Top 5 de VPNs sem registro para os que procuram privacidade

Cada usuário de VPN tem necessidades diferentes. Aqueles que exigem o mais alto nível de anonimato e segurança precisam de uma VPN que não mantenha registros, aceite Bitcoin como pagamento e opere em um país amigo de VPN. Compartilhar

Como muitas coisas na vida, há muitos tipos diferentes de usuários de VPN e, portanto, diferentes necessidades. Alguns usuários precisam de uma VPN para contornar bloqueios geográficos para acessar conteúdo de stream, enquanto outros desejam proteger sua conexão ao usar WiFi. Ainda há aqueles que usam uma VPN para baixar Torrents com segurança ou em territórios que os restringem completamente. Essas pessoas precisarão fazer algumas pesquisas para se certificarem de que a VPN que escolheram consegue atender às suas necessidades.

Há uma outra categoria de usuários para os quais uma VPN desempenha um papel um pouco mais crítico: para eles, ela pode ser a diferença entre a vida e a morte. Esse é o usuário que precisa ter certeza absoluta de que ele vai permanecer anônimo e estar disposto a sacrificar em outras áreas, como velocidade, número de servidores, atendimento ao cliente ou acesso ao Netflix (suspiros!). Ativistas políticos e jornalistas, por exemplo, contam com VPNs para contornar a censura do governo e, assim, conseguirem se comunicar de forma segura com o mundo exterior. Dependendo do país onde eles estão localizados, fazer isso pode ser contra a lei.

Os aspectos mais importantes a serem avaliados quando se procura o provedor de VPN mais seguro são a jurisdição (o lugar onde a VPN está sediada), a política de registro e a aceitação de Bitcoin. Afinal, se um provedor de VPN faz registros das atividades dos seus usuários, as chances de eles serem capazes de cumprir com a sua reivindicação de anonimato começam a diminuir rapidamente. Além disso, uma VPN localizada em um país com leis que permitem que o governo exija que eles entreguem os dados dos seus usuários é prejudicial para esse usuário.

Isso não quer dizer que é garantido 100% de segurança mesmo com uma VPN sem registros no país mais amigo das VPNs, mas é uma aposta bastante segura. Todos os provedores de VPN que recomendamos neste artigo estão localizados nos países que não são um dos 14 Olhos, não mantêm registros e aceitam pagamento com Bitcoin.

Aqui estão as 5 melhores VPNs sem registros para quem procura a melhor privacidade:

cactus

 

 

A CactusVPN é uma VPN com sede na Moldávia. Eles não mantêm nenhum registro (até o início de 2016) e aceitam Bitcoin como pagamento. Eles permitem até três conexões simultâneas, o que é bom para, digamos, um jornalista que deseja conectar o seu notebook e celular. Eles não têm uma grande lista de países ou servidores para conexão, mas fornecem uma conexão AES de 256 bits muito segura. Eles também têm um “aplicativo Killer”, que é uma versão melhor que um kill switch.


Cyberghost

 

 

Esta VPN localizada na Romênia é a mais transparente no mercado, com o endereço do escritório e as informações de contato do CEO exibidas em seu site! Eles oferecem uma grande seleção de servidores, bem como uma versão gratuita – embora limitada – da sua VPN. O software é muito intuitivo e conta com um kill switch que nós agradecemos.


Nord

 

 

A NordVPN, localizada no Panamá, é difícil de ser superada na maioria das categorias. Eles são especialmente bons quando se trata de segurança com suas seleções de servidor de VPN dupla e Tor-sobre-VPN. Eles também são muito acessíveis (confira os cupons atuais aqui). E se você é alguém que precisa da melhor segurança e deseja poder acessar ao Netflix, eles também possuem servidores especiais para isso, chamados de Ultra Fast TV. Para não mencionar uma grande quantidade de países e servidores disponíveis.


Trust.Zone

 

 

 

Seychelles é um país – ou devo dizer arquipélago – extremamente amigo de VPNs, como evidenciado pelo grande número de VPNs sediadas lá, incluindo a Trust.Zone. Seu software faz um trabalho muito bom ao escolher automaticamente o melhor servidor para você, e eles também têm um kill switch. A desvantagem da Trust.Zone é que eles só têm um aplicativo Windows nativo.


VPN tunnel

 

 

Com sede nas Ilhas Seychelles, o VPNTunnel é um bom serviço se você deseja ficar anônimo. Tudo o que eles exigem é um endereço de e-mail, e eles não registram nenhuma informação privada sobre o usuário. Eles também são ótimos para aqueles que querem assistir conteúdo popular nos EUA e no Reino Unido, como o Pandora, o Hulu e o Netflix ou o BBC iPlayer. No entanto, os usuários anteriores notaram que o atendimento ao cliente é fraco.

Isto foi útil? Compartilhe.
Compartilhe no Facebook
0
Tweet isso
0
Compartilhe se você acha que o Google não sabe muito sobre você
0