Aviso legal:
Avaliações profissionais

vpnMentor contém avaliações escritas por nossa comunidade de avaliadores, as quais são baseadas na análise independente e profissional dos produtos/serviços por parte de cada avaliador.

• Propriedade

O vpnMentor é de propriedade da Kape Technologies PLC, que detém os seguintes produtos: CyberGhost, ZenMate, Private Internet Access e Intego, os quais podem ser avaliados neste site.

• Comissões de afiliados

Embora o vpnMentor possa receber comissões quando uma aquisição é feita através de nossos links, elas não influenciam o conteúdo das avaliações ou os produtos/serviços avaliados. Fornecemos links diretos para a aquisição de produtos que fazem parte de programas de afiliados.

• Diretrizes de avaliação

As avaliações publicadas no vpnMentor são escritas por especialistas que analisam os produtos de acordo com nossos rígidos padrões de avaliação. Esses padrões garantem que cada avaliação seja baseada no exame independente, profissional e honesto do avaliador, levando-se em consideração as capacidades técnicas e qualidades do produto juntamente com seu valor comercial para os usuários, o que também pode afetar a classificação do produto no site.

O Que é Dark Web e Como Acessar Com Segurança [2021]

A dark web é a parte mais polêmica e perigosa da Internet – e ela só pode ser acessada com alguns navegadores específicos, como o Tor. Ela é conhecida normalmente por ser um lugar onde os criminosos se reúnem para se comunicar, tudo fora da lei. Embora isso seja parcialmente verdade, também existem muitos bons motivos para você acessar a dark web.

Um grande benefício de usar a dark web é o anonimato. No entanto, isso só se estende até a rede. Por exemplo, seu ISP pode ver que você está acessando a dark web e pode denunciar às autoridades, mesmo se você não estiver fazendo nada ilegal.

A única maneira de permanecer completamente anônimo na rede Tor é usando uma VPN. Ela irá criptografar o tráfego da Internet e redirecionar por meio de seus servidores privados. Isso oculta seus dados pessoais de olhos curiosos, hackers, rastreadores e outras ameaças cibernéticas associadas ao acesso à dark web.

Para ter uma segurança avançada e confiável, eu recomendo a ExpressVPN. Ela tem uma política rígida de não salvar seus dados e utiliza criptografia de nível militar para mantê-lo anônimo. Você pode até mesmo experimentar de forma gratuita porque ela possui uma política de reembolso de até 30 dias. Se você não estiver satisfeito, pode solicitar o reembolso a qualquer momento.

Experimente a ExpressVPN Agora

Guia Rápido: Como Acessar a Dark Web em 3 Passos

  1. Escolha uma VPN. Eu recomendo a ExpressVPN porque ela é altamente segura, muito rápida e oferece diversos recursos de privacidade para manter sua atividade anônima na dark web.
  2. Baixe o Tor. Você terá a opção de configurá-lo, ou iniciá-lo imediatamente. O Tor está disponível em 36 idiomas, incluindo o português.
  3. Navegue na dark web! Conecte na sua VPN antes de abrir o Tor para garantir o mais alto nível de segurança durante a navegação.

Acesse a Dark Web Com Segurança 

O que é a Dark Web?

A dark web é a terceira camada da internet, que vem depois da superfície e da deep web. Abaixo listamos uma explicação geral do que você pode encontrar em cada camada:

A Superfície (Surface Web)

A superfície da web — ou web limpa — é a parte da internet que você pode acessar a qualquer momento usando navegadores convencionais (como Chrome, Firefox, Safari, etc.). Qualquer página indexada que você pode acessar por meio de uma simples pesquisa no Google está incluída na superfície. Você só pode ver as informações que o administrador do site queira, ou seja, você não consegue acessar os arquivos no backend, as contas dos usuários ou os arquivos.

Por exemplo, você pode procurar produtos de lojas online (como o Mercado Livre) na superfície da web. No entanto, o que você vê e faz no site é limitado até que você faça login em uma conta — é quando você entra na deep web.

A Deep Web

A Deep Web é uma camada privada e geralmente é protegida por senha. É a maior parte da web, ocupando cerca de 96% da internet. Páginas da deep web não podem ser acessadas por meio de uma pesquisa simples, pois os mecanismos de pesquisa não as indexam — é uma camada da internet acessível apenas para pessoas com um link específico ou com credenciais para fazer login.

Esta categoria inclui drives em nuvem, páginas de contas em diferentes sites, registros médicos, informações de cartão de crédito, relatórios, etc. Na maioria das vezes, você precisa de uma URL específica e uma senha para acessar as páginas na deep web. O banco de dados da sua empresa estaria na deep web..

A dark web e a deep web não são a mesma coisa, embora as pessoas geralmente usam esses dois termos de maneira intercambiável.

A Dark Web

A dark web é a terceira camada da Internet e a mais difícil de encontrar. Ela consiste em sites que não podem ser acessados ​​usando um navegador comum. As camadas da superfície e a deep web podem ser acessadas dessa forma, mas você precisará de um software especial para acessar a dark web. O Tor é o navegador mais comumente usado para acessar a dark web, mas existem outras redes adicionais como Freenet, Riffle e I2P. Você pode encontrar sites e atividades legais e ilegais na dark web, já que este ambiente não é regulamentado.

