Os anúncios exibidos neste site são de empresas a partir das quais este site é remunerado. Leia a Declaração de Publicidade para mais informações.
Aviso legal:
Avaliações profissionais

vpnMentor contém avaliações escritas por nossa comunidade de avaliadores, as quais são baseadas na análise independente e profissional dos produtos/serviços por parte de cada avaliador.

Propriedade

O vpnMentor é de propriedade da Kape Technologies PLC, que detém os seguintes produtos: ExpressVPN, CyberGhost, ZenMate, Private Internet Access e Intego, os quais podem ser avaliados neste site.

Comissões de afiliados Publicidade

vpnMentor contém análises que foram escritas por nossos especialistas e seguem rígidos padrões de revisão, incluindo padrões éticos, que adotamos. Esses padrões exigem que cada análise seja baseada em uma inspeção independente, honesta e profissional do revisor. Dito isto, podemos ganhar uma comissão quando um usuário conclui uma ação usando nossos links. Isso, no entanto, não afetará a avaliação, mas poderá afetar as classificações. As classificações são determinadas com base na satisfação do cliente de vendas anteriores e da compensação recebida.

Diretrizes de avaliações

As avaliações publicadas no vpnMentor são escritas por especialistas que examinam os produtos de acordo com nossos rigorosos padrões de avaliação. Tais padrões garantem que cada avaliação seja baseada na análise independente, profissional e honesta do avaliador, e leva em consideração as capacidades técnicas e qualidades do produto, juntamente com seu valor comercial aos usuários. Os rankings que publicamos podem levar em consideração as comissões de afiliados que recebemos por aquisições efetuadas através de links em nosso site.

10 melhores adblocker para Chrome, Safari e outros em 2023

Muitos bloqueadores de anúncios são ineficazes e alguns podem até ser perigosos. Eles frequentemente falham em bloquear pop-ups, banners e anúncios de vídeo no YouTube que podem atrasar os tempos de carregamento e desperdiçar largura de banda. Ainda pior, alguns são conhecidos por rastrear seus dados, vendê-los para terceiros e até mesmo infectar seu dispositivo com malware.

Porém, testei 30+ opções de bloqueador de anúncios com uma ferramenta online e encontrei algumas opções confiáveis. Minha lista de bloqueadores de anúncios recomendados permite que você navegue, transmita e baixe e envie torrents sem interrupções. Acima de tudo, eles fazem tudo isso sem comprometer sua segurança.

O recurso Block Content (Bloquear conteúdo) do CyberGhost é a melhor solução para bloquear anúncios. Ele é mais poderoso que um bloqueador de anúncios comum, pois também impede que sites e links maliciosos infectem seu dispositivo, seja ele desktop ou móvel. Além disso, o CyberGhost oferece seu próprio navegador privado para ajudar a reforçar sua proteção contra anúncios. Você pode testar o CyberGhost gratuitamente por meio de sua garantia de reembolso de 45 dias. Caso não fique satisfeito, você pode solicitar o reembolso facilmente.

Bloqueie anúncios com o CyberGhost

Está com pouco tempo? Aqui estão as melhores opções de bloqueador de anúncios em Janeiro 2023

  1. Block Content do CyberGhost — bloqueador de anúncios e malware altamente eficiente, principalmente quando combinado com seu navegador privado. Além disso, a criptografia VPN oculta seus dados pessoais de trackers e anunciantes em dispositivos móveis e desktop.
  2. Brave Browser — navegador privado gratuito com bloqueador de anúncios e trackers integrado, além de um mecanismo de busca livre de anúncios que não rastreia suas pesquisas. Porém, seu programa de anúncios autopromocionais com inscrição opcional tem sido objeto de controvérsia.
  3. Private Internet Access MACE — bloqueia eficazmente anúncios e trackers no nível do DNS, combinado à privacidade e segurança robustas de uma VPN. Disponível para navegadores e dispositivos móveis e desktop.
  4. uBlock Origin — extensão grátis que bloqueia 89% dos anúncios e trackers, incluindo mastheads, pop-ups e banners de anúncio. Às vezes, bloqueia conteúdo não publicitário por engano.
  5. Opera Browser — navegador veloz, privado e gratuito com bloqueador de anúncios e trackers integrado que bloqueia 100% dos anúncios no YouTube, mas deixa alguns passarem em outros sites.

E mais 5 bloqueadores de anúncios confiáveis

Melhores opções de bloqueador de anúncios – análise completa (atualizado em 2023)

1. Block Content do CyberGhost — melhor opção geral para bloquear anúncios, trackers e malware

  • Recurso Block Content (Bloquear conteúdo) impede anúncios e malware
  • Criptografa seus dados e oculta seu IP de trackers e anunciantes para garantir máxima privacidade
  • Política antilogs (no-logs policy) assegura que ele não armazena nenhum de seus dados de navegação
  • Navegador privado Private Browser baseado no Chromium melhora seu bloqueio de anúncios e sua privacidade
  • Compatível com: Windows, Mac, iOS, Android, Android TV, dispositivos Fire e mais
  • Aplicativo de Windows disponível em português
Oferta de Janeiro 2023: o CyberGhost está atualmente oferecendo 84% de desconto em seu plano mais popular! Aproveite esta oferta agora mesmo e economize mais em sua assinatura do CyberGhost.

