seu endereço IP e criptografar suas atividades online.

    O Que é um Endereço de IP Listado Como Spam?

    Os serviços de lista de spam de e-mail bloqueiam endereços de IP suspeitos para evitar mais danos ou incômodos. Por exemplo, se um endereço de IP parecer ser a fonte de e-mails de spam ou outras atividades maliciosas, ele será sinalizado e listado em um banco de dados de spam.

    Depois que um endereço de IP é adicionado a um desses bancos de dados, servidores de e-mail bloqueiam e-mail originado desse endereço de IP. Portanto, se o seu endereço de IP for adicionado a uma lista de spam, você descobrirá que não poderá enviar e-mails como de costume — o envio dos seus e-mails será provavelmente interrompido ou acabará na pasta de lixo eletrônico do destinatário.

    Para evitar que seu endereço de IP seja listado como spam, siga as práticas recomendadas para marketing por e-mail e evite enviar e-mails não solicitados. Também recomendo executar verificações antivírus regulares para proteção contra malware que pode sequestrar seu sistema para enviar spam ou e-mails infectados por malware.

    Você pode remover seu endereço de IP de uma lista de spam. Primeiro, você precisa determinar qual desses bancos de dados contém seu endereço de IP. Nossa ferramenta irá ajudá-lo a descobrir quais serviços registraram seu endereço de IP. A partir daqui, você precisará entrar em contato com o serviço de banco de dados de spam para contestar a listagem.

    Geralmente, o processo envolve o envio de uma solicitação ou formulário através do site do serviço, ou entrando em contato com sua equipe de suporte por e-mail. Pode ser necessário fornecer algumas informações, como seu endereço de IP, detalhes de contato e uma breve explicação de por que você acha que eles registraram seu endereço de IP. Você também deve fornecer evidências de que resolveu o problema, como mostrar que removeu um vírus do seu sistema ou que não está enviando e-mails de spam ativamente.

    OBSERVAÇÃO: Se você estiver usando uma VPN, o endereço de IP do servidor poderá aparecer em uma lista de spam. Às vezes, os endereços de IP da VPN são relatados porque podem ser usados ​​para fins maliciosos, incluindo o lançamento de campanhas de e-mail de spam em massa. Não se preocupe — se você encontrar um servidor bloqueado que afete sua capacidade de enviar e-mails do seu cliente de e-mail nativo, basta mudar para outro para obter um novo endereço de IP.

    Perguntas frequentes

    O que é um endereço IP?

    Um endereço IP é um identificador único atribuído pelo seu provedor de internet a cada dispositivo conectado à sua rede. Pense nele como um endereço residencial, mas para seus dispositivos digitais. Os endereços IP permitem que dispositivos se comuniquem entre si e transmitam dados pela internet.

    Os endereços IP existem em duas versões principais: IPv4 e IPv6. Os endereços IPv4 são compostos por quatro conjuntos de números separados por pontos, com cada grupo variando entre 0 e 255 (ex.: 192.168.0.1). Por outro lado, os endereços IPv6 são mais longos e usam números hexadecimais, permitindo uma quantidade muito maior de endereços únicos.

    Qual é a definição de IP (Protocolo de Internet)?

    O Protocolo de Internet (IP) é um protocolo fundamental usado para permitir a comunicação entre diferentes dispositivos conectados à internet. Ele fornece um conjunto de regras que regem a transmissão de dados entre dispositivos, incluindo computadores, smartphones, servidores e roteadores.

    Em termos simples, o IP atua como o sistema de endereços da internet. Ele atribui um rótulo numérico exclusivo a cada dispositivo conectado a uma rede, o qual é conhecido como endereço IP. É como um CEP — ele informa tudo na internet para onde precisa enviar dados se quiser falar com você.

    Qual é a diferença entre endereços IPv4 e IPv6?

    A principal diferença entre endereços IPv4 e IPv6 é seu tamanho e formato. Os endereços IPv4 são menores, com quatro números separados por pontos, enquanto os endereços IPv6 são mais longos e usam números e letras. O IPv6 conta com mais endereços únicos, portanto é capaz de suportar uma quantidade maior de dispositivos. O IPv4 suporta apenas cerca de quatro bilhões, enquanto o IPv6 pode suportar 340 undecilhões.

    Há ainda algumas diferenças na forma como o IPv4 e o IPv6 lidam com o tráfego de rede, como o tamanho dos pacotes, formato do cabeçalho e configuração automática de endereços. Porém, essas diferenças são mínimas se você for um usuário final. Não é preciso saber os detalhes específicos, a menos que você seja um administrador de rede ou desenvolvedor.

    Quais são as diferenças entre um endereço IP estático e dinâmico?

    A principal diferença entre um endereço IP estático e dinâmico é que o endereço IP estático permanece o mesmo, enquanto um endereço IP dinâmico é alterado toda vez que um dispositivo se conecta à internet.

    Os endereços IP estáticos costumam ser usados por servidores, empresas e outros dispositivos que requerem um endereço IP permanente. Os endereços IP dinâmicos são mais comumente usados para conexões residenciais à internet, pois são atribuídos automaticamente pelo provedor de internet.

    Como localizo meu endereço IP?

