Roteadores VPN: o que são e como instalar (em tempo recorde)

Configurar seu roteador com uma VPN não é tão complicado quanto você pensa. Se você deseja obter uma proteção descomplicada para uma rede inteira de dispositivos conectados, essa medida vale totalmente a pena.

Seja em sua casa, escritório ou empresa, um roteador VPN pode oferecer os diversos benefícios de uma conexão VPN para quantos usuários você desejar.

De uma criptografia robusta e segura e fácil desbloqueio do Netflix ao acesso a ótimas promoções regionais e até mesmo à melhora das suas velocidades de internet, o potencial é infinito – e a melhor parte é que você pode compartilhar esses benefícios facilmente.

Caso esteja usando um serviço de VPN, você provavelmente sabe que já pode fazer tudo o que foi exposto acima através de apps e programas simples. Portanto, qual é o verdadeiro atrativo dos roteadores VPN, e por que você deveria se empenhar para configurar um deles?

Neste guia, você encontrará as respostas para essas importantes questões, além de muitas outras. Fique com a gente, pois ainda temos algumas ótimas sugestões de VPNs que oferecem configurações simples para roteadores!

Se você quiser pular rapidamente para alguma seção específica deste guia, fique à vontade para usar a tabela abaixo:

Índice

Por que você (talvez) precisa de um roteador VPN

Antes de começarmos, vamos esclarecer algo: o objetivo final de um roteador VPN é exatamente o mesmo de quando você abre sua aplicação VPN desktop ou mobile. A grande diferença consiste na escala.

O que queremos dizer com isso? Bem, caso já faça uso de uma VPN premium (como ExpressVPN  ou NordVPN ), você provavelmente sabe como é fácil criptografar sua conexão e permanecer seguro na internet. Porém, isso se estende somente à quantidade de conexões permitidas pelo seu provedor – e apenas para seus próprios dispositivos.

Limites são limites. No entanto, os roteadores VPN oferecem uma solução para esse problema potencial. Além disso, existem outras vantagens exclusivas em obter sua proteção de VPN “diretamente da fonte”.

Confira uma lista do que os roteadores VPN podem fazer por você:

  • Possibilitam conexões ilimitadas.
    Ao conectar-se a servidores VPN através do seu roteador, você pode usar quantos dispositivos desejar. Além disso, você pode compartilhar a conexão criptografada com amigos e convidados sem precisar se preocupar com o compartilhamento da conta (o que é quase sempre proibido nos termos de serviço dos provedores de VPN).
  • Permitem maior flexibilidade às plataformas.
    Você possui uma Smart TV? Ou talvez um console de streaming, como Apple TV, Amazon Fire TV ou Chromecast? Infelizmente, esses dispositivos não oferecem suporte nativo para VPNs.
    A boa notícia é que você ainda poderá adicioná-los à lista de dispositivos protegidos, bastando conectá-los a um roteador VPN. Embora alguns dos melhores provedores ofereçam serviços específicos para essas plataformas (como o ExpressVPN e seu DNS para MediaStreamer), os roteadores VPN são a melhor opção, caso você queira obter criptografia e acesso global aos seus programas favoritos.
  • Apenas um login necessário – para sempre.
    Muitas pessoas costumam se esquecer de fazer login em suas VPNs ou configurar os clientes para execução automática na inicialização do sistema.
    Depois de configurar seu roteador VPN, você não precisará se preocupar com nada disso – basta fornecer suas credenciais de login uma única vez para deixar tudo pronto pelo tempo que você desejar! Se você sempre usa uma VPN em múltiplos dispositivos, essa é uma solução prática e eficiente.
  • Mantenha a conexão VPN disponível 24/7.
    Caso possua um servidor VPN favorito que use constantemente, você poderá permanecer o tempo todo conectado a ele (desde que seu roteador esteja ligado). Embora isso possa ser facilmente executado por meio de recursos de conexão automática nos clientes de VPN, os roteadores VPN oferecem uma maneira ainda mais simples, juntamente com os outros benefícios destacados acima.