O CyberGhost VPN oferece seu recurso Block Content (Bloquear conteúdo) para manter suas sessões online livres de interrupções. Quando você o habilita, ele bloqueia os domínios DNS de anúncios, malware e trackers. Dessa forma, suas sessões de navegação, seu dispositivo e sua privacidade permanecem todos protegidos ao mesmo tempo. Diferentemente das extensões de bloqueador de anúncios, ele impede anúncios em todos os apps no seu dispositivo — e não apenas no seu navegador.

Como o CyberGhost criptografa seus dados e oculta seu endereço IP, ele impede que anunciantes rastreiem você. Isso significa que você pode navegar livre de anúncios "personalizados” irritantes. Durante meus testes, fiz um teste de vazamento de IP, e não havia nenhum vazamento. Isso quer dizer que anunciantes e os sites que você acessa não poderão associar suas atividades online a você. Note que o CyberGhost VPN disponibiliza mais de 115 localizações de servidores, inclusive em São Paulo e Lisboa, e conta com servidores otimizados para Netflix EUA, BR e outras bibliotecas, bem como para Disney+, Amazon Prime, Fox Sports e mais.

Você pode bloquear ainda mais anúncios e melhorar sua privacidade com o CyberGhost Private Browser (disponível para Windows, Mac e iOS). Ele é baseado no Chromium e vem com um bloqueador de anúncios integrado, além de não rastrear seus dados. Ele também usa o mecanismo de busca DuckDuckGo por padrão e limpa seus cookies e dados toda vez que você fecha o navegador. Quando combinei o Private Browser com o CyberGhost VPN, bloqueei 90% dos anúncios e trackers.

O único ponto negativo é que seu recurso Block Content (Bloquear conteúdo) não está disponível no iOS (mas está incluso nos apps de Windows, Mac, Android e FireStick). Porém, você pode usar o CyberGhost Private Browser no iOS. Descobri que vale a pena combinar ambos quando possível — essa combinação impediu mais anúncios/trackers/malware do que qualquer outro bloqueador de anúncios que testei e oferece todas as funcionalidades do Chrome.

Os plano de longo prazo oferecem excelente custo-benefício — você pode assinar a partir de apenas $2,19/mês (e o Private Browser vem incluso). Fique de olho nas ofertas especiais — quando me cadastrei, ganhei 3 meses adicionais gratuitamente. Este plano oferece os mesmos recursos dos planos de curto prazo, mas é assegurado por uma garantia de reembolso de 45 dias (os planos de curto prazo oferecem apenas 14 dias).

Fazendo uso da garantia de reembolso, você pode testar o CyberGhost sem riscos. Se não ficar totalmente satisfeito, solicite o reembolso facilmente. Testei essa política após 32 dias de uso e solicitei o reembolso através do chat 24/7 em tempo real. Após uma conversa rápida, o agente aceitou o pedido — e recebi o dinheiro de volta na minha conta em quatro dias.

Bloqueie anúncios com o CyberGhost

2. Brave Browser — navegador privado com bloqueador de anúncios integrado

  • Bloqueia anúncios e trackers para uma experiência de navegação mais privada
  • Limpa páginas web e acelera tempos de carregamento
  • Migra facilmente seus favoritos, configurações e extensões do Chrome
  • Mecanismo de busca padrão anônimo e livre de anúncios
  • Compatível com: Windows, Mac, iOS, Android, Chrome OS e Linux

O navegador Brave conta com um bloqueador de anúncios e trackers integrado que é excelente em remover anúncios durante sua navegação. Durante meus testes, o Brave bloqueou 88% dos anúncios e trackers. Ele também impediu 100% dos anúncios de vídeo no YouTube — no entanto, ele deixou passar um pop-up para o YouTube premium. Também gostei do fato de que as janelas recém-abertas mostram quantos anúncios/trackers foram bloqueados.

Screenshot showing the homepage of Brave browser which states how many ads Brave has blockedTenho usado o navegador Brave há menos de 2 meses, e ele já bloqueou mais de 5.000 anúncios e trackers

Seu mecanismo de busca padrão é livre de anúncios e oferece algum grau de anonimato à sua navegação. Quando você usa a barra de pesquisa, a lista de resultados parece similar à do Google, mas sem anúncios e links patrocinados. Diferentemente do Google, ele não rastreará sua navegação — portanto você sabe que seus dados não serão vendidos, compartilhados com terceiros ou usados para criar anúncios segmentados.

Ele é grátis para baixar, e você pode importar seus favoritos, configurações e extensões do Chrome com poucos cliques. O Brave perguntará se você quer fazer isso durante a instalação. A migração é simples, pois o Brave é baseado no Chromium, portanto sua aparência e funcionalidade são similares ao Chrome. Suas páginas web pages ficarão mais limpas e serão carregadas mais rapidamente — sem todos aqueles anúncios irritantes.

Há controvérsias em torno do programa de anúncios que o Brave usa para lucrar. Você pode optar por receber alguns anúncios do Brave em troca de criptomoedas. O programa não é de adesão automática, porém: se você não quiser fazer parte dele, não precisa.

Bloqueie anúncios com o Brave

3. Private Internet Access MACE — bloqueia anúncios, trackers e malware em todo o seu dispositivo

  • MACE protege seu dispositivo de anúncios, trackers, malware (sites e links) e phishing
  • Criptografa seus dados e oculta seu IP para que anunciantes não rastreiem seus movimentos online
  • Não permite nem sequer "anúncios aceitáveis” via afiliados ou lista de permissões
  • MACE pode melhorar a duração da bateria em dispositivos móveis
  • Compatível com: Windows, Mac, iOS, Android, Linux, Chrome, Firefox, Opera e mais
  • Aplicativos e extensões de navegador disponíveis em português
Atualização de Janeiro 2023: o PIA não costuma oferecer muitas promoções ou descontos (seu preço já é muito acessível), mas, neste momento, você pode adquirir uma nova assinatura com incríveis 83% de desconto!