    Há várias formas de descobrir seu endereço IPsdependendo do seu dispositivo e sistema operacional.

    Uma das maneiras mais simples é usar uma ferramenta de detecção de endereço IP como aquela disponível nesta página.

    Outro método é abrir o prompt de comando em um computador Windows ou terminal no Mac e digitar "ipconfig" ou "ifconfig", respectivamente. No smartphone, você pode localizar seu endereço IP nas configurações de rede.

    Quais informações podem ser coletadas a partir do meu endereço IP?

    Seu endereço IP pode revelar algumas informações sobre você, incluindo sua localização geral, seu provedor de internet e potencialmente outros dados sobre seu dispositivo.

    Sempre que você faz qualquer coisa online, suas atividades e comportamentos são registrados de maneira associada ao seu endereço IP. Porém, a menos que alguém solicite suas informações diretamente ao seu provedor de internet, seu endereço IP não é suficiente para identificá-lo pessoalmente.

    Posso alterar meu endereço IP?

    Sim, há várias maneiras de alterar seu endereço IP, mas usar uma rede privada virtual (VPN) é o método mais fácil.

    Uma VPN funciona redirecionando seu tráfego de internet por meio de um servidor privado localizado em outra região geográfica, ocultando seu endereço IP e o substituindo pelo endereço IP do servidor VPN. Isso significa que você pode causar a impressão de que está em outro país ou região, o que é bom para contornar restrições na internet.

    Você também desfrutará muitos outros benefícios com uma VPN. Ela criptografa seus dados com algoritmos de nível militar, o que torna praticamente impossível para qualquer pessoa vigiar seus dados — isso faz das VPNs uma solução ideal para redes Wi-Fi públicas não seguras. Além disso, qualquer VPN confiável conta com uma política antilogs (no-logs policy) verificada, portanto suas informações confidenciais e atividades online permanecem privadas.

    Como posso ocultar meu endereço IP?

    Há vários métodos para ocultar seu endereço IP, incluindo usar uma rede privada virtual (VPN), o navegador Tor ou um servidor proxy.

    Entre eles, minha principal recomendação é uma VPN. Uma VPN redireciona seu tráfego de internet por meio de um túnel criptografado, o que oculta seu endereço IP dos seus sites acessados.

    Embora a rede Tor substitua seu endereço IP por outro IP de um servidor proxy (ou "nó”), ele não criptografa seu tráfego. Qualquer pessoa pode ver suas atividades, e os nós de entrada e saída podem ver sua identidade. Além disso, seu provedor de internet pode ver que você está acessando a dark web — e provavelmente restringirá suas velocidades em resposta.

    Os servidores proxy também não criptografam seus dados. Embora sejam uma alternativa popular às VPNs, particularmente para serviços de streaming, eles não são tão úteis. Nossos pesquisadores especialistas descobriram que a maioria dos seus endereços IP está bloqueada por serviços que usam ferramentas de detecção de VPN e proxy.

    Como as VPNs ocultam meu endereço IP?

    As VPNs criptografam seu tráfego de internet e o redirecionam por meio de um servidor remoto, o que causa a impressão de que sua conexão à internet é originária desse servidor, e não do seu dispositivo. Isso oculta seu endereço IP e torna mais difícil para curiosos rastrearem suas atividades online.

    Além disso, VPNs renomadas usam tecnologia de prevenção de vazamentos para impedir que sites e outros serviços descubram seu endereço IP. Alguns protocolos de internet apresentam falhas de segurança capazes de vazar seu endereço IP, mas uma boa VPN conta com métodos integrados (e automáticos) para impedir que isso aconteça.

    Há algum risco em ocultar meu endereço IP?

    Depende. Na maioria dos países, não há riscos envolvidos em ocultar seu endereço IP e usar uma VPN, contanto que você não esteja fazendo isso para encobrir atividades ilegais como assédio online, cibercrime e violação de direitos autorais.

    Vale notar que seu provedor de internet poderá limitar suas velocidades se descobrir que você está usando a rede Tor. Qualquer uso da dark web é amplamente visto com suspeita, mesmo que você não esteja fazendo nada ilegal.

    Por outro lado, algumas ferramentas que prometem ocultar seu endereço IP podem muitas vezes conter malware. Vimos isso muitas vezes com algumas VPNs grátis no passado. Todas as nossas melhores VPNs são minuciosamente avaliadas pelos nossos especialistas para garantir que seu uso é seguro. Antes de fazer qualquer download, verifique cuidadosamente as avaliações dos especialistas e usuários.

    Quais são as implicações legais de ocultar meu endereço IP?

    É legal ocultar seu endereço IP e usar uma VPN na maioria dos países, e muitas pessoas o fazem para proteger sua privacidade e segurança. Porém, usar uma VPN ou outros métodos para ocultar seu endereço IP não lhe dá permissão para realizar atividades ilegais online.

    As VPNs e outros métodos de ofuscação de IP não são legais em todos os países, no entanto. Eles são ilegais em países como China e Emirados Árabes Unidos. Outros países, como a Rússia, regulam fortemente o uso de VPNs. Antes de baixar uma VPN ou se conectar a um servidor proxy ou à dark web, consulte as regulamentações locais para garantir que não esteja violando quaisquer leis.