Estamos em 2019. O que o Google REALMENTE sabe sobre você?

what does google knows about you

“Só porque você é paranoico, não significa que não estejam tramando contra você.”

― Joseph Heller

O Google quer que você acredite que ele é o irmão mais velho e cordial que está sempre cuidando de você. Ele responde às suas dúvidas. Ele o ajuda. Ele faz você se sentir confortável – e, quando está confortável, você compartilha.

Porém, o quanto ele sabe sobre você? E o quanto é possível confiar no julgamento dele em relação ao que é melhor para você?

Além disso, o que acontece quando você deseja alguma privacidade para fazer as coisas do seu jeito? Ele tentará manipulá-lo com aquilo que sabe sobre você? Contará aquilo que sabe para outras pessoas?

É possível ler a política de privacidade completa no site oficial da empresa, mas nós a detalhamos abaixo, para que você possa compreender o que o Google sabe, por que ele deseja essas informações, e o que VOCÊ PODE fazer para IMPEDIR ISSO.

Índice:

6 coisas que o Google sabe sobre você
Como o Google coleta estas informações?
Por que o Google deseja suas informações?
Como isto pode afetar você?
Como você pode proteger sua privacidade?
Como baixar uma cópia de backup dos seus dados a partir do Google
Como limpar cookies no Google Chrome
Como se descadastrar do Google Analytics
Como alterar suas configurações de privacidade no Google
Como excluir seu histórico do Google
Conclusão

6 coisas que o Google sabe sobre você

1. Quem é você, quem, quem, quem, quem?

Além das informações básicas que o Google provavelmente sabe sobre você (nome, sexo, data de nascimento, idioma, etc.), ele usa tecnologia de ponta para garantir que saiba exatamente o que torna você, bem… VOCÊ.

Ele sabe como é sua aparência – graças ao aprimoramento constante dos recursos de reconhecimento facial e tagueamento no Google Fotos.

Ele sabe como é sua voz, graças ao recurso de gravação de voz usado em seus produtos ou apps de terceiros aos quais você concedeu permissão. Ao acessar a seção “Minha atividade” no site do Google, você pode até mesmo visualizar e ouvir seu histórico de gravações.

Ele sabe quais são suas crenças. Ao monitorar seu histórico de buscas, o Google é capaz de criar um perfil relativo às suas crenças espirituais e políticas, e até mesmo prever como você pretende votar.

Ele sabe como está sua saúde. Você tentou diagnosticar algum problema de saúde por conta própria recentemente? Pesquisou pelo médico/farmácia mais próxima? Ou, talvez, queria experimentar um remédio caseiro? Se você acha que está ficando doente, o Google provavelmente acha a mesma coisa. No entanto, se você usa o Google Fit, o Google não acha: tem certeza. Você acessa. Ele sabe.

2. Localização, localização, localização

icon_Location

Caso seja igual à gente, você provavelmente leva seu celular para todos os lugares. Você o sincroniza com seus outros dispositivos. No mínimo, ele provavelmente não é o único dispositivo que você conecta à internet.

O problema é que, quando você se conecta através de uma rede Wi-Fi, GPS ou celular, o Google pode rastrear sua localização – e, ao monitorar por quanto tempo você permanece conectado em cada local, ele sabe aonde você vai, onde esteve e por quanto tempo ficou no local.

A parte mais tenebrosa sobre o Google conhecer seus hábitos de deslocamento é que ele pode facilmente descobrir onde você mora e trabalha.

Se você pensa que pode evitar isso trocando o Google Maps por seu principal concorrente, o Waze, pense novamente. O Google adquiriu o Waze e é proprietário dos conjuntos de dados em ambos os serviços – diferentes funis que remetem ao mesmo recipiente de dados com suas informações.

3. Mantenha seus amigos por perto…

icon_Communication

Se você pensa que se trata apenas de você contra a máquina, repense. A criação de perfis é um esporte em equipe. Você está sendo monitorado. Seus amigos estão sendo monitorados. Seus amigos estão sendo usados para monitorar você.

Caso o Google queira saber com quem você conversa, ele pode ver seus contatos no Gmail, Google Hangouts e celulares Android, incluindo nomes, e-mails e telefones, e até mesmo é capaz de ver com quem você conversa com mais frequência.

Se ele quiser saber quando e onde você irá encontrar alguém, o Google Agenda tem a resposta – ou, caso você queira facilitar as coisas, basta tirar uma foto e taguear você e seu amigo no local do encontro.