O Private Internet Access (PIA) é uma VPN que conta com o recurso MACE para impedir que anúncios, malware e trackers interfiram em suas atividades online (no iOS, ele se chama Safari Blocker). Testei o MACE em vários sites repletos de anúncios, e ele foi muito eficiente. Quando acessei GQ.com, o MACE bloqueou anúncios em pop-ups, mastheads, barra lateral deslizante e banners — ele deixou apenas dois links patrocinados. Na CNN.com, ele não deixou nenhum anúncio, o que fez a página carregar notavelmente mais rápido. No Chrome, ele bloqueou incríveis 91% dos anúncios e trackers (apesar de bloquear apenas 63% no Safari). Além disso, o PIA disponibiliza uma enorme rede de servidores com localizações em mais de 80 países, incluindo Brasil e Portugal.

Diferentemente da maioria das soluções de adblocker, ele atua no nível do DNS. Essa medida não protege apenas suas sessões de navegação, mas todo o seu dispositivo. O MACE, combinado à criptografia da VPN, garante que seus dados permaneçam ocultos de anunciantes. Durante os testes, não me deparei com nenhum anúncio personalizado. Ele nem mesmo adiciona à lista de permissões seus anúncios de afiliados ou autopromocionais. Sua lista de bloqueio é atualizada pelo menos uma vez por mês e pode ser publicamente visualizada no site do PIA.

Assim como o CyberGhost, o PIA oferece todos os benefícios de segurança de uma VPN, como criptografia e proteção contra vazamentos. Isso significa que suas atividades de navegação permanecerão ocultas de terceiros que estejam tentando rastreá-lo e torná-lo alvo de anúncios. Ele também cumpre uma rigorosa política antilogs (no-logs policy), portanto você pode ter certeza de que o PIA nunca irá rastrear ou vender seus dados.

O único ponto negativo do MACE é que ele não é customizável. Por exemplo, ele não oferece configurações ajustáveis, como listas de permissões. Porém, isso não será um problema se você deseja bloquear totalmente anúncios, trackers e malware.

Você pode obter o PIA por apenas $2,19/mês com um plano de longo prazo. Essa opção oferece o melhor custo-benefício — quando assinei, até mesmo ganhei 1 ano grátis de armazenamento criptografado em nuvem. Também há planos de custo prazo disponíveis, mas eles são mais caros em termos gerais.

Você pode testar o PIA MACE sem riscos através da garantia de reembolso de 30 dias. Testei-a por conta própria, e o processo foi simples. Por meio do suporte 24/7 em tempo real do PIA, solicitei o reembolso após usá-lo por 25 dias. O agente fez uma pergunta sobre minha experiência e, em seguida, concordou em fazer a devolução. Recebi o dinheiro de volta na minha conta após 5 dias.

Bloqueie anúncios com o PIA MACE

4. uBlock Origin — bloqueia anúncios de vídeo no YouTube para economizar tempo e largura de banda

  • Impede todos os anúncios de vídeo no YouTube para um streaming organizado
  • Evita que anúncios, trackers e malware interceptem sua navegação
  • Ampla gama de configurações para customizar sua proteção
  • Otimizado para poupar memória e prolongar a duração da bateria
  • Compatível com: Chrome, Firefox, Edge e Opera

O uBlock Origin bloqueia 100% dos anúncios de vídeo no YouTube, algo raro para um app grátis. Durante meus testes, ele bloqueou 89% dos anúncios e trackers. No Fandom.com, ele bloqueou anúncios no cabeçalho e barra lateral, deixando apenas anúncios autopromocionais. No IMDB.com, ele removeu todos os anúncios de masthead e na barra lateral, proporcionando uma experiência de navegação mais limpa e ajudando as páginas a carregar mais rápido.

Sua ampla gama de configurações permite que você customize sua segurança e escolha quais listas de bloqueio habilitar. As regras de filtragem permitem controlar a forma como seu navegador lida com conteúdo do host e de terceiros (como mídias grandes). Ao marcar o campo "I am an advanced user” ("Sou um usuário avançado), você poderá ajustar as configurações avançadas do uBlock Origin.

Screenshot showing the advanced features on uBlock OriginNas configurações do uBlock Origin, você pode habilitar diferentes listas de bloqueio para customizar sua experiência de navegação

O uBlock Origin é orientado por uma visão única, centrada em torno de seus usuários. A missão inicial do uBlock era ser um bloqueador de anúncios gratuito e de código aberto que permitisse uma maior eficiência da CPU e da memória, além de conservar energia. O uBlock Origin mantém esses valores e recursos, oferecendo-lhe transparência, garantia e confiabilidade.

Fiquei irritado porque ele bloqueou conteúdo que não era de anúncio. Por exemplo, no NewYorkTimes.com, várias imagens foram esbranquiçadas. Porém, apenas clicando, consegui fazer a maior parte do conteúdo reaparecer. Diferentemente das VPNs com bloqueadores de anúncios da minha lista, o uBlock Origin não tem central de suporte, portanto não consegui encontrar uma solução permanente para esse problema. Ele também não é mais compatível com o Safari, como era antigamente.

