Avaliamos os fornecedores com base em testes e pesquisas rigorosos, mas também levamos em consideração seu feedback e nosso programa de afiliados com os fornecedores. Alguns fornecedores são de propriedade da nossa matriz.
Saiba mais
O vpnMentor foi criado em 2014 como um site independente que avalia serviços de VPN e cobre histórias relacionadas à privacidade. Hoje, nossa equipe de centenas de pesquisadores, redatores e editores de cibersegurança continua ajudando os leitores a lutar por sua liberdade online em parceria com a Kape Technologies PLC, que também é proprietária dos seguintes produtos: ExpressVPN, CyberGhost e Private Internet Access, os quais podem ser classificados e avaliados ​​neste site. As avaliações publicadas no vpnMentor são consideradas precisas na data de cada artigo e escritas de acordo com nossos rígidos padrões de avaliação que priorizam a análise independente, profissional e honesta do avaliador, levando em consideração as capacidades técnicas e qualidades do produto juntamente com seu valor comercial aos usuários. As classificações e avaliações que publicamos também podem levar em consideração a propriedade comum mencionada acima e as comissões de afiliados que ganhamos por compras efetuadas através de links em nosso site. Não avaliamos todos os provedores de VPN, e acreditamos que as informações sejam precisas na data de cada artigo.
Divulgação de publicidade

O vpnMentor foi criado em 2014 como um site independente que avalia serviços de VPN e cobre histórias relacionadas à privacidade. Hoje, nossa equipe de centenas de pesquisadores, redatores e editores de cibersegurança continua ajudando os leitores a lutar por sua liberdade online em parceria com a Kape Technologies PLC, que também é proprietária dos seguintes produtos: ExpressVPN, CyberGhost e Private Internet Access, os quais podem ser classificados e avaliados ​​neste site. As avaliações publicadas no vpnMentor são consideradas precisas na data de cada artigo e escritas de acordo com nossos rígidos padrões de avaliação que priorizam a análise independente, profissional e honesta do avaliador, levando em consideração as capacidades técnicas e qualidades do produto juntamente com seu valor comercial aos usuários. As classificações e avaliações que publicamos também podem levar em consideração a propriedade comum mencionada acima e as comissões de afiliados que ganhamos por compras efetuadas através de links em nosso site. Não avaliamos todos os provedores de VPN, e acreditamos que as informações sejam precisas na data de cada artigo.

5 melhores VPNs para China — AINDA funcionando em 2024

Adriano Silva Atualizado em 12/02/2024 Informações verificadas por Emma Ayres Editor sênior

Se você for visitar ou se mudar para a China, talvez pense que qualquer VPN é capaz de ajudá-lo a acessar suas contas do WhatsApp, Facebook e Google. Porém, o rigoroso sistema de censura do país (conhecido como Grande Firewall) torna qualquer VPN inútil — e até mesmo perigosa. Muitas VPNs não apenas têm dificuldades para se conectar na China, como podem colocar sua privacidade em risco.

A viabilidade de uma VPN também depende de onde você está localizado. É por isso que nossa equipe de testadores localizados em toda a China testou cada VPN e nos relatou quais realmente funcionam. A China bloqueia o acesso a sites de VPN para impedir que você faça o download de qualquer uma delas no país. Porém, muitas VPNs sabem disso e oferecem uma solução.

De acordo com nossos testadores, a melhor VPN para China é o ExpressVPN. Ele oferece recursos de segurança de ponta e servidores otimizados para usar na China, o que permite acessar seus sites favoritos de maneira segura e confiável. Além disso, você pode testar o ExpressVPN sem riscos, pois ele é assegurado por uma garantia de reembolso de 30 dias. Se não ficar satisfeito, você pode solicitar o reembolso integral.

Testar o ExpressVPN para China

Importante! O uso de VPNs não aprovadas pelo governo é proibido na China, mas nunca houve casos públicos de turistas penalizados pelo governo chinês por usá-las. Uma VPN não concede licença para realizar atos ilegais, como acessar sites e serviços bloqueados no país, portanto tenha cautela. Não apoiamos de nenhuma forma o uso de VPNs com o objetivo de infringir a lei.