O Tor e outros navegadores da dark web oferecem proteção limitada — até mesmo o seu ISP consegue saber quando você o acessa. Isso ocorre porque eles funcionam apenas como gateways para a dark web, te dando acesso a uma rede específica. Seus dados pessoais ainda podem estar vulneráveis ​​a olhares indiscretos, hackers e criminosos — no entanto, você pode adicionar uma camada extra de proteção ao se conectar na dark web utilizando uma VPN.

Acesse a Dark Web de Forma Segura

A Dark Web é Ilegal?

A dark web é legal na maioria dos países. Contanto que você não se envolva em atividades ilegais, você não deve ter problemas em Portugal ou no Brasil. No entanto, em países com uma censura agressiva (como a China ou os Emirados Árabes Unidos), o acesso à dark web é totalmente ilegal — eu recomendo que você cumpra as leis do seu país para evitar enfrentar consequências legais.

Mesmo que a dark web seja legal no seu país, você pode ser vigiado simplesmente por estar usando um navegador para acessar a dark web, como o Tor. As autoridades usam a dark web como uma ferramenta para capturar criminosos que participam de atividades ilegais, como tráfico de pessoas, tráfico de drogas ou armas e muito mais. Aqui estão alguns dos casos criminais mais infames envolvendo a dark web:

  • O Caso do Silk Road. Este site era como a Amazon da dark web. Começou com uma boa causa em mente, mas acabou hospedando a venda de produtos ilegais — como drogas, armas e documentos falsos. A pessoa por trás do site foi pega porque promoveu seu site na superfície da web usando seu endereço de e-mail real.
  • Caso AlphaBay. Este site continuou de onde o Silk Road parou — vendendo e trocando drogas, armas e outros produtos ilegais. O proprietário acabou sendo pego porque usou senhas fracas, seu endereço de e-mail real, nenhuma criptografia e algumas coisas mais.
  • O Caso Ashley Madison. Este se tornou viral. Ashley Madison era um site para casos extraconjugais. Os hackers divulgavam informações de pessoas que usavam este site, arruinando muitas vidas, mas estes hackers nunca foram pegos.

Embora esses tipos de histórias possam deixar uma impressão negativa da dark web, há muitas atividades legais e positivas às quais a dark web oferece acesso. Recomendo que você apenas visite sites confiáveis ​​​​e se proteja com medidas de segurança adicionais.

Acesse a Dark Web Com Segurança

O Que Eu Consigo Fazer Na Dark Web?

Existem muitas atividades e recursos benéficos disponíveis na dark web, mas mesmo assim é importante manter sua identidade anônima. Usar o Tor sem maiores cuidados pode torná-lo vulnerável a uma série de ameaças cibernéticas, como hackers, rastreadores e malwares. No entanto, ao utilizar maneiras seguras para visitar a dark web, você pode aproveitar os muitos aspectos positivos que ela tem a oferecer, como:

  • Liberdade de expressão. A dark web dá às pessoas que vivem em países sob forte censura a chance de se comunicarem abertamente, sem risco de exposição.
  • Expor criminosos ou figuras públicas corruptas. Jornalistas e denunciantes recorrem à dark web por ser um lugar seguro para compartilhar/receber dicas anônimas online, ou investigar situações polêmicas.
  • Comprar produtos mais baratos. Alguns produtos podem ser encontrados na dark web e que são muito mais baratos, como eletrônicos ou software de segurança — fazer compras na dark web é arriscado, e você deve sempre usar bitcoin e comprar de fontes confiáveis.
  • Material de pesquisa. Na dark web, você pode encontrar recursos gratuitos, como livros digitais e artigos de pesquisa.
  • Comunicação anônima. Existem comunidades online e sites de suporte disponíveis na dark web, onde você pode encontrar dicas e conselhos sem revelar sua identidade.
  • Aconselhamento médico. Se você estiver apresentando sintomas ou tiver um problema de saúde, existem médicos disponíveis na dark web que podem oferecer ajuda. Isso é muito útil para aqueles que desejam saber mais sobre sua saúde ou simplesmente não têm dinheiro para pagar por uma consulta.

Antes de começar e acessar a dark web, eu recomendo que você pesquise os sites com antecedência — use seu navegador normal para procurar online e ver quais sites são confiáveis. Há toneladas de informações disponíveis e verificadas por especialistas em segurança, como a ExpressVPN, que recomenda links.onion confiáveis.

Aqui estão alguns links seguros e úteis para a dark web:

  • Daniel — um site completo que você pode usar para encontrar outras páginas da dark web por categoria ou palavra-chave, e também pode verificar se funcionam.
  • ProPublica — aqui você encontra excelentes artigos de jornalismo investigativo.
  • Hidden Answers — esta é uma versão dark web do Quora, onde você pode fazer qualquer pergunta anonimamente.
  • Imperial Library — se você adora ler, este site da dark web é ótimo para você. Você pode encontrar milhares de livros gratuitos de qualquer gênero aqui.
  • Hidden Wiki — esta é outra biblioteca de links da dark web, mas não é tão útil quanto Daniel, já que seus links às vezes não funcionam.
  • SecureDrop — se você tem alguma informação que deseja compartilhar com um jornalista, este é o site para acessar.

