Como acelerar Torrents e impedir estrangulamento da velocidade – Guia passo a passo

Speed up torrents

Alguma vez você já experimentou um cenário em que a Internet parece estar funcionando perfeitamente bem enquanto usa uma infinidade de aplicativos, mas é frustrantemente lenta quando se trata de baixar torrents? Você não é o único.

Muitos provedores de serviços de Internet (ISPs) abrandam as suas conexões Peer to Peer deliberadamente. O Peer to Peer (P2P) permite que dois ou mais dispositivos de computador compartilhem arquivos e recursos sem precisar de um computador servidor separado.

Os ISPs configuram a quantidade de largura de banda que você pode usar, o que impede o download de torrents grandes ou streaming de vídeos em alta definição online.

Esta técnica, que classifica o tráfego da Web em várias categorias e depois o desacelera dependendo da fonte, é conhecida como Limitação. Às vezes, também é referido como Bandwidth Shaping (Modelagem do Tráfego).

Por que os ISPs abrandam a velocidade da sua largura de banda?

Há muitas razões pelas quais os ISPs fazem isso. Geralmente, é para diminuir o congestionamento na rede e reduzir a quantidade de dados que os seus sistemas processam ao mesmo tempo.

Com essa abordagem, eles não precisam atualizar os seus equipamentos existentes para atender ao aumento da demanda de dados. No entanto, na maioria das vezes, os ISPs apenas bloqueiam o tráfego proveniente de determinadas fontes, especialmente dos torrents.

Os Torrents usam uma grande quantidade de largura de banda em sua rede. Cerca de 40% do tráfego total de Internet em 2004 veio apenas de torrents. Ainda hoje, os torrents contribuem para mais de 6% do tráfego global de Internet.

Os arquivos de Torrent podem ser enormes (40 GB ou mais) e são muito maiores do que outros arquivos que você geralmente baixa. Ao cortar a sua velocidade, os provedores de serviços de Internet reduzem a carga sobre a capacidade fixa de largura de banda.

Infelizmente, há muitas pessoas que baixam material protegido por direitos autorais em torrents. Como resultado, muitos grupos jurídicos – como a Recording Industry Association of America (RIAA) e a Motion Picture Association of America (MPAA) – pressionam os ISPs para bloquear as atividades do torrent. Assim, ao controlar a largura de banda, os provedores de serviços de Internet podem cobrar por planos superiores sem ponto de estrangulamento.

Como o controle de largura de banda funciona?

Cada bit de dados que você envia e recebe passa por seu ISP. Eles têm acesso direto a todos os dados que você transmite. Então, usando uma tecnologia chamada Deep Packet Inspection, eles analisam pacotes individuais dos seus dados.

Com o Deep Packet Inspection eles podem determinar para onde os dados estão indo, o tipo deles e o site ao qual pertencem. Com base nos tipos de dados, os ISP seletivamente filtram os dados e os classificam em diferentes categorias.

Uma vez que os ISPs inspecionam o seu comportamento na Internet, eles diminuem os tipos de dados de largura de banda em particular, como torrents ou streaming de vídeo de alta definição.

Como parar o bloqueio da largura de banda e acelerar os torrents

Contornando a diminuição da velocidade de tráfego do ISP no Windows

  1. Clique no menu Iniciar e abra o prompt de comando (cmd). Isso abrirá o “Local Group Policy Editor”.
  2. Conecte esse padrão: Configuração do computador > Modelos administrativos > Rede > Planejador de pacotes QoS > Limite a largura de banda reservável.
  3. Defina o limite de largura de banda (%) para 0 e clique em ‘OK’.
  4. Clique em “Alterar Configurações do Adaptador” no menu à esquerda. Em seguida, clique com o botão direito do mouse em “Conexão de área local” e abra as suas propriedades.
  5. Verifique o protocolo interno versão 4
  6. Clique em Propriedades e, em seguida, clique na guia Geral. Agora, modifique as configurações do servidor DNS conforme mostrado abaixo.

Servidor DNS preferido: 8.8.8.8

Servidor DNS alternativo: 8.8.4.4

Depois de fazer isso, você verá um aumento considerável na velocidade da Internet.

Uma das formas mais populares de impedir que os ISPs diminuam a velocidade da sua largura de banda é usando uma VPN. As VPN criptografam todos os dados que saem e entram no seu computador, o que torna os dados ilegíveis para os ISPs. Se você estiver procurando por uma VPN, verifique se:

  • O seu ISP não deve manter registros da sua atividade de VPN.
  • A sua VPN deve lhe oferecer um kill switch que vai cortar a sua conexão com a Internet caso a VPN falhe.

(Veja aqui outras oito coisas que você deve procurar em uma VPN.)

Contornar a diminuição da velocidade de tráfego no iPhone/Android

A melhor opção para contornar a diminuição da velocidade de banda nos smartphones é usar um serviço VPN. Ela desabilita qualquer restrição que seu ISP coloque na sua velocidade na Internet e estabiliza a sua conexão de rede. Você pode seguir as seguintes etapas para melhorar a velocidade da Internet.

  1. Escolha um serviço VPN que seja confiável. Você pode ver nossa lista de melhores VPNs que recomendamos aqui.
  2. Vá para o site oficial da VPN e inscreva-se nos seus serviços.
  3. Baixe o aplicativo em seu iPhone/dispositivo Android.
  4. Em seguida, conecte-se ao servidor de VPN apropriado.

Além disso, os dispositivos Android oferecem uma opção para ativar o “Modo de economia de dados”, o que reduzirá o uso geral de largura de banda, aumentando as velocidades da Internet.

Para habilitar, siga estes passos

  • Abra o seu navegador e clique em “Configurações”
  • Encontre a opção “Data Saver” e ative-a

O uso de VPNs é uma das formas mais fáceis e eficazes de ultrapassar o problema dos torrents com diminuição de tráfego.

Muitos ISPs controlam a sua atividade de navegação em prol deles próprios, o que é moralmente incorreto e uma grande preocupação para muitos usuários de Internet. Portanto, temos algumas formas de ignorar a limitação da largura de banda com VPNs e recuperar a velocidade da Internet.

 

 

Alerta de privacidade!

Seus dados estão sendo expostos aos sites que você visita!

Seu endereço IP:

Sua localização:

Seu provedor de Internet:

As informações acima podem ser usadas para rastreá-lo, direcionar anúncios para você e monitorar o que você faz online.

As VPNs podem ajudá-lo a ocultar essas informações dos sites para que você esteja protegido o tempo todo. Recomendamos a NordVPN — a VPN nº 1 entre mais de 350 provedores que testamos. Ela possui criptografia de nível militar e recursos de privacidade que vão garantir sua segurança digital, e mais — ela está oferecendo atualmente 68% de desconto.

Visite a NordVPN

Isto foi útil? Compartilhe.
Gostou desse artigo? Avalie!
Eu detestei Eu não gostei Achei razoável Muito bom! Eu adorei!
Votado por usuários
Comentar O comentário deve ter de 5 a 2.500 caracteres.
Obrigado pelo seu feedback.