Bloqueie anúncios com o uBlock Origin

5. Opera Browser — bloqueia trackers com recursos de privacidade integrados

  • Bloqueador de trackers integrado para ocultar seus dados de anunciantes
  • Preferências de bloqueio podem ser ajustadas facilmente
  • Migre facilmente o histórico, favoritos e cookies de outros navegadores
  • Compatível com: Windows, Mac, iOS, Android, Chrome OS e Linux

O navegador Opera impede que trackers coletem seus dados. Os trackers não apenas registram suas atividades em um site, como monitoram todas as suas atividades de navegação. Ele até mesmo bloqueia trackers sociais no TikTok, YouTube e LinkedIn. Dessa forma, anunciantes não poderão personalizar anúncios de acordo com suas atividades online. Ele ainda oferece uma VPN grátis, mas ela é muito mais lenta que o CyberGhost e reduziu minhas velocidades em 91%.

Você pode contar com seu bloqueador de anúncios integrado. Durante meus testes, ele bloqueou 71% dos anúncios e trackers. No Daily Mail, o Opera bloqueou anúncios de mastheads e em barras laterais à esquerda e direita, banners, vídeo deslizante e anúncios flutuantes em vídeos. O único anúncio que ele não bloqueou foi do Daily Mail promovendo quebra-cabeças gratuitos. O Opera também bloqueou todos os anúncios de vídeo no YouTube.

Screenshot showing how to toggle your privacy protection features on Opera browserO navegador Opera é baseado no Chromium e, portanto, tem aparência e funciona de forma similar ao Google Chrome

Ele permite importar seu histórico, favoritos e cookies do Chrome, Edge ou Firefox com apenas dois cliques. Assim como o Brave, ele também é grátis para baixar. Além disso, é muito simples ajustar suas configurações. Só precisei clicar no ícone de escudo azul na barra de pesquisa para abrir o menu suspenso de proteção à privacidade. Nele, você pode permitir ou desativar o bloqueio de anúncios e trackers com um único clique.

Uma pequena crítica em relação ao Opera é que ele bloqueia apenas cerca de 40% dos anúncios; os anúncios do Google e da Amazon não foram bloqueados. Porém, como impede que os sites monitorem você, ele é mais eficaz em bloquear anúncios personalizados.

Bloqueie anúncios com o Opera

6. Adblock — compatível com dispositivos móveis para impedir anúncios no seu celular

  • Extensão de adblocker gratuita que funciona perfeitamente com a maioria dos sistemas operacionais
  • Bloqueia anúncios para acelerar tempos de carregamento e prolonga a duração da bateria em dispositivos móveis
  • Configurações customizáveis para bloquear anúncios de forma personalizada
  • Compatível com: Chrome, Firefox, Edge, Safari, iOS e Android

Diferentemente da maioria dos softwares de bloqueio de anúncios, o Adblock está disponível para dispositivos móveis. Ele é compatível com iOS e Android, e oferece extensões para a maioria dos navegadores populares. Baixei seu app de iOS e a extensão para Chrome no meu desktop — ambos foram instalados em segundos. Gostei do fato de haver a mesma interface em todas as plataformas. Dessa maneira, é simples bloquear anúncios em qualquer dispositivo.

Ele bloqueou 60% dos anúncios com os quais o testei, até mesmo em sites streaming sites como o Twitch. Quando você usa um dispositivo móvel ou tablet, os anúncios podem consumir parte relevante dos seus dados. O Adblock preserva sua largura de banda e bateria — poupando seu tempo e dinheiro.

Através da opção "Stop blocking ads” (Parar de bloquear anúncios), você pode adicionar à sua lista de permissões sites independentes que deseja apoiar. Por exemplo, caso tenha seu próprio site, você pode adicionar seu URL à lista de permissões para ver como ele será exibido para os usuários. Alternativamente, o Adblock oferece a opção de permitir todos os anúncios, exceto em domínios específicos. Testei essa função bloqueando anúncios em sites de torrent, especificamente.

Screenshot showing how to whitelist websites in the Adblock settings panelAs configurações do Adblock oferecem uma gama de recursos customizáveis

Diferentemente do CyberGhost, o Adblock é menos adepto ao bloqueio de trackers, tendo impedido apenas 43% deles. Para evitar que anunciantes coletem seus dados, recomendo usar uma VPN com criptografia e proteção contra vazamentos. Além disso, tenha em mente que o Adblock participa de um programa chamado Acceptable Ads (Anúncios aceitáveis), do qual você pode cancelar a inscrição nas configurações. Mesmo assim, ele falhou em bloquear cerca de 40% dos anúncios, mas descobri que você pode bloquear qualquer anúncio persistente via URL nas configurações.

Bloqueie anúncios com o Adblock

7. Pi-hole — bloqueador de DNS baseado no Linux para impedir anúncios em toda a sua rede

  • Protege toda a sua rede a partir de um único dispositivo
  • Bloqueia anúncios em apps de smart TVs, consoles de videogames e dispositivos móveis
  • Combine com uma VPN para usar remotamente em todos os dispositivos
  • Compatível com: Linux (Raspberry Pi), Windows, macOS, consoles de videogame e smart TVs

O Pi-hole permite fazer bloqueios em toda a rede para proteger todos os seus dispositivos. Embora seja baseado no Linux, você pode instalá-lo no Windows ou macOS com algum esforço. Ele redireciona seu tráfego por meio de servidores DNS para remover anúncios e trackers. Isso também lhe permite funcionar em smart TVs e consoles de videogame.