Está com pouco tempo? Aqui estão as melhores opções de VPN China em 2024

  1. ExpressVPN — servidores ofuscados para contornar o Grande Firewall automaticamente, além de recursos de segurança de ponta para proteger sua privacidade (você pode obtê-lo agora mesmo com 49% de desconto).
  2. Astrill VPN — altamente confiável com servidores e protocolos otimizados para China a fim de contornar o Grande Firewall facilmente, mas seu preço é bem caro.
  3. PrivateVPN — configuração furtiva (Stealth) e segurança de ponta para customizar sua conexão para navegação na China, mas disponibiliza uma rede pequena de servidores.
  4. Private Internet Access — enorme rede de servidores que inclui uma localização de servidor confiável na China, mas seu app pode ser confuso para iniciantes.
  5. TunnelBear — VPN simples e divertida com altas velocidades, ideal para fazer streaming na China sem lag, mas não oferece garantia de reembolso.

Melhores VPNs para China — análise completa (atualizado em Fevereiro 2024)

1. ExpressVPN — melhor VPN na China em termos gerais com ofuscação automática e velocidades ultrarrápidas

  • 3.000 servidores com ofuscação para ocultar seu uso da VPN (incluindo servidores específicos que passam por manutenção periódica para que funcionem na China)
  • 8 conexões de dispositivos e velocidades ultrarrápidas para navegar, fazer downloads, transmitir ou jogar sem lentidão
  • Oferece soluções para baixar a VPN na China
  • Desbloqueia: Netflix, Disney+, YouTube, Google, Facebook, Instagram, WhatsApp e mais
  • Apps e extensões de navegador disponíveis em português

O ExpressVPN oferece ofuscação automática em todos os seus servidores, portanto você pode acessar facilmente seus sites favoritos na China. A maioria dos recursos de ofuscação precisa ser habilitada nas configurações do app da VPN — porém, o ExpressVPN funciona de maneira mais intuitiva. Sempre que detecta um firewall robusto, ele automaticamente codifica seus metadados e causa a impressão de que seu tráfego VPN é tráfego web comum. Assim, o ExpressVPN contorna o Grande Firewall da China de maneira confiável.

Além disso, seu site disponibiliza uma lista atualizada de servidores que passam por manutenção periódica para garantir que funcionem na China. Eles estão localizados nos EUA, Reino Unido, Japão, França e Cingapura. Nossos pesquisadores os testaram e confirmaram que conseguiram acessar facilmente o Facebook, WhatsApp, Netflix e YouTube por meio desses cinco servidores. O ExpressVPN recomenda selecionar o protocolo "Automático” para que a ofuscação funcione de modo mais eficaz.

A screenshot showing that ExpressVPN's Yokohoma server unblocks Facebook in ChinaRecomendo os servidores de Yokohama e Cingapura para obter melhores velocidades, pois eles estão mais próximos da China

A ofuscação tende a reduzir significativamente suas velocidades, em parte porque apenas protocolos de segurança mais lentos (como o OpenVPN) são compatíveis com a tecnologia de ofuscação. O ExpressVPN superou o problema comum da perda de velocidade desenvolvendo seu próprio protocolo ultrarrápido chamado Lightway — ele é comparável ao WireGuard, mas oferece suporte a ofuscação, portanto você não precisa se preocupar com a queda drástica de velocidade que ocorre em muitas VPNs para China.

Meus colegas na China registraram uma média de 76.5 Mbps (uma queda de apenas 10% em relação à conexão de base) nos servidores de longa distância localizados nos EUA. Isso é mais que o triplo necessário para transmitir em Ultra HD. Em servidores próximos localizados em Hong Kong, a queda de velocidade foi de apenas 3%. Você pode realizar atividades com alto consumo de largura de banda na China sem lentidão.

Seus dados e privacidade online permanecem bem protegidos enquanto você navega na web na China. Ele usa criptografia AES 256 bits de nível militar, a qual é praticamente impossível decifrar. Além disso, seu kill switch automático (Network Lock) e a proteção contra vazamentos garantem que seu IP real permaneça oculto.

Nenhum dos seus dados é registrado, pois o ExpressVPN cumpre uma política antilogs (no-logs policy) auditada. Isso é adicionalmente garantido por sua tecnologia TrustedServer (servidores RAM), que exclui todos os dados após a reinicialização de cada servidor. Além disso, a VPN está sediada nas Ilhas Virgens Britânicas, país que apoia a privacidade e onde não há leis de retenção de dados.