Acesse a Dark Web Com Segurança

Perigos da Dark Web Que Você Deve Conhecer

Devido à falta de supervisão na dark web, você está vulnerável a ameaças cibernéticas toda vez que você acessa. Esses riscos são facilmente evitáveis ​​quando você está bem informado e sabe como se proteger deles.

Alguns dos perigos mais comuns são:

Malwares

Navegar na dark web coloca você em risco para sofrer ataques cibernéticos, como ataques DDoS, botnets e outros malwares ou vírus. Simplesmente inserindo o URL errado ou baixando acidentalmente um arquivo malicioso, você pode instalar um vírus ou malware no seu computador. Isso pode ter um grande impacto no seu dispositivo ou, pior ainda, expor suas informações pessoais.

Para evitar esse tipo de perigo, recomendo navegar na dark web com um objetivo direto em mente — pesquisar sites específicos com antecedência e manter uma lista de links em que você pode confiar.

Atividades Perigosas

A dark web é o lar de muitas atividades criminosas — desde o uso de documentos roubados ou falsos e até o tráfico de drogas e armas. Além do mais, a dark web é uma rede que inclui assassinos de aluguel, pornografia infantil e até mesmo transmissões ao vivo de assassinatos. Se você acidentalmente acessar uma dessas páginas, poderá enfrentar acusações legais no Brasil ou em Portugal caso alguém descubra.

Para evitar situações perturbadoras ou ilegais, eu não aconselho entrar em sites da dark web antes de pesquisá-los minuciosamente. Também recomendo que você acesse a dark web utilizando uma VPN para ser completamente anônimo — só para garantir.

Sites Fraudulentos

Os hackers na dark web podem acessar facilmente seus dados pessoais usando trojans, phishing e outros tipos de sites ou programas maliciosos. Às vezes, basta um simples clique errado para que todas as informações armazenadas em seu computador vazem. Pior ainda — sabe-se que os cibercriminosos ativam as câmeras e microfones de computadores para terem transmissões ao vivo de suas inocentes vítimas.

A maioria dos URLs na dark web tem nomes irreconhecíveis, então é fácil cair nessa armadilha — colocar seus arquivos privados, dados financeiros e outras informações pessoais em risco. Minha recomendação é sempre usar uma VPN enquanto você navega, para que suas informações reais não vazem.

Vigilância

Na tentativa de impedir as organizações criminosas de operar na dark web, as autoridades estão criando sites falsos para rastrear possíveis atividades criminosas. Ao fazer isso, eles conseguem ter acesso a quem quer que esteja visitando os sites — e isso inclui você se acidentalmente acabar lá. Em algumas partes do mundo, simplesmente usar um navegador como o Tor pode fazer com que você seja sinalizado por essas agências, mesmo que você não participe de atividades ilegais.

Lembre-se de que o Tor é um produto do governo dos EUA, portanto, existe sempre a possibilidade do governo estar te vigiando. A melhor maneira de impedir que sua atividade online alerte as autoridades é evitar sites com atividades ilegais — outro motivo para visitar apenas sites que você pesquisou e que confia.

Acesse a Dark Web Com Segurança

Guia Passo a Passo: Como Acessar a Dark Web Com Segurança

Por motivos de segurança, recomendo que você instale o Tor apenas do seu site oficial. Também não aconselho alterar o tamanho da janela enquanto você navega — isso pode levar à impressão digital do navegador, que é um método usado por hackers para coletar dados específicos sobre você.

Como Baixar o Tor no Windows

  1. Escolha uma VPN. Minha recomendação pessoal é a ExpressVPN. Ela oferece criptografia de nível militar e uma chave de eliminação automática que garante que seus dados pessoais nunca sejam expostos.

    Eu normalmente uso o ExpressVPN Smart Location para garantir que tenho a conexão mais rápida durante a navegação

  2. Baixe o Tor. Acesse sua página de download e escolha o instalador para Windows.

    Depois de clicar no botão, o download será iniciando imediatamente

  3. Abra o arquivo de instalação. Escolha um idioma e siga o assistente de instalação.

    Os idiomas são exibidos na ordem alfabética

  4. Conclua a instalação. Assim que a instalação for concluída, você terá algumas opções de como proceder.

    Quando terminar a instalação, marque a caixa “Executar”

  5. Conecte ou configure o Tor. Depois de instalar o Tor, você tem a opção de “Conectar” ou “Configurar”. Se você estiver navegando em uma rede ou local restrito, clique em “Configurar”. Quando você clicar em “Configurar”, ele irá perguntar se o Tor está bloqueado em sua localização, ou se você está usando um Proxy — então ele irá ajudá-lo a configurar para que você possa se conectar. Caso contrário, você pode clicar em “Conectar” para começar a navegar no Tor imediatamente.

    Se estiver usando um proxy, você só precisará inserir o tipo do proxy, endereço de IP e porta

Como Baixar o Tor no Mac

  1. Escolha uma VPN. Eu recomendo a ExpressVPN por sua criptografia de nível militar e proteção contra vazamentos que permite que você navegue na dark web anonimamente.
  2. Conecte-se a qualquer servidor. A velocidade geralmente depende da localização, então escolha o mais próximo de você. Você também pode selecionar “Localização Inteligente” e deixar o aplicativo encontrar o servidor mais rápido automaticamente.