Screenshot showing the Pi-hole website homepageO Pi-hole pode bloquear anúncios em apps de smart TVs, consoles de videogame e dispositivos móveis

Você pode configurar o Pi-hole com uma VPN para bloquear anúncios em dispositivos móveis. Diferentemente do Adblock, ele não é nativamente compatível com dispositivos móveis. Porém, associá-lo a uma VPN que ofereça configurações de DNS customizadas (como o Private Internet Access) permite acessar os servidores DNS do Pi-hole remotamente. O Pi-hole também protege você em hotspots Wi-Fi públicos, e seu site disponibiliza tutoriais para fazer essa configuração.

Com o Pi-hole, seus dispositivos rodam de forma mais eficiente porque o bloqueio é feito em uma máquina à parte. Ele simplesmente redireciona aos seus dispositivos o conteúdo livre de anúncios. Também gostei do fato de que só precisei configurar o Pi-hole por meio de um único dispositivo (notebook), e as configurações foram estendidas para meu dispositivo móvel, tablet e computador desktop.

O Pi-hole possui código aberto e é grátis para usar, mas foi desenvolvido para usuários de Linux. Por isso, instalá-lo em outros sistemas operacionais é bem trabalhoso. Você deverá instalar o Docker e fornecer um endereço IP estático. Também é preciso reconfigurar seu roteador para direcioná-lo às configurações de DNS do seu computador.

Bloqueie anúncios com o Pi-hole

8. AdGuard AdBlocker — inúmeros recursos para garantir uma privacidade aprimorada durante sua navegação

  • Proteja sua privacidade configurando a autodestruição de cookies de terceiros
  • Uma das poucas opções de ad blocker compatível com Safari
  • Bloqueia anúncios, trackers, phishing e malware, além de 100% dos anúncios de vídeo no YouTube
  • Compatível com: Chrome, Firefox, Edge, Opera, Safari, iOS e Android

Com o AdGuard, você pode definir a autodestruição de cookies de terceiros após um período definido. É fácil ativar e desativar os filtros de segurança nas opções. Você também pode bloquear anúncios, phishing/malware, trackers e widgets sociais. Assim como o navegador Brave, o AdGuard informa quantos anúncios foram bloqueados.

Ele é uma das poucas opções de bloqueador de anúncios que funciona no Safari. A Apple recentemente atualizou o Safari, e agora muito poucas extensões (que não sejam da Apple) funcionam nele. Porém, o AdGuard criou uma versão de seu app com isso em mente.

Foram bloqueados com sucesso 76% dos anúncios e trackers durante meus testes. No site Forbes.com, ele bloqueou o pop-up na tela de carregamento e os anúncios de mastheads e banners em geral, sem deixar nenhum. Também me impressionei com o fato de que ele bloqueia todos os anúncios de vídeo no YouTube.

Screenshot showing how to toggle your filters in AdGuardO AdGuard permite exibir ou desativar anúncios, widgets sociais e outros inconvenientes, bem como selecionar seus níveis de segurança

Uma crítica em relação ao AdGuard é que no iOS ele somente bloqueia anúncios no Safari. Para proteger todo o seu dispositivo, você deve assinar o AdGuard Premium ou Pro. As configurações e o layout são bem diferentes da extensão de navegador, portanto ele não é a opção mais fácil de usar em vários sistemas operacionais. Além disso, ele consome muita memória.

Bloqueie anúncios com o AdGuard

9. Adblock Plus — bloqueador de anúncios de código aberto no qual você pode confiar

  • Bloqueador de anúncios de código aberto facilita para identificar e corrigir bugs
  • Configurações customizáveis permite um bloqueio de anúncios avançado
  • Permita ou desative anúncios aceitáveis para maior controle sobre sua proteção
  • Compatível com: Chrome, Firefox, Edge, Opera e Safari

O Adblock Plus é grátis e possui código aberto, o que significa que qualquer pessoa pode visualizar o código e corrigir bugs. Isso quer dizer que você pode ter certeza de que ele não rastreia seus dados ou infecta seu dispositivo com malware. Ele bloqueou 88% dos anúncios e trackers que testei. No site RollingStone.com, ele removeu um pop-up flutuante na página de carregamento e anúncios autopromocionais na barra lateral. E também removeu anúncios de vídeo no YouTube, embora no Safari tenha deixado uma tela em branco e um gráfico rolante em anúncios pre-roll.

Screenshot showing how to customize the Adblock Plus appNas configurações avançadas do ABP, você pode ativar o contador de anúncios bloqueados

O Adblock Plus oferece configurações customizáveis simples, mas eficazes, que consegui ativar/desativar com um clique. Pude bloquear rastreadores adicionais, avisos de cookies e notificações push. Gostei principalmente do fato de que é possível impedir que sites de mídias sociais rastreiem você. Isso é útil quando se considera o quanto de seus dados esses sites coletam e vendem para terceiros.

Um pequeno ponto negativo é que o Adblock Plus permite "anúncios aceitáveis” por padrão. Você pode desativá-los desmarcando um campo, no entanto. Além disso, para desfrutar o pleno potencial de bloqueio do Adblock Plus, você deve habilitar manualmente os bloqueadores na seção "Options" (Opções) do app. Eles não vêm habilitados por padrão.