As coisas ficam mais complicadas se você já estiver na China, pois o site do ExpressVPN é bloqueado no país. Porém, é possível baixar o ExpressVPN na China através de seus URLs espelhos. Você pode contatar o suporte via e-mail (support@expressvpn.zendesk.com) para obter um link atualizado que deverá funcionar na China. Quando entrei em contato, recebi uma resposta em apenas 45 minutos e baixei o arquivo.apk para meu Android em minutos.

Todos os planos vêm com uma garantia de reembolso de 30 45 dias. Para testar a legitimidade dessa política, contatei o suporte através do chat 24/7 em tempo real para cancelar minha assinatura. Você pode falar com eles diretamente em português, pois o chat conta com uma ferramenta integrada de tradução automática. Depois que respondi a uma pergunta de satisfação, o representante aprovou minha solicitação — e recebi o dinheiro de volta após dois dias.

Oferta do ExpressVPN de Fevereiro 2024: apenas por tempo limitado, você pode adquirir uma assinatura do ExpressVPN com até 49% de desconto! Não perca!

2. Astrill VPN — servidores otimizados para China permitem contornar o Grande Firewall

  • 120 servidores em 58 países, além de alguns especializados para desbloquear conteúdo na China
  • Proprietário de todos os seus servidores DNS, garantindo privacidade adicional
  • 5 conexões simultâneas de dispositivos
  • Desbloqueia: Netflix, Disney+, YouTube, Google, Facebook, Instagram, WhatsApp e mais
  • App de Android disponível em português

O Astrill VPN disponibiliza servidores especificamente otimizados para contornar o Grande Firewall da China. Eles se encontram em cinco localizações: EUA, Japão, Hong Kong, Taiwan e Cingapura. Nossos colegas na China testaram cada localização e confirmaram seu funcionamento. Elas desbloquearam o Google, Twitter, Facebook e YouTube — cada uma em menos de 20 segundos.

Ele não é tão veloz quanto o ExpressVPN, mas não houve qualquer lentidão significativa. Seus servidores nos EUA conseguiram transmitir vídeos do YouTube em HD. Para oferecer maiores velocidades, ele disponibiliza servidores "Supercharged”, os quais são projetados para altas velocidades e baixa latência. Recomendo seus servidores em Hong Kong para obter as conexões mais velozes na China. Como seus dados não precisarão viajar grandes distâncias, a perda de velocidade acaba sendo mínima.

Para contornar firewalls que bloqueiam sites, o Astrill VPN usa os protocolos StealthVPN e OpenWeb. Meus colegas na China recomendam ambos os protocolos para ofuscar seu tráfego. Há ainda um recurso chamado Site Filter (Filtro de sites) — ele permite usar seu IP chinês em sites que estão disponíveis na China, redirecionando todos os demais sites bloqueados através do túnel VPN.

A screenshot showing Astrill's settings for StealthVPNAs configurações do Astrill mudam de acordo com o protocolo escolhido

Ele também conta com recursos robustos de segurança e privacidade, incluindo proteção contra vazamentos e kill switch automático. E usa criptografia AES de 256 bits com todos os protocolos — porém, com o OpenVPN, você também pode escolher entre as criptografias de 192 ou 128 bits para encontrar o equilíbrio ideal entre velocidade e segurança. Além disso, ele está sediado em Seychelles, fora da jurisdição da Aliança 14 Olhos (14-Eyes Alliance).

Para garantir mais privacidade, todas as conexões do Astrill passam pelos próprios servidores DNS privados da empresa, o que impede que terceiros registrem seus dados ou vejam seus sites acessados. No entanto, não gostei do fato de que o Astrill VPN registra algumas informações (como horário de conexão, endereço IP e tipo de dispositivo). Todas as suas informações são permanentemente excluídas assim que você se desconecta do servidor, entretanto.

O Astrill VPN custa bem caro quando comparado a outras VPNs — seu menor preço é $12,50/mês, o que o faz custar quase o dobro do ExpressVPN. O site também está bloqueado na China — porém, o suporte via e-mail (support@astrill.com) pode fornecer um URL espelho para baixar a VPN no país.

Ainda mais decepcionante é o fato de que o Astrill VPN não oferece garantia de reembolso, sendo que todos os pagamentos são definitivos. No entanto, você pode usá-lo gratuitamente durante um mês se indicar um amigo que adquira uma assinatura paga. Não há limitações durante o período de um mês gratuito.