No entanto, existem algumas desvantagens nos roteadores VPN que você deve conhecer:

  • Roteadores VPN são (geralmente) caros.
    Na maioria dos casos, um roteador VPN não é um investimento barato. Você precisa dos recursos e especificações adequados para executar um software de VPN em um roteador, e isso costuma significar que os dispositivos básicos não poderão cumprir a tarefa.
    Existem formas de gastar menos ou evitar problemas – como fazer o upgrade do seu roteador com um firmware avançado (SE ele for adequado) ou adquirir um roteador com suporte para VPNs, caso você esteja precisando de um roteador novo. Falaremos mais sobre isso em breve.
  • Mais dispositivos conectados podem reduzir o desempenho.
    O nível de carga do servidor é muito importante para o desempenho da sua VPN. Se você escolher seus servidores com cuidado, esse não será um grande problema – porém, lembre-se de que, quanto mais conexões você mantiver, maiores serão as chances de redução da velocidade da sua internet.
    Neste caso, o fator mais importante é sua própria conexão de internet, mas escolher a VPN ideal também é um grande fator.
  • Menor flexibilidade de servidores.
    Digamos que você possui duas localizações de VPN favoritas, as quais alterna regularmente. Com seu cliente VPN, é fácil fazer isso com apenas alguns cliques, mas um roteador VPN não costuma ser tão flexível – você ficará limitado ao servidor escolhido durante a configuração, e, caso queira trocá-lo, será preciso fazer a alteração através da interface do roteador.
    Alguns roteadores permitem configurar mais de um servidor, mas sua facilidade de uso não é igual à dos apps das VPNs – não ainda, pelo menos.

Como você pode ver, existem tanto pontos positivos quanto negativos em adquirir um roteador VPN. Porém, há algumas poucas situações em que os pontos positivos superam os pontos negativos por ampla margem.

Quando considerar um roteador VPN

Como mencionamos anteriormente, os roteadores VPN podem ser uma ótima ideia, caso você deseje privacidade e segurança online em maior escala.

Vamos analisar nosso amigo imaginário, Pedro. Pedro é dono de uma cafeteria badalada que atrai centenas de clientes ávidos diariamente com seus incríveis drinks e uma rede Wi-Fi ultrarrápida.

Agora, Pedro não quer precisar se preocupar com hackers ou ladrões de identidade na rede. Ele deseja garantir que seus clientes estejam seguros online, pois isso é bom para os negócios.

Dessa forma, Pedro investiu em um roteador VPN, que oculta os dados confidenciais de todos os usuários conectados e permite que os visitantes desfrutem um bom café ou um delicioso smoothie enquanto navegam na web tranquilamente.

Sara, por outro lado, está abrindo uma startup. Um departamento de cibersegurança está além do orçamento dela no momento, portanto, a próxima melhor opção para sua nova empresa é um roteador VPN para manter a organização segura online e oferecer privacidade adicional.

O mundo está repleto de Pedros e Saras – e, talvez, você esteja nessa mesma situação! Nesse caso, você definitivamente deve considerar o uso de um roteador VPN em seu espaço social ou ambiente corporativo de pequena escala.

Não queremos enganar ninguém – portanto, esclarecemos que você talvez não precise da escala e do alcance de um roteador VPN. Um exemplo é se você usa uma VPN principalmente sozinho e para si mesmo. O mesmo se aplica se você for um usuário casual que usa sua VPN apenas de vez em quando.

Além disso, vale notar que nem todos os serviços de VPN possuem as configurações e o suporte necessários para uso com roteadores. Se você faz uso de alguma VPN grátis que seja básica, é provável que não conseguirá fazê-la funcionar com seu roteador, ou, pior ainda – você poderá acabar quebrando seu roteador e criando uma grande dor de cabeça.

Se você tem certeza de que deseja passar a usar um roteador VPN (ou simplesmente deseja obter o serviço de VPN com a maior qualidade disponível), recomendamos que confira os melhores provedores de VPN, como ExpressVPN e NordVPN. Com todos os excelentes recursos e ótimo descontos oferecidos por eles, você perceberá rapidamente por que eles são chamados de VPNs premium – mas dificilmente notará seus preços.

Como adquirir um roteador VPN

Normalmente, existem duas opções quando se trata de roteadores VPN – adquirir um dispositivo com suporte integrado para VPNs ou fazer o upgrade do seu próprio roteador, caso ele permita (também conhecido como “flashing”). Isso resulta em três tipos principais de roteadores VPN – roteadores compatíveis com VPNs, roteadores pré-configurados e roteadores “flasheados”.

Confira um resumo de cada tipo, além de alguns indicadores úteis:

1. Roteadores compatíveis com VPNs

Quando: ao comprar um roteador melhor e desejar economizar algum dinheiro com o custo do tempo de configuração.

Por quê: você deseja um roteador VPN sem precisar “flashear” ou pagar um valor adicional para configurá-lo.

O que procurar: firmware intuitivo e suporte nativo para OpenVPN.

Se você decidiu que chegou a hora de adquirir um roteador novo, mas ainda não decidiu qual dispositivo comprar, optar por um aparelho com suporte integrado para VPN é a escolha certa. Como o firmware permitirá conexões VPN, o processo de configuração se reduzirá simplesmente a digitar o servidor VPN e inserir seus dados de login.