Bloqueie anúncios com o Adblock Plus

10. Total Adblock — solução plug-and-play simples para bloquear anúncios

  • Intuitivo da instalação ao uso para bloquear anúncios sem complicações
  • Modo silencioso desativa notificações push
  • Bloqueia todos os anúncios pre-roll e anúncios de vídeo no YouTube para evitar interrupções
  • Compatível com: Chrome, Firefox, Edge, Opera, Safari, iOS e Android

O Total Adblock conta com uma interface simples para bloquear sem complicações. Não há muitas opções de bloqueio de anúncios, mas ele oferece listas de permissões. Ainda assim, ele é uma ótima opção se você não se importa com configurações avançadas. Ele está até mesmo disponível em dispositivos móveis (iOS, Android) e no Safari.

Screenshot showing how to download Total Adblock from its websiteO Total Adblock não oferece configurações customizáveis, portanto é uma ótima opção como solução simples de bloqueador de anúncios

O Total Adblock bloqueia facilmente anúncios de vídeo no YouTube. Todos os vídeos em que cliquei reproduziram instantaneamente, sem anúncios. No site BizRate.com, ele bloqueou anúncios na barra lateral, widgets e banners, além dos irritantes anúncios do Google na parte inferior das páginas de anúncios. Em geral, ele bloqueou 77% dos anúncios e trackers que testei.

Um problema que tive com o Total Adblock é que há uma versão premium que ele promove periodicamente por meio de um anúncio de widget flutuante, o que é irônico para um bloqueador. Isso também quer dizer que a versão grátis do Total Adblock permite intencionalmente alguns anúncios. Se você não se importa de gastar um pouco por mês, sua melhor opção é fazer upgrade para o CyberGhost, que oferece bloqueio de anúncios juntamente com uma VPN.

Bloqueie anúncios com o Total Adblock

Tabela comparativa rápida: melhores recursos de bloqueador de anúncios

A solução mais eficaz para bloquear anúncios é um serviço que ofereça boa proteção contra anúncios, trackers e malware — e que idealmente oculte seu IP e criptografe seus dados. Se houver tudo isso em vigor, você não visualizará anúncios, e os anunciantes não poderão rastrear suas atividades para exibir anúncios "personalizados”. Use a tabela abaixo para obter rapidamente uma visão geral das minhas principais opções de ad blocker.

Certifiquei-me de que todos os meus ad blockers recomendados impeçam malware. Além disso, usei uma ferramenta online para mensurar a porcentagem de anúncios e trackers que foram bloqueados durante o uso de cada adblocker. Com base nesses números, dei a cada bloqueador de anúncios uma pontuação entre 1 e 10 (sendo 10 a maior pontuação), para que você tenha uma ideia clara do nível de eficácia de cada um deles.

Bloqueio de anúncios Bloqueios de trackers Criptografa seus dados? Oculta seu IP? Bloqueia anúncios no YouTube? Disponível para dispositivos móveis?
🥇CyberGhost 9 9 Sim Sim Sim Sim
🥈Brave 9 9 Não Não Sim Sim
🥉PIA MACE 8 9 Sim Sim Sim Sim
uBlock Origin 8 7 Não Não Sim Não
Opera 7 8 Não Não Sim Sim
Adblock 6 1 Não Não Não Sim
Pi-hole 9 9 Não Não Não Não
AdGuard 7 5 Não Não Sim Sim
Adblock Plus 8 8 Não Não Sim Não
Total Adblock 7 6 Não Não Sim Sim

Bloqueie anúncios com o CyberGhost

Dicas para escolher o melhor bloqueador de anúncios

Além da eficácia em bloquear anúncios, outros fatores podem ajudar a determinar qual bloqueador de anúncios é melhor para você, e se ele é seguro ou não. Aqui estão os critérios que considerei ao testar cada adblocker — fique à vontade para usá-los como uma checklist a fim de ajudar a escolher a melhor solução de bloqueador de anúncios:

  • Leia avaliações de usuários. Apps confiáveis de bloqueio de anúncios contam com avaliações de usuários que oferecem insights isentos sobre a qualidade do software. Verifique a Apple App Store, a Chrome Web Store ou o Google Play, dependendo de onde você baixa seus apps. É importante não verificar apenas a quantidade de estrelas, pois muitos ad blockers nocivos têm boas classificações nas lojas de aplicativos.
  • Verifique se há atualizações periódicas. As táticas de publicidade estão sempre mudando, portanto você deve escolher um ad blocker que ofereça atualizações de software pelo menos algumas vezes por ano. Assim, você sabe que ele manterá sua eficácia. Certifiquei-me de que os bloqueadores da minha lista sejam todos periodicamente atualizados.
  • Teste a eficácia no bloqueio de anúncios. Com tantos tipos de anúncios digitais (mastheads, banners, pop-ups, anúncios em vídeos de streaming, GIFs, etc.), muitos bloqueadores de anúncios não conseguem bloqueá-los todos. Certifiquei-me de que os ad blockers da minha lista consigam impedir que pelo menos 60% dos anúncios totais interrompam suas atividades online.
  • Consulte a compatibilidade com dispositivos. Muitos ad blockers são limitados em relação aos sistemas operacionais com os quais funcionam. Recomendo escolher um adblocker que ofereça ampla compatibilidade, como o CyberGhost e o PIA. Dessa forma, você poderá impedir interrupções durante qualquer atividade online — seja em dispositivos desktop, móveis, de streaming e outros.
  • Considere os recursos. Dependendo de suas necessidades, você pode desejar opções de customização. Por exemplo, para permitir alguns anúncios e remover outros, adquira um bloqueador de anúncios que ofereça listas de permissão. Caso queira simplesmente bloquear todos os tipos de anúncios com configuração mínima, verifique se o ad blocker é intuitivo e conta com um design simples.
  • Busque por transparência. O CyberGhost e o PIA possuem rigorosas política antilogs, mas muitos ad blockers são conhecidos por registrar seus dados. Consulte a política de privacidade do bloqueador de anúncios para evitar isso. Um software de código aberto também é mais seguro, pois qualquer pessoa pode inspecionar o código em busca de vulnerabilidades.