3. PrivateVPN — segurança customizável para otimizar sua conexão na China

  • Recursos de segurança de ponta que podem ser customizados para velocidade ou segurança
  • StealthVPN permite contornar o Grande Firewall
  • 10 conexões simultâneas de dispositivos
  • Desbloqueia: Netflix, Disney+, YouTube, Google, Facebook, Instagram, WhatsApp e mais

As configurações de segurança customizáveis do PrivateVPN permitem otimizar sua conexão na China conforme suas necessidades. Por exemplo, você pode escolher o tipo de criptografia. Durante meus testes, alterei meu nível de criptografia de 256 bits para 128 bits e obtive um aumento de 12% nas velocidades de download. Você também pode escolher entre diversos protocolos VPN. Nossos pesquisadores na China verificaram que o L2TP é mais confiável que o OpenVPN para contornar bloqueios de VPN.

screenshot showing PrivateVPN's customizable security settingsA criptografia AES de 128 bits é um pouco mais rápida que a de 256 bits, mas não tão segura

Ele oculta seu tráfego VPN como se fosse tráfego web comum por meio de seu modo StealthVPN. Diferentemente do ExpressVPN, sua ofuscação não é automática: você deve habilitar manualmente esse modo nas configurações do app. Meus colegas na China testaram esse recurso e relataram que conseguiram acessar facilmente sites de mídias sociais e de streaming que estavam restritos.

Além disso, os apps do PrivateVPN são muito seguros. Após habilitar o modo StealthVPN, testei quatro de seus servidores em busca de vazamentos de DNS/IP e não encontrei nada. Sua rigorosa política antilogs (no-logs policy) ainda garante que suas atividades online não sejam associadas à sua conta.

O PrivateVPN mantém uma rede de alta qualidade — "High-Quality Network” (HQN) — com o objetivo de oferecer as maiores velocidades e capacidades confiáveis de desbloqueio em todo o mundo. Além disso, ele disponibiliza vários servidores velozes e confiáveis em localizações próximas à China continental (incluindo Hong Kong, Taiwan e Coreia do Sul).

Apesar de todos os recursos que o tornam uma ótima VPN para China, ele não oferece nenhum URL espelho para ajudar você a baixá-lo na China. Ao mesmo tempo, se você ainda irá adentrar o país, pode baixá-lo previamente, e ele funcionará sem problemas. E, caso precise de suporte, você pode entrar em contato por e-mail (support@privatevpn.com) — o que é útil, visto que falar através do chat em tempo real no site oficial não é possível na China.

Seu plano de longo prazo oferece o melhor custo-benefício e está disponível a partir de $2/mês. Ele oferece todos os mesmos recursos dos planos de curto prazo, mas permite economizar mais com o tempo.

Você pode até mesmo testar o PrivateVPN através de sua garantia de reembolso de 30 dias. Testei essa política para garantir sua legitimidade e a confirmei. Depois que solicitei o reembolso através do chat 24/7 em tempo real, eles concordaram sem hesitação — e recebi o dinheiro de volta na íntegra após quatro dias úteis.

4. Private Internet Access — enorme rede de servidores incluindo um servidor chinês confiável para obter IP chinês

  • IPs da China oferecem acesso confiável a conteúdo chinês
  • Dispositivos simultâneos ilimitados para proteger todos os seus aparelhos
  • Recursos de segurança avançados e customizáveis para manter seus dados pessoais protegidos
  • Desbloqueia: Netflix, Disney+, YouTube, Google, Facebook, Instagram, WhatsApp e mais
  • Interface dos apps disponível em português

O Private Internet Access (PIA) oferece a maior rede de servidores entre qualquer VPN desta lista, a qual consiste em 29.650 servidores em 91 países. Ele oferece uma localização de servidor chinesa, portanto é uma opção confiável para acessar conteúdo chinês no exterior. Durante meus testes, consegui acessar consistentemente conteúdo chinês. Acessei a WeTV na primeira tentativa e assisti a uma temporada inteira de Juntos Aqui de Novo. Também consegui acessar facilmente o iQIYI, Sohu e BiliBili.

O PIA é uma das poucas VPNs que oferecem conexões simultâneas ilimitadas de dispositivos, o que permite proteger todos os seus aparelhos ao mesmo tempo. Isso é ótimo se há muitas pessoas na sua residência ou se você possui muitos dispositivos que usa com frequência. Testei essa possibilidade conectando 10 dispositivos e transmitindo a WeTV, iQIYI, e Netflix simultaneamente. A única diferença que notei foi que os vídeos levaram alguns segundos a mais para carregar, mas quase não houve diferença no desempenho da VPN.