    A ExpressVPN tem uma enorme rede de servidores, então você pode escolher em qual conectar

  3. Baixe o Tor. Acesse sua página de download e baixe o Tor para seu computador Mac.

    Depois de clicar, seu download começará instantaneamente

  4. Arraste o arquivo para a janela de aplicativos. Isso iniciará o processo de instalação.

    Instalação concluída, o Tor agora está instalado junto aos seus outros aplicativos

  5. Conecte ou configure o Tor. Se você estiver navegando em uma rede restritiva que bloqueia o Tor, (como uma biblioteca ou local de trabalho), selecione “Configurar”. Quando você clicar em “Configurar”, ele irá perguntar se o Tor está bloqueado em sua localização, ou se você está usando um Proxy — então ele irá ajudá-lo a configurar para que você possa usá-lo. Caso contrário, clique em “Conectar” que ele será aberto automaticamente.

    Se você estiver usando um proxy, você só precisará inserir o tipo do proxy, o endereço de IP e a porta

Como Baixar o Tor no Linux

  1. Escolha uma VPN. Minha recomendação pessoal é a ExpressVPN — sua criptografia de nível militar e política estrita de não salvar seus dados garante que sua atividade online é sempre privada.
  2. Conecte a VPN. Abra um novo terminal e execute este comando: expressvpn connect. Ou, para conectar-se automaticamente ao “Localização Inteligente”, use o comando expressvpn connect smart.
  3. Baixe o Tor. Acesse a página de download do Tor em FlatHub e baixe o instalador para Linux.

    Clique em “Instalar” — isso fará o download do arquivo que irá fazer a instalação do Tor

  4. Instale o arquivo. Encontre a pasta de downloads (ou qualquer local onde você baixou o Tor Launcher) e abra o arquivo.

    Quando você abrir o instalador do navegador Tor, clique em “Instalar” — depois aguarde alguns minutos até que esteja concluído

  5. Conecte ou configure o Tor. Clique em “Launch” para iniciar o Tor. Você tem a opção de “Conectar” ou “Configurar”. Se você estiver navegando em uma rede que bloqueia o Tor, escolha “Configurar”. Quando você clicar em “Configurar”, ele irá perguntar se o Tor está bloqueado em sua localização, ou se você está usando um Proxy — então ele irá ajudá-lo a configurar e da forma correta. Caso contrário, você pode selecionar “Conectar” para começar a navegar na dark web imediatamente.

    Se estiver usando um proxy, você só precisará inserir o tipo do proxy, o endereço de IP e a porta

Acesse a Dark Web Com Segurança

Como Configurar o Tor

  1. Configure os complementos do Tor. Eu recomendo habilitar todos os add-ons do Tor para aumentar a segurança. Clique no ícone do menu, e em Preferências > Extensões e Temas. Aqui você encontrará HTTPS Everywhere, que permite apenas versões HTTPS (seguras) de sites. O NoScript desabilita o JavaScript em sites que não são confiáveis. HTTPS Everywhere e JavaScript são habilitados por padrão, mas você pode gerenciá-los facilmente nas configurações do Tor, se desejar.

    Você pode até especificar para quais sites deseja desabilitar HTTPS Everywhere e o NoScript

  2. Defina o nível de segurança. Para ter ainda mais segurança, defina o nível de segurança do Tor como “Mais Seguro”. Para fazer isso, basta clicar no botão de escudo no canto superior direito do navegador. Em seguida, clique em “Configurações de segurança avançadas”.

    Suas 3 opções de nível de segurança são Standard, Safer e Safest. O Safer e o Safest desabilita scripts e outros conteúdos que podem afetar a forma como os sites que você visita funcionam

  3. Aproveite o acesso à dark web com segurança! Lembre-se de conectar sua VPN antes de abrir o Tor para estar completamente seguro.

Acesse a Dark Web Com Segurança

As Melhores VPNs Para Acessar a Dark Web em 2021

1. ExpressVPN — Muitos Recursos de Segurança Para Navegar na Dark Web

  • Criptografia de nível militar, uma política restrita de no-logs e um kill switch automático para manter sua atividade online oculta
  • Mais de 3.000 servidores em 90 países (incluindo Brasil e Portugal) para mascarar sua localização real
  • Velocidades super-rápidas que mantêm o navegador Tor funcionando perfeitamente
  • DNS privado em cada servidor para ainda mais privacidade e segurança
  • 30 dias de reembolso garantido
  • Funciona com: Tor, Freenet, Invisible Internet Project (I2P) e muito mais
  • Compatível com: Windows, Mac, iOS, Android, Linux, roteadores, smart TVs e mais
  • Aplicativo e extensão para navegador disponível em português
Oferta mais recente do ExpressVPN Outubro 2021: ganhe 3 meses totalmente grátis em sua assinatura anual com esta oferta! Não sabemos quando ela se encerrará, portanto, é melhor conferir a página de ofertas para ver se ela ainda está disponível.

Alguns dos seus recursos de segurança adicionais incluem criptografia AES-256 bits e proteção contra vazamento de DNS/IP. A proteção contra vazamentos é essencial para manter a privacidade das suas informações pessoais e sua localização, para que não acabem nas mãos de hackers ou criminosos. Eu quero te garantir que você pode confiar nisso, então eu testei com uma ferramenta independente e ela não detectou nenhum vazamento. Você não terá problemas para acessar a dark web com segurança.