Aviso! Certifique-se de somente baixar bloqueadores a partir de seus sites oficiais. Não clique em links em fóruns, mídias sociais ou sites de terceiros, pois você corre o risco de infectar seu dispositivo com malware.

Bloqueadores de anúncios que devem ser evitados

Até mesmo bloqueadores de anúncios que parecem confiáveis podem rastrear seus dados. Alguns até mesmo foram flagrados infectando dispositivos de usuários com malware. Por esses e outros motivos, recomendo evitar os seguintes bloqueadores:

  • uBlock — não confunda com o uBlock Origin, que está na minha lista de bloqueadores recomendados. O uBlock é conhecido por modificar cookies para rastrear seus usuários.
  • Chrome Ad Blocker — apesar da popularidade, este adblocker é praticamente ineficaz em proteger você de ser bombardeado por anúncios.
  • Ghostery — bloqueador pouco eficaz, o Ghostery admite em sua própria declaração de privacidade que automaticamente coleta dados de usuários. Ele também já lucrou com a venda de dados de usuários no passado.
  • Privacy Badger — assim como o Ghostery, o Privacy Badger não é realmente um bloqueador de anúncios porque só bloqueia trackers. Assim, ele deixa muitos anúncios desbloqueados. Ele é uma opção razoável para impedir alguns anúncios direcionados, mas, se você quer um ad blocker eficaz, procure uma alternativa.

Bloqueie anúncios e trackers hoje

Por que você precisa de um bloqueador de anúncios + riscos que talvez não conheça

Os bloqueadores de anúncios oferecem muitos benefícios, mas também podem proteger sua privacidade online. Sem um bloqueador de anúncios, você fica vulnerável à prática de fingerprinting pelo navegador, que coleta inúmeros dados pessoais. Isso inclui sua localização, sistema operacional, navegador, plugins e extensões, fuso horário e idioma. Os dados são usados a fim de identificá-lo como uma pessoa digital exclusiva para que você possa ser rastreado e se tornar alvo de anúncios; daí o nome fingerprinting (impressão digital).

Os melhores ad blockers também poupam sua bateria, largura de banda e suas preocupações. Caso esteja online sem um bloqueador de anúncios, você estará familiarizado com os vários tipos de anúncios, como pop-ups, mastheads, widgets, além de anúncios em vídeos, barras laterais e banners. Os anúncios deixam as páginas web desorganizadas e lentas, além de costumar aumentar os tempos de carregamento e consumir sua bateria. Alguns anúncios podem até mesmo rastrear seus dados de navegação — mesmo que você não clique neles.

Você também corre o risco de se deparar com anúncios que contenham malware capaz de infectar seu dispositivo — isso é chamado de malvertising. Não é preciso sequer clicar em nada para ser infectado, e até mesmo sites confiáveis podem ser uma ameaça. Um malware pode roubar seus dados pessoais e até infectá-lo com ransomware. Eles também podem prejudicar o desempenho do seu dispositivo.

No entanto, existem vulnerabilidades e inconveniências ao se usar um ad blocker individualmente. A maioria dos ad blockers consiste em extensões de navegador, as quais podem ser usadas para fingerprinting. Porém, usar uma VPN com um bloqueador de anúncios integrado não altera seu navegador, o que ajuda a evitar isso. Além disso, muitos sites bloqueiam seus conteúdos até que você desative seu bloqueador de anúncios. Porém, as VPNs permitem evitar isso tornando seu adblocker indetectável.

Também gosto da camada adicional de privacidade oferecida por uma VPN — ela não apenas impede que você seja rastreado por anunciantes, mas também por outros terceiros, como hackers ou até mesmo seu provedor de internet. É por isso que pessoalmente prefiro usar uma VPN que venha com um ad blocker integrado.

Bloqueie anúncios com o CyberGhost

FAQs sobre os melhores bloqueadores de anúncios

O Adblock é seguro?

Sim, o Adblock é um dos bloqueadores de anúncios mais seguros que testei. Ele existe desde 2009 — e construiu uma reputação confiável. Em seu site há uma declaração clara informando que o Adblock jamais registrará seu histórico de navegação ou venderá seus dados para terceiros. Além disso, o Adblock tem um histórico ilibado de jamais expor os usuários a malware. Embora tenha suas limitações, pelo menos você sabe que ele não comprometerá sua segurança ou privacidade.

Qual é o melhor bloqueador de anúncios para Android?

Recomendo o CyberGhost como o melhor adblock para Android. A maioria dos ad blockers não está nem sequer disponível para dispositivos móveis. Além disso, muitos bloqueadores de anúncios são ineficazes e deixam inúmeros anúncios interromperem suas sessões de navegação. Até mesmo aqueles que funcionam podem às vezes ser pouco confiáveis e vender seus dados para terceiros.

Diferentemente da maioria dos ad blockers que testei, o CyberGhost funciona com navegadores e apps de Android — além disso, o app é leve e rápido, portanto não acaba com sua bateria. Ele não apenas bloqueia anúncios com eficácia, como bloqueia malware, criptografa seus dados e oculta seu IP. Dessa forma, você não será rastreado por anunciantes ou quaisquer outros olhos curiosos.