Ele sabe o que você está falando. Até 2017, o Google automaticamente examinava os e-mails pessoais de seus usuários para fornecer sugestões de sites e permitir anúncios segmentados. Posteriormente, ele anunciou que iria parar de ler e-mails no objetivo de criar publicidade segmentada.

Pior ainda, o Google também examina os e-mails de não assinantes que enviam e-mails a usuários do Gmail. Essas pessoas não estão cadastradas no Gmail. Não há confirmação pelo Google sobre o período pelo qual as informações são armazenadas ou como elas são usadas em anúncios de apps de terceiros.

Isso não se limita apenas a e-mails com texto, o que significa que ele também é capaz de ver seus vídeos e fotos enviados.

O Google afirma que isso não ocorre mais, com algumas exceções, e que o perigo está nos apps de terceiros aos quais o usuário concede permissão.

Como se isso não fosse suficientemente ruim, se você usa o Google Drive, o Google sabe exatamente quais tipos de informações você possui, e ele pode bloquear o acesso aos seus próprios arquivos do Google Drive, caso suspeite que você possua “conteúdo impróprio”.

4. Seus botões de curtir/descurtir

icon_Likes

Sempre que você pesquisa assuntos específicos no Google Busca, o algoritmo aprende.

Sempre que você assiste a um vídeo específico no YouTube, o algoritmo aprende.

Sempre que você clica em um anúncio ou o oculta, o algoritmo aprende.

Sempre que você compra algo online, se o Google participou do processo, o algoritmo aprende.

Ele aprende até saber exatamente do que você gosta e do que não gosta… E, então, ele aprende mais um pouco.

5. Seu futuro está nas mãos do Google

Planejando sair para uma festa ou restaurante? Planejando ver um filme ou show? Planejando viajar ou visitar um ponto turístico? Planejando estudar ou aprender um novo idioma? Planejando mudar para outra cidade? Planejando comprar um carro ou uma casa? Planejando fazer uma cirurgia? Planejando ter um filho? Planejando sua vida?

Você pesquisou qualquer uma dessas possibilidades no Google ou no YouTube?

Em caso positivo, o Google está planejando com você. Uma rodada de publicidade personalizada, por favor.

6. A web é pegajosa

Se o Google é um “spider” (aranha, ou robô usado para encontrar e indexar páginas), o Google Chrome é sua teia.

O Google Chrome registra tudo o que você pesquisou no Google Busca, todos os seus sites acessados ou favoritados, todos os seus vídeos assistidos no YouTube, todos os anúncios em que você clicou, e até mesmo a quantidade de senhas automaticamente preenchidas pelo Google Chrome.

Esses hábitos no navegador que são registrados pelo Google Chrome incluem:

  • Tudo o que você pesquisou no Google Busca ou no YouTube
  • Seu histórico do YouTube
  • Quantas buscas no Google você realizou neste mês
  • Todos os sites nos quais você clicou
  • Todos os endereços de sites que você digitou na barra de endereços
  • Todos os sites que você favoritou
  • Todas as abas do Google Chrome que estão abertas em todos os seus dispositivos
  • A quantidade de conversas que você manteve no Gmail
  • Seus apps baixados no Chrome Web Store e no Google Play
  • Suas extensões do Chrome Web Store
  • Suas configurações do navegador Chrome
  • Quaisquer endereços de e-mail, endereços físicos e telefones que você definiu para ser automaticamente preenchidos no Chrome
  • Todos os nomes de usuários e senhas que você solicitou que o Chrome salve
  • Todos os sites que você solicitou ao Chrome para NÃO salvar senhas

Como o Google coleta estas informações?

Todas estas informações são coletadas através dos sites e apps do Google que a maioria de nós usa diariamente.

What Does Google Know About You - Infographic

Por que o Google deseja suas informações?

Bem, a resposta da empresa – que não é uma resposta real – é oferecer uma experiência “mais rápida, mais inteligente e mais útil” no Google.

what does google knows about you (1)

Ele deseja registrar o máximo possível de dados sobre você porque afirma que quanto mais dados tiver sobre você, melhor poderá atender às suas necessidades pessoais e aprimorar sua experiência online, bem como aumentar a segurança dos usuários.

O Google também usa seus dados para:

  • Recomendar vídeos do YouTube.
  • Oferecer uma resposta melhor por parte do Google Maps.
  • Acesso rápido e fácil a informações personalizadas durante o uso do Google Busca.
  • Maior produtividade durante o uso do Google Assistente.
  • Usar recursos de preenchimento automático em seu motor de busca.
  • Permitir que o Chrome preencha formulários para você automaticamente.

Como isto pode afetar você?

Invasão, não!

Caso seus dados armazenados pelo Google sejam hackeados, eles poderão ser usados indevidamente de formas mais tenebrosas.