A ExpressVPN usa DNS privado em todos os seus servidores. Em vez de te colocar em risco de exposição à solicitação de DNS, ela roteia todo o tráfego da dark web com segurança por meio de seus próprios servidores DNS criptografados. Isso garante que ninguém possa interceptar ou ver sua atividade na dark web. Ela também segue uma política estrita de não salvar seus dados (no-logs), e isso significa que ela não armazenará nenhum dos seus dados pessoais. Além disso, a ExpressVPN é sediada fora das Eyes Alliances 5/9/14, assim ela não é obrigada a compartilhar informações com nenhuma agência. Você nunca será exposto a hackers, rastreadores ou olhos curiosos ao visitar a dark web.

Ela vem com um kill switch de eliminação de bloqueio de rede, para que você esteja protegido mesmo se o servidor se desconectar acidentalmente. No caso improvável de uma falha da VPN, sua conexão com a Internet será desligada. Eu testei sua eficácia ativando o kill switch e alterando o servidor. Durante os 15 segundos que levou para atualizar minhas configurações de localização, meu WiFi foi desativado. Você ficará completamente anônimo, mesmo se a VPN falhar.

O túnel dividido permite que você escolha quais aplicativos proteger com a VPN. Leva apenas alguns minutos para configurá-lo. Isso dá a você a capacidade de rotear apenas o tráfego do Tor por meio da VPN. Outros aplicativos, navegadores, jogos e clientes P2P ainda podem usar sua conexão regular com a Internet, o que otimiza a velocidade e o desempenho. Dessa forma, você pode proteger o tráfego da dark web sem limitar sua rede local.

Você pode personalizar quais sites são direcionados por meio do seu endereço de IP real enquanto permite que o resto passe pela VPN

O único problema que encontrei com a ExpressVPN é que é um pouco caro. No entanto, com o desconto oferecido por eles, você pode aproveitar para conseguir 49% de desconto do preço original.

Você pode até experimentar a ExpressVPN sem riscos antes de resolver pagar pelos seus planos. E se você não gostar, você tem até 30 dias para solicitar um reembolso. Eu testei o processo de reembolso depois de usá-lo por 26 dias. Tudo o que tive que fazer foi entrar em contato com um agente usando sua função de chat em tempo real, disponível 24 horas por dia, 7 dias por semana (você pode conversar com os agentes de suporte em português, pois todas mensagens são automaticamente traduzidas pelo Google). Ela me fez algumas perguntas rápidas sobre minha experiência e em 2 minutos emitiu meu reembolso. Eu recebi o dinheiro de volta em apenas 3 dias.

Experimente a ExpressVPN Agora!

2. IPVanish — Servidores de DNS Privados Para te Proteger da Dark Web

  • O mais alto nível de criptografia, uma política restrita de não salvar seus dados e um kill switch que garantem total privacidade ao navegar na dark web
  • Mais de 1.900 servidores em 70 países (incluindo Portugal e Brasil), que escondem sua localização real
  • Servidores rápidos para garantir que você navegue sem interrupções
  • DNS privado em todos servidor para garantir total anonimato e segurança
  • 30 dias de reembolso garantido
  • Funciona com: Tor, Freenet, Invisible Internet Project (I2P) e muito mais
  • Compatível com: Windows, Mac, iOS, Android, Linux, roteadores, smart TVs, e mais
Oferta do IPVanish de Outubro 2021: é difícil encontrar ofertas ativas do IPVanish, portanto, fiquei bastante surpreso por encontrar esta! Clique aqui para obter 71% de desconto em sua assinatura do IPVanish hoje! O desconto é aplicado automaticamente (não é necessário inserir código).

O IPVanish usa DNS privado em todos os servidores, assim suas informações pessoais são sempre mantidas em sigilo. O DNS privado roteia sua atividade na dark web por meio dos seus próprios servidores DNS criptografados em vez de usar endereços DNS de terceiros. Para ter certeza disso, eu testei em 4 localizações: EUA, Reino Unido, Alemanha e França, e não consegui encontrar nenhum vazamento. Ninguém será capaz de te rastrear enquanto você navega na dark web.

Para manter sua atividade de navegação segura, ele usa criptografia de 256 bits junto com um kill switch. Eu testei isso desconectando meu WiFi e tentando carregar uma página da web — ele pausou minha solicitação e enviou um alerta, dizendo que eu estava protegido até estabelecer uma conexão novamente. Dessa forma, nem mesmo uma falha de conexão o deixará desprotegido enquanto você navega na dark web.

Encontre esta opção nas preferências, na aba OpenVPN

Ele também não mantém nenhum registro de atividades e não oferece risco aos seus dados pessoais de serem expostos. No momento em que você se desconectar de seus servidores, todos seus registros online são apagados, não deixando nenhuma prova de que você já se conectou a ela. Isso torna impossível que olhos curiosos obtenham qualquer informação sua, para que você possa acessar a dark web com segurança e privacidade.

A única desvantagem do IPVanish é que ele não aceita pagamentos por criptomoedas, então você não pode pagar anonimamente. No entanto, ele aceita todos os principais cartões de crédito e PayPal, que facilitam o pagamento.