Com essa combinação, ele é muito mais eficaz que qualquer outro adblocker que testei e ainda oferece outros benefícios (por exemplo, ele permite alterar sua localização online, o que garante acesso a conteúdo de streaming disponível em outras regiões).

O Adblock funciona no YouTube?

Sim, o Adblock funciona no YouTube. Testei o Adblock com vários vídeos no Safari e Chrome, e não foram exibidos anúncios pre-roll ou no meio dos vídeos. Encontrei alguns outros ad blockers que bloquearam anúncios de vídeo no YouTube, portanto você não está limitado ao Adblock.

Por que não consigo encontrar um ad blocker para Safari?

Devido a atualizações recentes, a maioria das extensões de terceiros deixou de funcionar no Safari. Porém, incluí alguns ad blockers nesta lista que são compatíveis com o Safari. A maioria das extensões de adblocker para Safari é limitada quando comparada àquelas para outros navegadores. Do ponto de vista da privacidade e segurança, recomendo usar o Brave ou o Opera, que bloqueiam anúncios e rastreamentos. Além disso, ele oferecem suporte à maioria das extensões de ad blocker.

Os bloqueadores de anúncios funcionam?

Alguns funcionam, mas há muitos bloqueadores de anúncios falsos e ineficazes. Porém, testei cada adblocker da minha lista para garantir que eles funcionem e sejam seguros de usar. Existem bloqueadores perigosos que podem comprometer sua segurança, vender seus dados e até mesmo infectar seu dispositivo com malware. Outros simplesmente não funcionam, como o Chrome Ad Blocker. É importante consultar a política de privacidade e conferir avaliações para evitar de colocar seu dispositivo ou seus dados pessoais em risco.

No entanto, há alguns anúncios que não podem ser bloqueados de nenhuma maneira. Os anúncios que não podem ser bloqueados incluem tweets patrocinados e anúncios no Facebook, Instagram e Spotify. Caso espere que algum bloqueador remova esses anúncios, você ficará decepcionado.

Os bloqueadores de anúncios são seguros?

Nem todos são seguros. Para aumentar sua segurança online, recomendo usar uma VPN confiável que inclua um bloqueador de anúncios integrado. Ela irá ocultar seu IP e criptografar seus dados para que trackers não monitorem suas atividades de navegação e tornem você alvo de anúncios. Infelizmente, muitos ad blockers não são confiáveis — alguns até mesmo rastreiam seus dados ou infectam os usuários com malware. Porém, testei cada adblocker da minha lista para garantir que eles não ofereçam esses riscos.

Qual é o melhor adblock grátis para Chrome, Safari, Edge e Firefox?

Se você deseja um software bloqueador de anúncios 100% grátis, existem algumas excelentes opções. Algumas até mesmo bloqueiam 100% dos anúncios no YouTube, além da maioria dos anúncios pop-up e banners com os quais você se depara nos sites. A variedade de software bloqueador de anúncios para Safari é um pouco limitada — porém, o AdGuard Adblocker é uma boa opção.

Bloqueie anúncios com o CyberGhost

Comece a bloquear anúncios e trackers agora

Encontrar um bloqueador de anúncios confiável e eficaz não é fácil. A maioria não é capaz de impedir que suas atividades online sejam bombardeadas por inúmeros anúncios. Ainda pior, alguns são conhecidos por rastrear seus dados e vendê-los para anunciantes (ironicamente), e até mesmo infectá-lo com malware. Porém, encontrei uma seleção de ad blockers que realmente funcionam — e mantêm você seguro.

Meu principal adblocker recomendado é o CyberGhost. Ele oferece um recurso de bloqueio de conteúdo que protege você de anúncios nocivos e malware, além de um navegador privado com bloqueador de anúncios integrado. E também criptografa seus dados e oculta seu endereço IP, para que os anunciantes não possam rastreá-lo. Você pode experimentar o CyberGhost sem riscos por meio de uma garantia de reembolso de 45 dias. Caso não fique totalmente satisfeito, você pode solicitar o reembolso facilmente.

Para resumir, as melhores VPNs com bloqueador de anúncios em 2023 são…

Posição
Provedor
Nossa pontuação
Desconto
Visitar site
1
medal
9.8 /10
Economize 84%!
2
9.8 /10
Economize 82%!
3
9.6 /10
Economize 51%!
Alerta de privacidade!

Seus dados estão sendo expostos aos sites que você visita!

Seu endereço IP:

Sua localização:

Seu provedor de Internet:

As informações acima podem ser usadas para rastreá-lo, direcionar anúncios para você e monitorar o que você faz online.

As VPNs podem ajudá-lo a ocultar essas informações dos sites para que você esteja protegido o tempo todo. Recomendamos a ExpressVPN — a VPN nº 1 entre mais de 350 provedores que testamos. Ela possui criptografia de nível militar e recursos de privacidade que vão garantir sua segurança digital, e mais — ela está oferecendo atualmente 49% de desconto.

Visite a ExpressVPN

Sobre o autor

Adriano é fã de tecnologia e graduado pela Universidade Católica de Santos. Ele acredita que a privacidade online é fundamental para quem quer desfrutar a verdadeira liberdade na internet.

Gostou desse artigo? Avalie!
Eu detestei Eu não gostei Achei razoável Muito bom! Eu adorei!
de 10 - votado por usuários
Obrigado pelo seu feedback.
Comentar O comentário deve ter de 5 a 2.500 caracteres.