(Pior que publicidade? Sim, eu sei!)

Embora grandes empresas como Google e Facebook sempre tentem permanecer à frente dos criminosos na web, a segurança na internet já foi comprometida por diversas vezes. Considerando-se todas as informações que o Google armazena, caso as suas caiam nas mãos erradas, não seria possível numerar através de quantas formas criativas esses sujeitos assustadores poderiam usar suas informações contra você.

Sua casa no meio da tela!

O Google Street View coloca sua localização no mapa para que todos a vejam, sem falar na invasão do espaço pessoal de outras pessoas sem o conhecimento ou permissão delas. Durante um período, ele chegou a coletar dados de redes Wi-Fi não seguras, mas o Google corrigiu o problema depois de ficar sabendo dele.

A sensação de medo continua com o assistente pessoal Google Home. Esse novo desenvolvimento técnico permite que o Google saiba quando você acende/apaga as luzes da sua casa, ajusta a temperatura ambiente, confere agendamentos e listas de compras, define alarmes e verifica sua agenda. Todas essas atividades contam com seus próprios logs, prontos para o Google e seus anunciantes.

Excluído, mas não removido.

Excluir. Verbo. Significa remover ou apagar.

O Google não entendeu o recado, pois armazena seus e-mails por até 60 dias, sendo que alguns e-mails possivelmente permanecem em seus sistemas de backup após esse prazo.

Está chovendo anúncios!

Já imaginou como esses anunciantes são tão precisos e de forma tão frequente? Ah, o lucro com os perfis… Quando eles conhecem o suficiente sobre você, podem fazer com que toda a sua experiência na internet se pareça com aquela gôndola de compra por impulso da sua loja local. Isso pode ser especialmente eficaz sobre as crianças, que nem sempre entendem como a publicidade as segmenta.

E, a respeito disso…

Três é demais.

Embora o Google possa não estar vendendo suas informações pessoais para anunciantes, apps de terceiros aos quais você concedeu permissão talvez estejam fazendo isso.

Se um app é grátis, há a probabilidade de ele estar vendendo seus dados para empresas de publicidade, além das compras no app (como aquelas do tipo “remova os anúncios”). Gerar receitas a partir da venda de dados e da publicidade no app é uma das formas de ganhos mais lucrativas para apps grátis.

Qual a importância de um nome?

Nem todo produto do Google inclui o termo “Google”. Você pode pensar que está evitando a coleta de dados pelo Google ao usar outros produtos, mas esteja ciente de que o Google adquire diversas empresas sem adicionar seu nome a elas. Essas empresas incluem, entre outras, o YouTube, o Blogger e o Waze.

E o pior: algumas delas sequer permitem que você saiba que está sendo rastreado pelo Google; portanto, você talvez esteja fornecendo ao Google mais informações do que pensa.

Como você pode proteger sua privacidade?

Neste momento, você pode estar se sentindo um pouco frustrado, mas não entre em pânico ainda. Existem algumas formas de se proteger contra softwares ávidos por informações que coletam dados.

Prioridades em primeiro lugar

Se você quer saber exatamente o que tem feito recentemente de acordo com o Google, acesse sua conta do Google, entre em Minha atividade e confira por conta própria.

Depois que você se recuperar do choque, siga estes passos simples para baixar uma cópia de backup dos seus dados. Afinal, eles são seus.

Como baixar uma cópia de backup dos seus dados a partir do Google

 

1. Acesse o Google Takeout.
what does google knows about you (2)

2. Deixe marcada a opção Selecionar tudo, a menos que você queira baixar dados específicos – neste caso, desça a barra e selecione manualmente. Em seguida, vá até a parte inferior e clique em Próxima.
what does google knows about you (3)3. Selecione seu tipo de arquivo e o tamanho do arquivo. Recomendamos o formato comum “.zip” e tamanho máximo de 50 GB, para garantir que seus dados sejam facilmente acessíveis e não fiquem divididos em diversos arquivos.

4. Escolha seu método de envio. Nós escolhemos receber o link de download via e-mail, mas você pode adicioná-lo ao Google Drive, Dropbox, Microsoft OneDrive ou Box.

what does google knows about you (4)

5. Clique em Criar arquivo.

Dependendo da quantidade dos seus dados armazenados pelo Google, o processo de criação poderá levar desde algumas horas até alguns dias.

Esteja preparado, pois provavelmente haverá uma grande quantidade de conteúdo para examinar.