A melhor maneira de saber se é a melhor opção de VPN para você, teste e aproveite os 30 dias de reembolso garantido. Quando eu testei isso, tudo que tive que fazer foi entrar em minha conta no site para solicitar o reembolso. Demorou apenas alguns minutos e não houve necessidade de conversar com um agente. Meu reembolso foi aceito e devolvido à minha conta em 5 dias.

Experimente o IPVanish Agora!

3. CyberGhost — Servidores Seguros Para Manter Sua Atividade Escondida

  • Criptografia de nível militar, uma política restrita de não salvar seus dados e um kill switch integrado para proteção máxima enquanto você acessa a dark web
  • Mais de 7.170 servidores em 90 países (também no Brasil e em Portugal) para esconder sua localização real
  • Altas velocidades para manter o tempo de carregamento mínimo ao navegar com o Tor
  • Servidores No-Spy para garantir a privacidade e a segurança ao acessar a dark web
  • Reembolso garantido de 45 dias
  • Funciona com: Tor, Freenet, Invisible Internet Project (I2P), e muito mais
  • Compatível com: Windows, Mac, iOS, Android, Linux, roteadores, smart TVs, e mais
  • Extensão para navegador e aplicativos disponíveis em português
Oferta de Outubro 2021: o CyberGhost está atualmente oferecendo 83% de desconto em seu plano mais popular! Aproveite esta oferta agora mesmo e economize mais em sua assinatura do CyberGhost.

O CyberGhost usa servidores No-Spy para garantir que ninguém possa acessar seus dados pessoais. Os servidores criptografados estão localizados dentro da sede da CyberGhost na Romênia e apenas funcionários certificados têm permissão para acessá-los. A Romênia também está fora da jurisdição dos 5/9/14 Eyes Alliance, desta forma você nunca terá que se preocupar com a exposição das suas informações.

Mesmo em todos os servidores regulares do Cyberghost, ele oferece criptografia de 256 bits e proteção contra vazamento de DNS/IP. Além disso, sua política de não salvar seus dados garante que nenhum dos seus dados seja armazenado em logs ou em banco de dados. Durante os meus testes, usei uma ferramenta de detecção de vazamento que não encontrou nenhuma informação vazada. Isso significa que sempre que você navegar na dark web ficará completamente anônimo.

Ele oferece um kill switch que pausa sua conexão com a Internet se o servidor for não funcionar corretamente. Eu testei esse recurso conectando a um servidor nos EUA e depois alterando-o para o Reino Unido. Enquanto minha conexão era estabelecida, o Cyberghost me notificou que meu tráfego de internet estava bloqueado até que eu me conectasse novamente. Mesmo em caso de falha de conexão, seu endereço de IP real e os dados de navegação não podem ser expostos.

O kill switch do Cyberghost é ativado por padrão, e não precisa de configuração manual

Um pequeno detalhe é que os planos de curto prazo da CyberGhost são um pouco caros. Felizmente, você pode conseguir um preço muito melhor com o desconto de 83% para novos usuários.

Se você ainda não estiver confiante para pagar, você pode testar e contar com a garantia de reembolso de 45 dias. Depois de usá-lo por 35 dias, eu entrei em contato com o suporte ao cliente e pedi o reembolso. O agente perguntou apenas o motivo pelo qual eu queria cancelar, mas aprovou minha solicitação logo depois, e consegui meu dinheiro de volta em uma semana.

Experimente o CyberGhost Agora!

Dicas Adicionais Para Estar Seguro na Dark Web

Embora existam muitos bons motivos para acessar a dark web, ela também pode te deixar vulnerável a uma variedade de perigos. VPNs podem ajudar até certo ponto, mas você também deve praticar as precauções de segurança comuns para maximizar sua segurança ao navegar. Você também deve tomar as seguintes precauções:

  • Use um antivírus. Isso garante uma camada de proteção para ajudar a manter você e seus dispositivos protegidos contra ataques cibernéticos. Acompanhe as atualizações de software – se uma versão mais recente for lançada e você ainda estiver com uma versão antiga, ela não estará totalmente operante para bloquear as ameaças cibernéticas mais recentes.
  • Use um e-mail diferente. Em vez de usar seu endereço de e-mail real, cadastre-se em um diferente que você possa usar exclusivamente para suas atividades na dark web. Você pode até conseguir um endereço de e-mail criptografado, como o ProtonMail.
  • Mantenha sua identidade privada. Não use sua foto real, número de telefone ou nome.
  • Use bitcoin. Em vez de usar seus cartões de crédito pessoais, use bitcoin. Isso oferece uma camada extra de anonimato quando você faz compras na dark web e evita que suas informações financeiras sejam roubadas.
  • Compre apenas em sites confiáveis. Pesquise os sites nos quais você planeja fazer compras com antecedência.
  • Feche todos os aplicativos do seu dispositivo. Por exemplo os aplicativos bancários ou de streaming. Dessa forma, não há chance de olhos curiosos conseguirem suas informações pessoais por meio dessas fontes.
  • Evite add-ons. O Tor bloqueia automaticamente alguns plugins (como Flash, RealPlayer e Quicktime) – os hackers os manipulam para obter os endereços de IP reais dos usuários, uma vez que estão fora do controle dos desenvolvedores do Tor. Complementos e extensões do navegador também podem levar ao rastreamento por meio da impressão digital do navegador.
  • Desative o JavaScript no Tor. O motivo é que em 2013, os hackers encontraram uma maneira de rastrear os usuários acessando os detalhes de suas sessões, fornecidos por JavaScript.
  • Não mude o tamanho da janela no Tor. Isso pode fazer com que alguém rastreie você por meio da impressão digital do navegador.
  • Cubra sua câmera e o microfone. Você pode fazer isso com qualquer fita opaca. Isso o protege de cibercriminosos que tentam acessar seu dispositivo para te filmar a qualquer momento do dia.
  • Pesquise os sites antes de visitá-los. Acesse apenas links e sites nos quais você possa confiar.
  • Esteja atento ao que você abre. Não clique em pop-ups, anúncios ou qualquer solicitação suspeita.
  • Abra seus downloads quando estiver offline. Se você baixar um arquivo da dark web, desative a Internet antes de abri-lo. Abrir enquanto você ainda está conectado pode vazar seu endereço de IP real.
  • Use um sistema operacional focado na segurança. O TAILS é um exemplo – eu também recomendo que você execute-o a partir de uma unidade removível. Dessa forma, os hackers terão dificuldade em identificar seu computador na rede Tor.