As opções de customização dos apps do PIA também permitem otimizar sua experiência. Por exemplo, você pode escolher entre a criptografia AES de 128 bits ou 256 bits. A opção de 128 bits não é tão segura, mas é ideal se você deseja priorizar suas velocidades. Ele ainda oferece kill switch e proteção contra vazamento de IP/DNS (IP/DNS leak protection).

Screenshot of PIA's Windows app showing the protocol settingsO app do PIA vem pré-configurado, o que permite usá-lo diretamente sem qualquer configuração complexa

Infelizmente, o PIA não funciona garantidamente na China, mas seu site oferece várias soluções que você pode testar para fazê-lo funcionar no país. Primeiro, ele sugere testar o protocolo WireGuard ou configurar uma conexão por meio do aplicativo OpenVPN. Como último recurso, você pode testar arquivos de configuração manual. Ele fornece instruções detalhadas para essas soluções no site oficial.

O PIA oferece alguns planos de assinatura, tanto de curto quanto de longo prazo. Todos os planos incluem os mesmos recursos, mas você economiza mais nas assinaturas mais longas. Escolhendo o plano de prazo mais longo, você pode acessar o PIA por apenas $2,03/mês.

É possível testar o PIA totalmente sem riscos por 30 dias com sua garantia de reembolso. Testei-a para me certificar de que você possa confiar nela: contatei o chat 24/7 em tempo real em inglês. Antes de atender rapidamente ao meu pedido, o agente de suporte fez apenas uma pergunta solicitando qualquer feedback que eu pudesse fornecer. Recebi o dinheiro de volta na minha conta em cinco dias úteis, portanto você pode ter certeza de que a garantia é legítima.

5. TunnelBear — app simples e divertido para acesso fácil à web na China

  • Animações de ursinhos e interface simples, ótimo se você é novato no mundo das VPNs
  • GhostBear (ofuscação) ajuda a contornar bloqueios de VPN e firewalls robustos
  • Conexões simultâneas ilimitadas de dispositivos
  • Desbloqueia: Netflix, Disney+, YouTube, Google, Facebook, Instagram, WhatsApp e mais
  • Apps disponíveis em português para dispositivos móveis

A interface fofa e simples do TunnelBear o torna a VPN China mais intuitiva que testei. Seu recurso de mapa mundial permite localizar rapidamente e se conectar a um servidor. Por exemplo, pesquisei na Europa e cliquei em um ícone de túnel que encontrei no Reino Unido. Em seguida, a imagem de um urso escavou e entrou na minha localização real no mapa e saiu no túnel no Reino Unido que eu havia selecionado. Ele soltou um som alto "RAWWRR!” para me informar que eu estava conectado. Levou apenas alguns segundos para me conectar — e devo dizer que todo o processo foi bem divertido.

Screenshot showing part of the tutorial after installing TunnelBearVocê pode clicar no mapa para selecionar uma localização ou escolher uma opção a partir da lista de servidores

Até mesmo o processo de instalação foi divertido, pois cada passo continha uma compilação de trocadilhos de urso. Ele também disponibiliza vários servidores velozes nas proximidades. O recurso Fastest Tunnel (Túnel mais veloz) me conectou ao Japão e Taiwan, os quais nunca reduziram minhas velocidades acima de 9%. Ao automaticamente conectar você à localização mais próxima, ele reduz a distância que seus dados precisam percorrer, o que melhora as velocidades. Assim, você não perde tempo procurando o servidor ideal dentro ou fora da China.

Seu recurso GhostBear (ofuscação) permite contornar facilmente restrições à internet na China. Você pode ativá-lo acessando as configurações do app, embora ele não esteja disponível no iOS. Nossa equipe de especialistas na China testou esse recurso em diferentes partes do país. Eles relataram que a VPN nunca foi detectada — e desbloquearam sites sem complicações.

Os recursos de segurança e privacidade do TunnelBear permitem que você use a internet em segurança na China. A criptografia AES de 256 bits torna sua conexão impenetrável, enquanto o kill switch (chamado VigilantBear) desconecta seu dispositivo da internet em caso de desconexão da sua VPN. Além disso, sua política antilogs (no-logs policy) foi independentemente auditada, o que significa que suas atividades online não serão registradas enquanto você estiver na China — ou em qualquer ocasião.