Monstro do cookie

Cookies são pequenos pedaços de dados usados para rastrear seus acessos e sua atividade em um site. Recomendamos que você limpe os cookies do seu navegador após algumas semanas, pois, embora muitos cookies possam ser inofensivos, outros podem reter suas informações pessoais.

Como limpar cookies no Google Chrome

  1. Clique nos três pontos exibidos no canto superior direito da janela do navegador.
    what does google knows about you (5)
  2. Clique em Configurações.
    what does google knows about you (6)
  3. Desça a barra até o final e clique em Avançado.
    what does google knows about you (7)
  4. Em seguida, acesse a seção Privacidade e segurança, desça a barra até o final e clique em Limpar dados de navegação. Caso apenas queira limpar seus cookies, marque apenas o campo Cookies e outros dados do site. Desmarque os outros campos, caso não queira perder seus outros dados salvos.
    what does google knows about you (8)
  5. Selecione o Intervalo de tempo para decidir o período em que deseja excluir seus cookies.
    what does google knows about you (9)
  6. Clique em Limpar dados.

DESCADASTRE-SE e DESCONECTE-SE

Se você não quer que o Google rastreie suas atividades pessoais online, é melhor desconectar-se de suas contas do Google e descadastrar-se do Google Analytics. O problema é que não é apenas o navegador ou o site que está rastreando você. Muitos plug-ins, add-ons e extensões do navegador rastreiam suas informações e podem expor sua identidade e localização.

O Google permite que você desative o Google Analytics através do uso do add-on no navegador.

Como se descadastrar do Google Analytics

  1. Pesquise “opt out Google Analytics” no Google e clique no primeiro link.
    what does google knows about you (10)
  2. Selecione seu idioma e clique no botão para baixar o add-on do navegador.
    what does google knows about you (11)
  3. Depois de ler os termos de serviço, clique em Aceitar e instalar.
    what does google knows about you (12)

Mantenha sua privacidade

Embora esta medida não proteja você contra outros sites, usar o Modo Anônimo do Google impedirá que seu histórico de navegação e buscas seja rastreado.

Escolha a quantidade de informações que você está disposto a compartilhar ao ajustar suas configurações de privacidade.

Desative os relatórios de localização em todos os seus dispositivos para evitar que o Google rastreie seu paradeiro. Apesar disso, seus dados de localização poderão continuar comprometidos, caso você use o Google Maps ou o Waze para obter direções.

Após instalar novos apps e jogos, certifique-se de negar permissões e acesso quando eles solicitarem a leitura de determinados arquivos e dados.

Preocupado com seus e-mails? Criptografe seus e-mails através do uso de uma ferramenta de criptografia de e-mails, para que somente você possa acessá-los. Isso é especialmente útil quando você precisa enviar informações confidenciais, como senhas ou dados bancários.

Deseja acabar com as tentações? Remova anúncios segmentados desativando a publicidade baseada em interesses.

Como alterar suas configurações de privacidade no Google

  1. Acesse o Google e entre na seção Minha conta.
  2. Primeiramente, realize uma Verificação de segurança e um Check-up de privacidade.
    what does google knows about you (13)
         Ao clicar em Verificação de segurança, você poderá ver se há quaisquer problemas com sua segurança atual em todos os seus dispositivos conectados, bem como eventos de segurança recentes, seus métodos de verificação e acesso de terceiros.
    what does google knows about you (14)
         Ao realizar um Check-up de privacidade, você pode revisar e ajustar suas configurações de privacidade.
    what does google knows about you (15)
         Você poderá gerenciar seus controles de atividade, como a Atividade na web e de apps:
    what does google knows about you (16)
         Histórico de localização e informações do dispositivo:
    what does google knows about you (17)     Atividade de voz e áudio:
    what does google knows about you (18)
          Histórico de pesquisa e exibição do YouTube:
    what does google knows about you (19)     3. Clique em Próxima para seguir à seção Gerencie o que você compartilha no YouTube.
    what does google knows about you (20)     4. Clique em Próxima para seguir à seção Gerenciar suas configurações do Google Fotos.
    what does google knows about you (21)     5. Clique em Próxima e escolha quais informações do perfil do Google+ você compartilha com as outras pessoas.
    what does google knows about you (22)     6. Clique em Próxima e revise suas configurações de anúncios.
    what does google knows about you (23)

Adeus, Google

Se isso for demais, e você sentir que o Chrome, seu parceiro de longa data, traiu sua confiança, talvez seja hora de uma ruptura radical.