Acesse a Dark Web Com Segurança

Dúvidas Frequentes ao Acessar a Dark Web Com Segurança

Eu posso acessar a dark web no meu telefone, iPad, ou Chromebook?

Você pode acessar o Tor no seu telefone ou iPad (não recomendado) – mas não no Chromebook. O Tor oferece aplicativos para Android e iOS. No entanto, esses dispositivos não mantêm seus dados seguros. Se você decidir acessar a dark web no seu celular, recomendo que você se proteja com uma VPN. Todas as VPNs desta lista oferecem aplicativos para iOS e Android, além de usarem recursos de segurança líderes do setor para oferecer o mais alto nível de privacidade enquanto você navega.

Os usuários do Android precisarão baixar o Orbot e o Orfox para acessar a dark web com seus telefones. O Orbot irá conectá-lo à rede Tor, e o Orfox é o navegador que você irá usar. Para usuários do iOS, você precisará do aplicativo Onion Browser. Lembre-se de cobrir a câmera e o microfone ao baixar esses aplicativos.

Para usuários do Chromebook, infelizmente, não há um aplicativo Tor oficial disponível para ChromeOS no momento.

Eu preciso de uma VPN para acessar a dark web?

Usar uma VPN para acessar a dark web é uma precaução, e é obrigatório para sua segurança utilizar a VPN. O Tor oferece anonimato dentro da rede, mas seu ISP ainda pode ver o que você está acessando. Mesmo que você não esteja fazendo nada ilegal, o Tor é frequentemente associado a atividades criminosas. Isso significa que o seu ISP pode denunciá-lo às autoridades ou rescindir totalmente o seu contrato.

Além disso, sempre que você visita a dark web, você fica vulnerável a uma série de ameaças cibernéticas – como hackers tentando roubar seus dados, malware, vírus, etc. Uma VPN mantém você anônimo e protege suas informações pessoais para que você possa navegar na dark web com segurança.

Posso acessar a dark web com uma VPN gratuita?

Você pode, mas eu não recomendo. Para ter certeza de que sua atividade na dark web está protegida, eu recomendo usar somente as VPNs pagas, que oferecem mais segurança.

VPNs gratuitas não oferecem a mesma segurança e confiabilidade que as premium. Um tempo atrás, algumas delas começaram a expor os endereços de IP reais dos usuários – isso pode fazer com que hackers e autoridades interceptem seus dados. As VPNs gratuitas também limitam a largura de banda e as velocidades, além de bombardeá-lo com anúncios e pop-ups irritantes. Usar um serviço gratuito simplesmente não vale o risco quando você pode ter qualquer uma das VPNs desta lista e com garantia de reembolso.

Existem alternativas para o Tor?

Existem maneiras de acessar a dark web sem o Tor, mas elas oferecem diferentes níveis de acessibilidade e segurança. No entanto, com qualquer navegador há riscos envolvidos ao usar a dark web, portanto eu te aconselho a usar uma VPN para acessar a dark web.

Uma rede separada do Tor é o I2P, que só permite acessar seus sites específicos (chamados “eepsites” – você não poderá usar o I2P para acessar tantos sites quanto o Tor. Além disso, é um pouco mais difícil de configurar. Depois de baixar e instalar, você também terá que configurá-lo manualmente por meio do roteador, por aplicativos individuais e/ou configurações de proxy do navegador.

Por outro lado, o I2P é mais rápido e oferece segurança de ponto a ponto mais forte do que o Tor, pois usa túneis unilaterais para criptografar o tráfego. Isso significa que apenas o tráfego de entrada ou saída pode ser interceptado, mas não ambos. Além disso, ele usa um banco de dados de rede distribuído que é mais difícil de atacar do que os servidores de diretório confiáveis ​​e fixos do Tor.

Outra alternativa é a Freenet. Como o I2P, ela não lhe dará acesso a links.onion – apenas conteúdo que foi carregado para a Freenet. É mais um lugar anônimo para compartilhamento de conteúdo ponto a ponto, onde os usuários podem formar seus próprios grupos privados para compartilhamento de conteúdo, chamado modo darknet. Ou eles podem usar o modo pennet a ser atribuído aleatoriamente a outros pares na rede. Como o I2P, ela usa um banco de dados de rede distribuído para garantir uma segurança adicional contra ataques cibernéticos.