Você pode obter o TunnelBear por $3,33/mês com seu plano de longo prazo. Ele também oferece uma assinatura de curto prazo, mas ela acaba custando muito mais no final — pelo mesmo conjunto de recursos.

Infelizmente, o provedor não oferece garantia de reembolso; ele afirma no site que solicitações de reembolso podem ser aprovadas de acordo com o caso. De qualquer forma, há uma versão grátis que permite testá-lo em um dispositivo. Ela oferece apenas 500 MB de dados, no entanto, o que é suficiente para testar os recursos por algumas horas, no máximo.

Tabela comparativa rápida: recursos de VPN China

A tabela abaixo compara os principais recursos de todas as VPNs recomendadas. Ela mostra quais provedores contam com uma política antilogs (no-logs policy) auditada para garantir que seus dados nunca sejam registrados pela VPN.

Também incluí outros recursos relevantes, como velocidades médias, quantidade de servidores e limites de conexão de dispositivos. Estes são mais uma questão de preferência pessoal: sua importância dependerá da forma como você utilizará a VPN.

Menor preço mensal Servidores otimizados para China? Política antilogs auditada? Velocidades Servidores Conexões simultâneas Interface em português
🥇ExpressVPN $6,67/mês Sim Sim Muito rápido 3.000 servidores em 105 países 8 Sim
🥈Astrill VPN $12,50/mês Sim Não Lento-intermediário 120 servidores em 58 países 5 Sim (Android)
🥉PrivateVPN $2/mês Não Não Intermediário 200 servidores em 63 países 10 Não
Private Internet Access $2,03/mês Não Sim Intermediário 29.650 servidores em 91 países Ilimitado Sim
TunnelBear $3,33/mês Não Não Intermediário 5.000 servidores em 47 países Ilimitado Sim (iOS e Android)

Dicas para escolher a melhor VPN para China

Como o Grande Firewall usa uma tecnologia cada vez mais avançada, está cada vez mais difícil encontrar VPNs que efetivamente funcionem China. Para tornar nossas recomendações o mais úteis possível, nossa equipe de testadores relatou os recursos mais importantes que você deve buscar ao escolher uma VPN China.

Isso nos ajuda a criar um panorama geral daquilo que cada serviço de VPN realmente tem a oferecer. Confira alguns dos critérios a considerar:

  • Contorna o Grande Firewall de maneira confiável — escolha uma VPN que seja capaz de evitar fortes restrições na internet e contornar o Grande Firewall. Busque por recursos como multi-hop ou ofuscação, que codificam seus metadados e tornam mais difícil para que a VPN seja detectada. Assim, você poderá acessar conteúdo com restrição geográfica enquanto permanece sob o radar.
  • Recursos robustos de segurança — sua VPN deve oferecer criptografia de nível militar, kill switch e proteção contra vazamento de DNS/IP (DNS/IP leak protection). Esses recursos impedem que seus dados sejam expostos a terceiros durante sua viagem à China, além de manter você protegido em redes Wi-Fi públicas.
  • Política antilogs (no-logs policy) — protege sua privacidade na China porque garante que suas atividades online não sejam registradas pela VPN. Consultei a política de privacidade de todas as VPNs e me certifiquei de que elas seguem uma rigorosa política antilogs.
  • Altas velocidades — todo o tráfego que sai da China deve passar por um número limitado de gateways, o que pode gerar congestão e lentidão. Por isso, é importante escolher uma VPN com altas velocidades (a queda de velocidade não deve ser superior a 35%). É ainda melhor se sua VPN oferecer servidores na China ou próximos ao país para garantir conexões mais velozes.
  • Apps intuitivos — como as VPNs precisam usar tecnologias especiais para sequer funcionar na China, elas às vezes podem ser difíceis de configurar. Todas as VPNs desta lista são simples e fáceis de usar, mesmo que você seja iniciante.
  • Suporte prestativo — você deve ser capaz de obter suporte facilmente quando necessário. As VPNs da minha lista oferecem vários canais de suporte, incluindo chat 24/7 em tempo real, suporte via e-mail e uma página detalhada de FAQ.

Dica! Antes de viajar para a China, sugiro que você peça ao seu provedor VPN uma lista de servidores que funcionam no país. Também vale a pena obter um endereço de e-mail que você possa usar para contatá-los diretamente em caso de quaisquer problemas. Isso é útil porque sites de VPNs são bloqueados na China, portanto você não poderá consultá-las para obter suporte ou usar o chat em tempo real.