Embora a maioria dos roteadores com suporte para VPNs possua tudo o que precisa para funcionar sem problemas em conjunto com seu serviço de VPN, é uma boa ideia verificar se seu roteador escolhido oferece suporte ao protocolo OpenVPN, pois ele é considerado como a opção mais segura atualmente.

Recomendamos escolher o OpenVPN sempre que você usar um serviço de VPN, independentemente da plataforma – para saber o porquê, confira nosso comparativo de protocolos de VPN.

2. Roteadores pré-configurados

Quando: ao adquirir um roteador melhor e desejar a configuração mais rápida com mínimo esforço – mesmo que isso custe mais.

Por quê: você deseja adquirir um roteador que ofereça suporte para VPNs nativamente, e não se importa de pagar um valor maior pela sua configuração.

O que procurar: fornecedores renomados.

Os roteadores pré-configurados, ou “pré-flasheados”, são a opção mais cara de roteador VPN, mas você obterá um dispositivo completamente operacional pelo valor pago.

Principal bônus desse tipo de facilidade de uso – como também pode escolher para qual serviço de VPN deseja que o roteador esteja preparado, você praticamente não precisará fazer nada além de escolher seu servidor preferido durante a configuração.

No entanto, existem grandes desvantagens nos roteadores VPN “pré-flasheados”.

Além do preço bastante alto, não é fácil encontrar variedade nos fornecedores confiáveis. Empresas como a Flashrouters vêm oferecendo um serviço de confiança ao longo dos anos, mas tome cuidado com sites fraudulentos.

Outra desvantagem é o fato de que, na maioria das vezes, a única forma de adquirir um roteador VPN pré-configurado é online – dependendo de onde você mora, essa pode não ser uma opção com bom custo-benefício, devido aos custos de envio e às dificuldades de devolução, caso haja algum problema com seu dispositivo.

3. Roteadores VPN “flasheados” manualmente

Quando: ao fazer o upgrade do seu roteador atual e desejar a forma mais economicamente acessível de aprimorá-lo.

Por quê: você deseja um roteador VPN, não tem interesse em comprar um dispositivo novo e está confiante nas suas habilidades para realizar a configuração.

O que procurar: guias úteis e informações a respeito do seu roteador e da capacidade dele de oferecer suporte a firmwares avançados.

“Flashear” seu roteador é uma tarefa desafiadora que exige algumas pesquisas, mas ela não é tão difícil ou arriscada quanto parece. Se você prefere tornar seu roteador adaptado para VPN por conta própria, sem precisar gastar uma pequena fortuna em um roteador novo, esta é a forma ideal.

Conforme mencionamos, “flashear” significa instalar um firmware avançado no seu roteador. Os dois tipos mais populares de firmware são o DD-WRT e o Tomato – ambos possuem pontos positivos.

Confira um resumo do que você deve saber sobre esses dois tipos de firmware. O DD-WRT é a opção mais versátil, pois oferece suporte a 80+ marcas de roteadores – incluindo modelos de entrada como TP-Link, Tenda e D-Link.

O firmware Tomato é compatível com uma variedade muito mais limitada de roteadores, mas normalmente funciona melhor com o OpenVPN, além de incluir recursos exclusivos (como permitir a execução simultânea de dois servidores VPN) e ser amplamente considerado como detentor de uma interface mais limpa que o DD-WRT.

No final das contas, sua escolha de firmware dependerá do roteador que você possui. Seja qual for o caso, nossa orientação é que você se certifique de que seu roteador seja adequado à tarefa, através da verificação do banco de dados do DD-WRT e/ou das listas de roteadores que oferecem suporte ao Tomato ANTES de iniciar o processo de “flashing”. Caso contrário, haverá um grande risco de danificar seu roteador a ponto de não ser possível consertá-lo.

Serviços de VPN ideais para seu roteador VPN

Agora que você conhece os tipos de roteadores VPN disponíveis, vamos falar sobre os serviços de VPN com os quais eles podem ser associados.

Escolher o provedor de VPN certo é tão importante quanto optar por um roteador adequado. Tomar a decisão correta garante que você seja capaz de adicionar a proteção da VPN sem muitos problemas, mas isso não significará muito se a própria VPN for problemática.

Como fazer para evitar esse problema? Confiando na VPN certa para o serviço.

Seja qual for a plataforma, há alguns critérios que sua VPN deve cumprir. Velocidade, servidores confiáveis e privacidade garantida são igualmente importantes.