Configurar a Freenet é simples – basta fazer o download e instalar. É executado automaticamente no seu navegador da Web quando você o abre, e, por isso, recomendo usar um navegador diferente do que você normalmente usa para garantir sua privacidade. Você não precisa de um servidor para fazer upload de conteúdo para a Freenet e, enquanto o seu conteúdo for popular, ele permanecerá lá.

Existe um mecanismo de pesquisa na dark web?

Sim, existem alguns – no entanto, visitar sites que você encontra por meio de mecanismos de pesquisa pode ser perigoso. Alguns sites são configurados por hackers para coletar seus dados, enquanto outros contêm arquivos maliciosos que são prejudiciais ao seu dispositivo. Meu conselho é pesquisar antes de entrar em sites que você encontra por meio de mecanismos de pesquisa e proteger suas informações pessoais com uma VPN segura.

Os mecanismos de pesquisa da dark web não se parecem muito com os mecanismos de pesquisa que você está acostumado a ver, como o Google. Além disso, eles não são tão eficientes para ajudá-lo a navegar para onde você deseja ir. Isso se deve à natureza de constante evolução da dark web – os mecanismos de pesquisa não conseguem acompanhar as mudanças, muitas vezes fornecendo resultados irrelevantes ou repetitivos.

No entanto, existem alguns mecanismos de pesquisa confiáveis ​​que podem oferecer um pouco de assistência, como:

Qual é a diferença entre Tor sobre VPN e VPN sobre Tor?

A diferença é a ordem em que o tráfego da internet viaja. O Tor sobre VPN direciona seu tráfego através do servidor VPN antes de passar pela rede do Tor – enquanto que a VPN sobre Tor direciona seu tráfego através do navegador do Tor primeiro.

No entanto, o uso de VPN sobre Tor não é recomendado – nem mesmo pelo navegador Tor em si. Nesse caso, seu tráfego passa pela rede do Tor primeiro, antes de passar por uma VPN. Seu provedor de serviços de Internet ainda não verá seu endereço de IP, mas saberão que você está usando o Tor.

Ambos os métodos são melhores do que a alternativa de não usar VPN. Mas ainda sugiro que você utilize o Tor com uma VPN que não salve seus logs — dessa forma, olhos curiosos não saberão que você está no Tor; eles saberão apenas que você está usando uma VPN.

Por que a dark web não foi interrompida ou desligada?

A dark web não foi desligada porque é quase impossível de fazer isso. Além disso, ela ajuda as autoridades a investigar crimes e injustiças em todo o mundo. Existem milhares de servidores no mundo inteiro, então não ajudará se um governo parar a dark web – ela continuará a existir em todos os outros lugares.

A rede Tor foi desenvolvida pelo governo dos Estados Unidos para proteger a comunicação de inteligência. Isso os ajuda a identificar criminosos e se comunicar com ativistas de regiões oprimidas. Existem até sites criados pelo governo que as autoridades usam para capturar criminosos. Para evitar problemas legais se você entrar acidentalmente em um desses sites, eu aconselho que você acesse a dark web com a proteção adequada.

Acesse a Dark Web Com Segurança

Fique Seguro na Dark Web!

A dark web é, sem dúvida, um lugar perigoso, mas também pode criar muitas coisas boas para o mundo. Ela é útil para pesquisas, ajuda jornalistas a esclarecer as injustiças, comunicando-se anonimamente e investigando atividades criminosas.

Apesar dos seus muitos benefícios, é importante se proteger ao visitar a dark web. Você deve sempre pesquisar os sites antes de acessá-los para ter certeza de que não são ilegais ou perigosos. Além disso, usar uma VPN ajuda a mantê-lo anônimo e proteger suas informações pessoais.

Para acessar a dark web com segurança, eu recomendo a ExpressVPN, que é altamente segura e mantém sua atividade online protegida. Você pode testar sem nenhum risco, já que ela oferece reembolso. Se decidir que não é a melhor escolha para você, você terá direito a um reembolso total ao reivindicá-lo dentro de 30 dias.

Resumindo, as melhores VPNs para acessar a dark web com segurança são…

9.8/10
9.8/10
9.6/10

Alerta de privacidade!

Seus dados estão sendo expostos aos sites que você visita!

Seu endereço IP:

Sua localização:

Seu provedor de Internet:

As informações acima podem ser usadas para rastreá-lo, direcionar anúncios para você e monitorar o que você faz online.

As VPNs podem ajudá-lo a ocultar essas informações dos sites para que você esteja protegido o tempo todo. Recomendamos a ExpressVPN — a VPN nº 1 entre mais de 350 provedores que testamos. Ela possui criptografia de nível militar e recursos de privacidade que vão garantir sua segurança digital, e mais — ela está oferecendo atualmente 49% de desconto.

Visite a ExpressVPN

Sobre o autor

Rodrigo é um pesquisador de cibersegurança com grande interesse em privacidade online. Ele acredita que as pessoas têm o direito de permanecer privadas, mas isso está ficando cada dia mais difícil.

Gostou desse artigo? Avalie!
Eu detestei Eu não gostei Achei razoável Muito bom! Eu adorei!
Votado por usuários
Obrigado pelo seu feedback.
Comentar O comentário deve ter de 5 a 2.500 caracteres.