Guia rápido: como usar uma VPN na China em três passos simples

  1. Baixe uma VPN. Recomendo o ExpressVPN porque ele oferece ofuscação automática em todos os servidores, além de segurança de ponta para acessar uma internet livre na China. É melhor baixá-lo antes de adentrar o país, pois pode ser difícil fazê-lo após sua chegada.
  2. Conecte-se a um servidor. Certifique-se de habilitar quaisquer configurações de ofuscação ou escolher um servidor ofuscado. Caso contrário, pode haver falha de conexão.
  3. Navegue na internet sem restrições na China. Acesse todos os sites e apps desejados enquanto protege sua privacidade.

Testar o ExpressVPN para China

FAQs sobre as melhores opções de VPN China

É legal usar uma VPN na China? E é seguro fazê-lo?

Somente VPNs aprovadas pelo governo são legais na China. Elas são fortemente monitoradas pelo governo chinês, o que significa que não são boas para privacidade. Porém, algumas VPNs independentes com recursos avançados de segurança são capazes de contornar o Grande Firewall. Elas vêm com recursos especiais de ofuscação para ocultar o fato de que há uma VPN em uso, além de cumprir políticas antilogs que protegem sua privacidade.

Uma prática comum na China é bloquear a tecnologia VPN (e sites de VPNs), portanto não há acesso a eles. Essa medida é mais simples que rastrear um turista que esteja usando um app de VPN não aprovada pelo governo. Apenas lembre-se de baixar e instalar sua VPN antes de adentrar o país, pois a maioria dos sites de VPNs é bloqueada no país.

Além disso, vale a pena se informar sobre as leis mais recentes referentes ao uso de VPNs na China, apenas para garantir.

O que faço se minha VPN parar de funcionar na China?

Primeiramente, certifique-se de usar uma VPN que efetivamente funcione na China. Em alguns casos, até mesmo essas VPNs podem enfrentar problemas. É possível que o servidor tenha sido detectado e bloqueado. Porém, as melhores VPNs para China monitoram e fazem a manutenção periódica de seus servidores para garantir que funcionem de maneira confiável.

Há ainda algumas outras medidas que você pode tomar para tentar fazer sua VPN voltar a funcionar:

  • Altere seu protocolo VPN. Alguns protocolos VPN são melhores que outros para contornar firewalls. Você pode testar todos os protocolos disponíveis até encontrar uma opção que funcione.
  • Conecte-se a outro servidor. Pode haver problemas com o servidor ao qual você está conectado. Nesse caso, trocar de servidor pode ajudar.
  • Atualize o software da VPN. É possível que seu provedor tenha feito alterações no app da VPN que exijam atualizá-lo para que funcione na China.
  • Contate o suporte por e-mail. Se todas as opções não funcionarem, entre em contato com o suporte e solicite uma lista de servidores que funcionem a partir da China.

Posso baixar uma VPN na China?

É possível, mas pode ser difícil. Algumas VPNs estão preparadas para isso. Geralmente, não é possível baixar uma VPN não aprovada pelo governo enquanto você está na China, pois a maioria dos sites dessas VPNs é bloqueada no país. Porém, é possível entrar em contato com o suporte para verificar se o provedor disponibiliza um URL espelho que funcione na China.

Além do bloqueio dos sites das VPNs, a Google Play Store e a Amazon Appstore não estão disponíveis. Você pode acessar a Apple App Store, mas ela é fortemente monitorada — e não há disponível nenhum app de VPN que não seja administrada pelo governo. Sua melhor opção é baixar uma VPN no seu dispositivo antes de chegar na China.

Quais servidores VPN devo usar na China?

É melhor usar servidores próximos para obter as melhores velocidades. Certifique-se de escolher uma VPN que ofereça servidores próximos à China continental. A maioria das VPNs (incluindo as opções desta lista) não disponibiliza servidores na China continental porque o governo as desativaria ou forçaria os provedores a fornecer dados de usuários, o que as tornaria inseguras.

No entanto, você ainda pode obter altas velocidades conectando-se a localizações próximas (como Hong Kong, Coreia do Sul e Taiwan). Todas as VPNs desta lista oferecem servidores próximos à China continental, os quais recomendo usar para manter sua perda de velocidade reduzida a um nível mínimo.