Como excluir seu histórico do Google

  1. Primeiramente, acesse sua conta do Google e exclua seu histórico de navegação do Google Chrome. Os passos são iguais aos da limpeza de cookies: no Google Chrome, clique nos três pontos exibidos no canto superior direito da janela do navegador.
    what does google knows about you (24)
  2. Clique em Configurações.
    what does google knows about you (25)
  3. Desça a barra até o final e clique em Avançado.
    what does google knows about you (26)
  4. Em seguida, acesse a seção Privacidade e segurança, desça a barra até o final e clique em Limpar dados de navegação.
    what does google knows about you (27)
    Caso apenas queira limpar seu histórico de navegação, marque apenas o campo Histórico de navegação. Desmarque os outros campos, caso não queira perder seus outros dados salvos.
  5. Selecione o Intervalo de tempo para decidir o período em que deseja excluir seus dados.
    what does google knows about you (28)
  6. Em seguida, clique em Limpar dados.
  7. Agora, você deverá excluir seu histórico do Google Busca. Acesse Minha atividade.
  8. Clique no menu de três pontos e selecione Excluir atividade por.
    what does google knows about you (29)
  9. Selecione Excluir por data e escolha a opção Todo o período.
    what does google knows about you (30)
  10. Finalize clicando em Excluir.

Exclua todas as suas contas do Google e evite todos os produtos do Google, incluindo seus práticos apps, como Gmail, Google Maps e Google Drive, além de qualquer dispositivo Android.

Então, bem… O que fazemos agora?

Certo, pode parecer pedir demais para você abrir mão de uma empresa que se integrou tão profundamente em sua experiência online. No entanto, felizmente, existem produtos alternativos e motores de busca privados disponíveis.

Porém, o MELHOR que você pode fazer é…

No final das contas, seja o Google ou alguma opção alternativa, suas pegadas digitais sempre podem ser associadas ao endereço IP do seu dispositivo. A única forma de obter anonimato real é ocultar seu IP. E a melhor maneira de fazer isso é usar uma VPN (rede privada virtual).

E qual é a melhor VPN?

Neste momento, existe uma VPN que está acima do resto, e ela é o NordVPN – porém, não acredite apenas em nossa palavra; leia a opinião de usuários reais. Ele é o padrão atual daquilo que uma VPN deveria ser. Rápida. Segura. Confiável. Econômica. Ele oferece tudo isso.

Além disso, o NordVPN pode facilmente contornar bloqueios geográficos para garantir acesso a sites bloqueados e permitir que você transmita conteúdos do mundo inteiro (incluindo Netflix, BBC iPlayer, Hulu e muito mais), tudo isso enquanto mantém sua conexão privada e protegida contra hackers, seu provedor de internet e nosso “big brother” favorito… o Google.

A empresa está atualmente disponibilizando uma versão de avaliação grátis de 7 dias e garantia de reembolso de 30 dias, para que você possa testá-lo sem riscos.

Comece sua versão de avaliação grátis do NordVPN agora!

Conclusão

Não dá para negar que o Google sempre esteve na vanguarda em relação a tornar nossas vidas mais convenientes.

Porém, para continuar fazendo isso, eles sempre precisarão de mais informações sobre você.

A privacidade parece ser o preço da conveniência.

E o Google não está de forma alguma sozinho nisso. Outros gigantes da tecnologia, como Apple, Amazon e Microsoft, fazem praticamente o mesmo.

Atingir um equilíbrio entre rastrear a atividade dos consumidores e respeitar a privacidade deles precisa ser uma prioridade principal para as empresas, as quais dependem muito do Analytics.

O problema é que o mercado é orientado pelo lucro, e, enquanto houver alguma cláusula de privacidade que você não percebeu ao ler (ou ao não ler) os termos e condições de uma empresa, você sempre irá assinar algo sem compreender as consequências daquele mísero segundo que levou para clicar na opção “Eu concordo”.

O poder da sua privacidade precisa estar em suas mãos – e, neste momento, seu COMBO DE PROTEÇÃO DEFINITIVA deve ser combinar sua VPN com um navegador anônimo, como o Tor, o qual consiste em um sistema completo projetado para manter seu anonimato.

Encontrar a VPN ideal para suas necessidades pode ser difícil, mas nós fizemos as pesquisas para você e chegamos às cinco melhores opções. Caso queira obter uma ótima VPN por um preço excelente, não perca nossa página de ofertas e cupons atualizada frequentemente.

Nossa pontuação
5.0
4.9
4.8
4.7
4.7

 

Outros artigos que podem ser do seu interesse:

The Best Alternatives to Google

How to Permanently Delete Your Gmail Account

How to Make Chrome Incognito REALLY Private

Isto foi útil? Compartilhe.
Compartilhe no Facebook
Tweet isso
Espere! A Nord oferece 75% de desconto em suas VPNs.