Aviso legal:
Avaliações profissionais

vpnMentor contém avaliações escritas por nossa comunidade de avaliadores, as quais são baseadas na análise independente e profissional dos produtos/serviços por parte de cada avaliador.

• Propriedade

O vpnMentor é de propriedade da Kape Technologies PLC, que detém os seguintes produtos: CyberGhost, ZenMate, Private Internet Access e Intego, os quais podem ser avaliados neste site.

• Comissões de afiliados

Embora o vpnMentor possa receber comissões quando uma aquisição é feita através de nossos links, elas não influenciam o conteúdo das avaliações ou os produtos/serviços avaliados. Fornecemos links diretos para a aquisição de produtos que fazem parte de programas de afiliados.

• Diretrizes de avaliação

As avaliações publicadas no vpnMentor são escritas por especialistas que analisam os produtos de acordo com nossos rígidos padrões de avaliação. Esses padrões garantem que cada avaliação seja baseada no exame independente, profissional e honesto do avaliador, levando-se em consideração as capacidades técnicas e qualidades do produto juntamente com seu valor comercial para os usuários, o que também pode afetar a classificação do produto no site.

Como fazer as malas para viagem (e controlar o nervosismo)

Você não parou de falar sobre a sua próxima viagem desde que reservou o seu bilhete, mas a ideia de fazer as malas está acabando com a sua motivação. Nós entendemos: fazer as malas pode ser assustador. Não é de admirar que muitas pessoas deixem para fazer isso no último minuto. Não é apenas o fazer a mala, mas como fazer a mala. Além do transporte, a mala é provavelmente a maior preocupação dos viajantes. Mas não se preocupe! Estamos aqui para aliviar a sua ansiedade e ajudá-lo a se preparar para essa viagem incrível.

1. Escolha cuidadosamente a sua mala

Você está viajando para um hotel e vai passar os dias na piscina? Ou você vai caminhas pelos centros das cidades? Escolher a bagagem apropriada é crucial quando se trata de fazer as malas. Você vai querer algo que pode identificar (imagine tentar encontrar sua mala preta entre todas as outras malas pretas na sala de bagagem), bem como algo que não será muito difícil de transportar. Uma mala com rodas é perfeita se você estiver em estradas pavimentadas e calçadas, mas uma mochila com bom apoio nas costas é melhor se você tiver que ir de um lugar para o outro. Seja qual for a mala que você escolher, certifique-se de que ela seja durável e que não esteja em sua última viagem. Você não vai querer ter que juntar todos os seus pertences se a sua mala de repente se rasgar.

2. Escreva uma lista do que você vai precisar

Esta é provavelmente a parte mais assustadora ao fazer as malas, especialmente para quem não é muito organizado. Mas, mesmo que as listas não sejam um hábito diário, você definitivamente deve escrever uma para a sua viagem. Ter uma lista garante que você não deixará nada para trás, e também é uma boa referência para acompanhar tudo durante a sua viagem. Pense em todos os itens que você pode precisar. Você vai precisar de um casaco para o frio? O lugar onde você está hospedado fornece lençóis? Você pode comprar artigos de higiene ou deve levar os seus? Percorra cada passo da viagem na sua cabeça e anote tudo o que você pode precisar a partir do momento em que chegar no avião até você voltar para casa. Não se esqueça de incluir na lista os medicamentos ou cremes que você precisa. Assim que ficar sem espaço, percorra cada item e deixe para trás qualquer coisa que seja dispensável. Isso então me leva para a próxima dica…

3. Leve apenas o necessário

Essa segunda camisola ou terceiro par de sandálias provavelmente não serão necessários. Especialmente se você não parar em um único lugar, nada é mais irritante do que transportar mais bagagem do que precisa. Todos somos culpados por levar coisas demais, mas a realidade é que só precisamos do mínimo. Antes de colocar algo na sua mala, pergunte-se: “Será que realmente vou usar isso?” Se a resposta for não, não coloque na mala.

4. Enrole toda a sua roupa

Enquanto falamos sobre minimizar, vamos falar sobre consolidação. Enrolar as roupas economiza mais espaço do que dobrá-las, e dobrar o espaço – colocando as meias em seus sapatos – pode economizar muito espaço na sua mala. Os sacos de vácuo também oferecem uma incrível economia de espaço. Se você não tiver acesso a um vácuo na sua viagem, considere comprar sacos de compressão que não exigem um.

5. Reúna os seus documentos

A razão pela qual fazer as malas é tão assustador é que podemos esquecer de algo. Muitas vezes, você pode continuar a sua viagem mesmo tendo esquecido algo, mas quando se trata da sua identidade (por exemplo, sua carteira de motorista ou passaporte), você não pode se dar ao luxo de esquecer isso. Envie para o seu e-mail cópias dos seus documentos para que você tenha acesso a eles caso alguma coisa aconteça. Verifique se o seu passaporte tem pelo menos seis meses antes de expirar (ou então você não poderá voar com ele). Neste momento, verifique se o país para o qual está viajando não exige um visto de viagem. Dependendo do lugar para onde está viajando, você pode obter um visto de visitante na fronteira, mas outros países podem exigir um visto pré-obtido antes de aterrissar. É melhor verificar quais documentos você pode precisar no momento em que reservar o seu bilhete. Dessa forma, você terá tempo suficiente para atualizar qualquer informação ou obter qualquer documento, se necessário.

6. Mantenha os seus pertences seguros

Quem nunca pensou na possibilidade de perder a bagagem durante a viagem? Infelizmente, é muito comum a bagagem ser perdida ou roubada. A melhor forma de evitar que isso aconteça é segurar a sua bagagem o tempo todo. Se pode conseguir colocar tudo em uma bagagem de mão, faça isso. Mas se tiver que despachar a sua mala, considere uma com cadeado no zíper para que possa saber se a sua bagagem foi adulterada. Este mesmo princípio se aplica aos seus dispositivos eletrônicos: sempre os mantenha com você. Se você usar Wi-Fi pública na sua viagem (quer no avião ou no seu destino), também vai querer se proteger contra hackers e vírus. A última coisa que você quer é que o seu cartão de crédito ou identidade seja roubada enquanto deveria relaxar e se divertir. Uma VPN pode proteger as suas informações mesmo se você estiver usando Wi-Fi pública. (Não sabe como funciona uma VPN? Leia este artigo.) Se você estiver indo para um país com restrições de Internet (como a China, o Vietnã e a Tailândia, para citar apenas alguns), precisará comprar uma VPN antecipadamente para ter acesso a certos sites. As melhores VPNs que recomendamos são perfeitas para garantir que a sua identidade e informações continuem protegidas enquanto você viaja e explora.

Nada pode estragar a sua empolgação antes de uma viagem, como, por exemplo, fazer as malas, mas ao se preparar antecipadamente e garantir que os seus pertences permaneçam seguros, você garantirá uma viagem maravilhosa e suave. Boa viagem!

Conhece um amigo que está viajando? Compartilhe este artigo no Facebook ou Twitter.

Sobre o autor

Sarit é escritora e editora de segurança na Internet com experiência e uma obsessão pelo uso correto da gramática. Ela já escreveu para muitas empresas e revisou vários textos, incluindo manuscritos de 300 páginas. Ela ama ser organizada e acredita que todos têm o direito à privacidade online.

Gostou desse artigo? Avalie!
Eu detestei Eu não gostei Achei razoável Muito bom! Eu adorei!
Votado por usuários
Obrigado pelo seu feedback.
Comentar O comentário deve ter de 5 a 2.500 caracteres.