Quais sites e apps uma VPN para China pode me ajudar a desbloquear?

Uma VPN confiável pode ajudar a desbloquear qualquer site ou app que você quiser. Isso inclui Google, Facebook, YouTube, Instagram, New York Times, Netflix, Hulu, Skype, WhatsApp e muito mais. Nem toda VPN oferece uma segurança suficientemente robusta para desbloquear esses sites na China, entretanto. Porém, uma VPN que ofereça ofuscação comprovadamente eficaz na China garantirá o nível de acesso mais confiável a apps, mídias sociais e outros sites.

Obtenha a melhor VPN China hoje mesmo

Encontrar uma VPN confiável que funcione na China pode ser difícil, pois a China reforçou sua repressão contra VPNs. O Grande Firewall permite apenas VPNs aprovadas pelo governo na China, as quais são fortemente monitoradas.

Felizmente, há algumas VPNs independentes que comprovadamente funcionam no país. Todas as VPNs desta lista são projetadas para funcionar em redes restritivas. Além disso, elas protegerão seus dados confidenciais e sua privacidade.

O ExpressVPN é sem dúvidas a opção mais confiável de VPN para China que testamos. Todas as suas conexões são automaticamente ofuscadas, e ele disponibiliza vários servidores próximos que contam com manutenção periódica para garantir que funcionem de maneira confiável na China. Além disso, ele é assegurado por uma garantia de reembolso de 30 dias, portanto você pode testar o ExpressVPN sem riscos. Se não ficar satisfeito, você pode solicitar o reembolso integral dentro do período de garantia.

Para resumir, as melhores VPNs para China são…

Posição
Provedor
Nossa pontuação
Desconto
Visitar site
1
medal
9.9 /10
9.9 Nossa pontuação
Economize 49%!
2
9.7 /10
9.7 Nossa pontuação
Economize 59%!
3
9.5 /10
9.5 Nossa pontuação
Economize 85%!
4
9.4 /10
9.4 Nossa pontuação
Economize 82%!
5
9.3 /10
9.3 Nossa pontuação
Economize 67%!
Alerta de privacidade!

Seus dados estão sendo expostos aos sites que você visita!

Seu endereço IP:

Sua localização:

Seu provedor de Internet:

As informações acima podem ser usadas para rastreá-lo, direcionar anúncios para você e monitorar o que você faz online.

As VPNs podem ajudá-lo a ocultar essas informações dos sites para que você esteja protegido o tempo todo. Recomendamos a ExpressVPN — a VPN nº 1 entre mais de 350 provedores que testamos. Ela possui criptografia de nível militar e recursos de privacidade que vão garantir sua segurança digital, e mais — ela está oferecendo atualmente 49% de desconto.

Visite a ExpressVPN

Avaliamos os fornecedores com base em testes e pesquisas rigorosos, mas também levamos em consideração seu feedback e nosso programa de afiliados com os fornecedores. Alguns fornecedores são de propriedade da nossa matriz.
Saiba mais
O vpnMentor foi criado em 2014 como um site independente que avalia serviços de VPN e cobre histórias relacionadas à privacidade. Hoje, nossa equipe de centenas de pesquisadores, redatores e editores de cibersegurança continua ajudando os leitores a lutar por sua liberdade online em parceria com a Kape Technologies PLC, que também é proprietária dos seguintes produtos: ExpressVPN, CyberGhost e Private Internet Access, os quais podem ser classificados e avaliados ​​neste site. As avaliações publicadas no vpnMentor são consideradas precisas na data de cada artigo e escritas de acordo com nossos rígidos padrões de avaliação que priorizam a análise independente, profissional e honesta do avaliador, levando em consideração as capacidades técnicas e qualidades do produto juntamente com seu valor comercial aos usuários. As classificações e avaliações que publicamos também podem levar em consideração a propriedade comum mencionada acima e as comissões de afiliados que ganhamos por compras efetuadas através de links em nosso site. Não avaliamos todos os provedores de VPN, e acreditamos que as informações sejam precisas na data de cada artigo.

Sobre o autor

Adriano é fã de tecnologia e graduado pela Universidade Católica de Santos. Ele acredita que a privacidade online é fundamental para quem quer desfrutar a verdadeira liberdade na internet.

Gostou desse artigo? Avalie!
Eu detestei Eu não gostei Achei razoável Muito bom! Eu adorei!
de 10 - votado por usuários
Obrigado pelo seu feedback.