Como todo o seu tráfego será transmitido através da combinação VPN+roteador, você deve se certificar de que a conexão seja suficientemente rápida para atender às suas atividades cotidianas online – da navegação casual e streaming em HD aos seus downloads e jogos.

Caso tenha experiência em contornar bloqueios geográficos, você também sabe a importância da diversidade de servidores – portanto, considere uma boa variedade de localizações VPN ao redor do mundo para obter acesso aos seus streams e serviços favoritos.

Por fim, sua VPN deve operar seguindo uma política antilogs, caso você leve sua privacidade online a sério (dica: você deveria). Desempenho é crucial, mas o mesmo vale para segurança – motivo pelo qual muitos usuários optam por uma VPN antes de mais nada.

Há ainda recursos de VPN específicos para roteadores que você irá considerar úteis. Eles variam desde tutoriais detalhados de configuração até firmwares customizados que você pode baixar a partir do site do provedor e usar para “flashear” seu roteador, tornando-o compatível com VPNs.

Lembre-se de que nem todos os serviços de VPN são ideais para associar com um roteador. Se você precisar de sugestões, confira os seguintes provedores:

1. ExpressVPN

ExpressVPN benefits

O ExpressVPN é um provedor de ponta que oferece os servidores mais rápidos do mercado. Ele também apoia a privacidade, pois não armazena logs confidenciais de usuários, e desbloqueia tudo o que você possa imaginar, desde o Netflix EUA até seu canal de notícias local com bloqueio geográfico.

Um benefício exclusivo deste serviço é sua variedade de apps de VPN customizados para diversos roteadores da Asus, Linksys e Netgear, o que torna a configuração ainda mais simples, caso você possua o modelo correspondente.

Mesmo que esse não seja o caso, esta VPN ultrarrápida pode ser configurada manualmente em diversas marcas de roteadores, por meio da assistência de práticos tutoriais passo a passo.

O ExpressVPN oferece roteadores “pré-flasheados”, além de guias de configuração detalhados , para todos os roteadores suportados, incluindo os firmwares DD-WRT e Tomato. Para saber mais sobre o ExpressVPN e sua reputação, confira as avaliações dos usuários em nosso site.

Caso haja algum problema, o ExpressVPN inclui garantia de reembolso de 30 dias, bem como uma política de não questionamentos.

Adquira o ExpressVPN agora

2. NordVPN

NordVPN devices

O NordVPN é outro provedor premium que oferece um incrível valor pelo seu preço.

Esta VPN sediada no Panamá conta com 5.100+ servidores, uma rigorosa política antilogs e criptografia AES-256 OpenVPN com recurso Perfect Forward Secrecy, mas sua excelente segurança não quer dizer que ela não seja veloz.

Com atualizações de serviço frequentes, guias úteis de configuração para diversos roteadores e recursos práticos, como acesso a informações de carga de servidores, o NordVPN é uma ótima opção para seu roteador VPN – por um preço que poucos conseguem superar.

O NordVPN oferece orientações detalhadas para configuração em roteadores, juntamente com uma variedade de roteadores pré-configurados. Na página de tutoriais, você encontrará instruções para diversos firmwares, incluindo DD-WRT, Tomato, pfSense e OpenWRT. Para mais informações sobre esta versátil VPN, confira a opinião dos usuários a respeito dela.

O NordVPN oferece e garantia de reembolso de 30 dias, para que você possa testá-lo com seu roteador antes de investir em um plano de longo prazo.

Adquira o NordVPN agora

3. SaferVPN

safervpn-devices

Por fim, o SaferVPN é uma alternativa decente com roteadores “pré-flasheados” e guias manuais  para 20 diferentes firmwares de roteadores. Caso seja a primeira vez que você ouve falar desta VPN robusta, descubra mais detalhes conferindo a avaliação dos usuários.

Adquira o SaferVPN agora

Conclusão

Instalar uma VPN no seu roteador não precisa ser uma tarefa complexa, mesmo que você opte pela configuração manual. Escolhendo o provedor adequado, você receberá todas as orientações necessárias para fazer a instalação corretamente.

Agora, você conhece os benefícios e detalhes dos roteadores VPN, além dos melhores serviços de VPN para realizar a tarefa. Para obter os melhores preços, não deixe de acessar nossa página de ofertas e cupons. Boa sorte!

Leitura adicional:

As melhores VPNs corporativas

Como tornar uma VPN indetectável e contornar bloqueios de VPN

Verificação de vazamentos de VPN – como diagnosticar e corrigir vazamentos de DNS

Dicas para resolução de problemas com VPNs

Isto foi útil? Compartilhe.
Espere! A Nord oferece 75% de desconto em suas VPNs.